Legislativo

Segunda-Feira, 23 de Março de 2020, 11h:52 | Atualizado: 23/03/2020, 13h:44

MEDIDA CONTRA COVID-19

Neri apoia MP, mas teme suspensão dos contratos de trabalho no país por 4 meses

Rdnews

Neri Geller

Deputado federal Neri Geller (PP), em visita ao Rdnews; parlamentar defende a proibição a governadores que querem fechar rodovias estaduais

A bancada de Mato Grosso foi surpreendida com a decisão do presidente Jair Bolsonaro neste domingo (23) com Medida Provisória que permite a suspensão dos contratos de trabalho por até 4 meses. Apoiador do presidente, o deputado federal Neri Geller (PP), afirmou ao que se preocupa com alguns pontos da decisão e acredita ser necessário bom senso, mas defende a proibição a governadores que querem fechar rodovias.

Isso porque, o desabastecimento pode levar a um estado ainda pior da crise. Lembrou o caso da criação de animais que depende do fluxo de caminhões para manter a alimentação. De modo geral, ele vê a MP como positiva porque apresenta cuidados importantes, tais como evitar aglomeração, redução do transporte coletivo, restaurante comunitário. Mas, alerta que a economia não pode parar. “Se a BRF parar, por exemplo, como vai ficar a alimentação da população?”

Tem que ter bom senso, nem o empregado abandonar o emprego e nem o empregador deixar o empregado

Neri Geller

Buscar o equilíbrio parece ser a palavra de ordem entre os parlamentares e Neri afirmou estar preocupado com a população de baixa renda, por isso acredita que é preciso ter cautela quanto à suspensão de 4 meses.

O deputado disse que vai defender um modo mais harmônico de enfrentar a situação, como, por exemplo, a possibilidade de meio turno para quem tem criança em idade escolar. “Tem que ter bom senso, nem o empregado abandonar o emprego e nem o empregador deixar o empregado. Tem que achar um equilíbrio, como as pessoas vão sobreviver?”

Próximo à ministra da Agricultura e Abastecimento, Tereza Cristina, Neri disse que tem conversado tanto com o setor produtivo quanto com a ministra. Ele teme que suspender o transporte interestadual possa levar ao desabastecimento e  que “não podemos pensar só no coronavírus”.

Pra ele, o ministro da Saúde está tomando as medidas de forma positiva e “não pode ser açoitado”.

Neri não fez o exame para verificar se está com o coronavírus, mas segue afastado de familiares e assessores. Afirmou que por não ter apresentado sintomas nem ter notícias de contato com alguém infectado, vai deixar o exame para quem mais precisar.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • elias | Segunda-Feira, 23 de Março de 2020, 18h13
    0
    0

    que vergonha propor isso.....vão comer certificado

  • Mauro Fernandes | Segunda-Feira, 23 de Março de 2020, 13h23
    0
    0

    Esse cabloco não é aquele que foi preso em um hotel em Rondonópolis?esses políticos só vão contra o povo vergonhoso

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

PL quer suspender dívidas das cidades

max russi curtinha 400   Ex-prefeito de Jaciara, o deputado Max Russi (PSB) apresentou projeto que visa suspender os pagamentos das dívidas dos municípios com o Estado, durante o período de calamidade pública que foi decretado pelo governo por causa da pandemia do coronavírus. Max ressalta que MT não deve...

Articulação pra tentar voltar ao Procon

gisela simona 400 curtinha   Com adiamento e ainda sem nova data para a eleição suplementar ao Senado, Gisela Simona (Pros), que se afastou do Executivo para concorrer ao pleito, quer retornar ao cargo de secretária-adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon), vinculado à secretaria...

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.