Legislativo

Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 15h:45 | Atualizado: 29/06/2020, 15h:49

DEFENDEU MEDICAMENTOS

Na tribuna, deputado afirma que prefeitos recebem por morte; ministério nega vídeo

Fablicio Rodrigues

Silvio Favero

O deputado Sílvio Fávero segura medicamentos que muitos tem usado para tratar Covid-19, mesmo sem que estudos confirmem eficácia médica

O deputado Sílvio Fávero (PSL), apoiador do presidente da República Jair Bolsonaro, usou a tribuna da Assembleia  para disseminar informações falsas ao público que acompanhava a transmissão pela TVAL ou por live nas redes sociais. Isso porque, declarou que as  prefeituras  recebem R$ 19 mil por cada morte por Covid-19 registradas nos municípios.

Fávero também reclamou de não haver distribuição do chamado Kit Covid, que é  um conjunto de medicamentos para tratamento precoce. Ocorre que a eficácia dos remédios ainda é controversa.

“Eu vou trazer um detalhezinho aqui para toda a população mato-grossense e do Brasil. Você sabe quanto ganha a prefeitura a cada morte? R$ 19 mil! Cada morte, R$ 19 mil. Ninguém morre mais de nada, acabou! Câncer (...), acabou tudo, ninguém morre. Não existe mais doença no Brasil. A única doença do Brasil hoje é a Covid”, disse Fávero na sessão extraordinária realizada na manhã desta segunda (29), para analisar vetos do Executivo.

Na sessão, Fávero  chegou a afirmar que se forem realizadas autópsias nas vítimas do novo coronavírus, o número de obtidos por Covid-19 será reduzido. Na sua avaliação, autoridades estão aumentando o número de mortes pela doença para obter mais recursos federais.

“Nunca se liberou tanto recursos para estados e municípios. Não concordam com as idéias do presidente Bolsonaro, mas querem os recursos que o meu presidente libera”, concluiu.

O Ministério da Saúde nega o repasse de R$ 19 mil para cada vítima de Covid-19. Em nota, afirma que os repasses são feitos para as ações e serviços públicos de saúde.

“O Ministério da Saúde informa que não repassa verba para registro por morte. A pasta realiza o repasse de recursos para ações e serviços públicos de saúde. Esta verba é usada por secretarias estaduais e municipais de saúde para custeio de serviços, aquisição de insumos básicos para o funcionamento dos postos de saúde e de hospitais, por exemplo, além de proporcionar equipamentos e recursos humanos a estados e municípios no atendimento à população atendida pelo Sistema Único de Saúde”, diz a nota do Ministério da Saúde.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • geovane | Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 20h08
    0
    0

    cadê a polícia federal para investigar e o ministro da saude

  • Elias | Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 12h24
    0
    1

    Seu Risino, como você é idiota.

  • ROSINO BOMFIM | Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 10h38
    1
    2

    NA VERDADE ESSE VALOR É MAIOR !! POIS SE UMA CIDADE TEM UM CASO POSITIVO, IMAGINEM A QUANTIA DE DINHEIRO QUE SERÁ ENVIADA ??? PRA COMPRAR RESPIRADORES, CAMPANHAS, PAGAR MÉDICO, INSUMOS ECT. O VALOR É BEM ACIMA DOS 19 MIL.

  • Geny Rodrigues Lopes | Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 00h24
    1
    3

    Boa noite é lamentável deparamos com uma fala dessa, ainda mais proferida por um membro da Assembleia Legislativa, que teoricamente deveria ter a obrigação de saber as como funciona uma política pública e seus amparos legais, técnicos e operacionais, que tristeza. Me desculpem os profissionais da comunicação, mas espero que esta matéria não tenha repercussão nacional, pois é muito vergonhosos recebemos mensagens de colegas de outros Estados abismados pelo grau de desconhecimento que um legislativo tem em relação ao financiamento de ações e serviços do SUS. Principalmente, com as publicações das portarias referente ao assunto sendo editadas pelos diários da união e o portal dos fundos da saúde estar aberto para conhecimento público. Muito triste, para não dizer vergonhoso personalidades pública que não apropriam de informações que qualificam sua gestão e capacidade intelectual, não apropriam de informações, que na realidade deveria compor o seus processos de trabalho e de gestão. Mais um absurdo, pois o governador dizer que as pessoas estavam morrendo, pois prefeito e secretários não estavam realizando os teste é no mínimo, absurdos, deveria pelo menos ler e entender do assunto, essencialmente que o teste não é diagnóstico.

  • naldo | Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 20h53
    4
    3

    Foi o Carluxo que mandou, via gabinete do ódio, falar estas mentiras e disseminar ódio.

Disputa a prefeito e apoio de Sachetti

 luizao_curtinha400   O empresário Luiz Homem de Carvalho, o Luizão (foto), ex-presidente da CDL de Rondonópolis, está mesmo determinado a encarar, pela primeira vez, o teste das urnas para prefeito. E inicia uma oposição dura à gestão Zé do Pátio, que buscará a...

Corrida de Teis no noticiário nacional

waldir teis 400 curtinha   As imagens que mostram o conselheiro afastado do TCE Waldir Teis (foto) descendo em alta velocidade as escadas de um prédio para jogar no lixo vários cheques rasgados que somavam R$ 450 mil ganharam o noticiário nacional, com destaque neste domingo em veículos, como Folha de S. Paulo, G1 e IG....

Esforço de ex-senadora para eleger 2

rafael ranalli curtinha 400   Eleita no pleito de 2018 e cassada em definitivo em abril deste ano, a ex-senadora Selma Arruda, presidente do Podemos de Cuiabá, pode deixar o partido após o processo eleitoral deste ano. Segundo informações, a juíza aposentada se afastaria da política partidária para...

6 parlamentares já foram infectados

wilson santos 400 curtinha   Desde o início da pandemia, em março, seis dos 24 deputados estaduais já testaram positivo para Covid-19. O último foi Wilson Santos (foto). Ele disse que recebeu medicação e está em isolamento. Observa que a doença está no início e segue trabalhando...

Pedido para TSE definir data da eleição

sebastiao carlos 400 curtinha   Na última quarta (2), um dia após a Câmara aprovar a PEC que adia as eleições municipais para 15 de novembro, André de Albuquerque Teixeira, advogado de Sebastião Carlos, que concorreu ao Senado e um dos que denunciaram Selma Arruda por crimes eleitorais, já...

Uma das apostas do PP para vereador

alex rodrigues 400 curtinha   O PP já tem no rol de possíveis eleitos a vereador em Cuiabá o jovem Alex Rodrigues (foto), de 31 anos. Filho do empresário Valúcio Rodrigues e sobrinho do secretário de Obras Públicas da Capital, Wanderlúcio Rodrigues, Alex criou uma comunidade com mais de mil...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.