Legislativo

Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 12h:45 | Atualizado: 24/02/2021, 18h:16

POLÊMICA

Novo presidente da AL não vai apoiar a realização de plebiscito sobre VLT x BRT

O  presidente da Assembleia, deputado estadual Max Russi (PSB), eleito na noite desta terça (23),  afirmou que não pretende encaminhar qualquer pedido para realização de  plebiscito para consultar a  população sobre qual modal de transporte o Governo do Estado deve implantar em Cuiabá e Várzea Grande. A proposta foi apresentada pelo deputado federal Emanuelzinho (PTB), com apoio do seu pai, o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro (MDB), durante audiência pública sobre o tema, realizada pelo próprio Legislativo Estadual.

 

Marcos Lopes

Max Russi presidente

Deputado Max Russi quer solução rápida para modal  na Região Metropolitana e defende mais diálogo entre Governo do Estado e a Prefeitura de Cuiabá

O governador Mauro Mendes (DEM) já tomou decisão administrativa pelo  BRT com o aval da Assembleia. No entanto, Emanuel defende o VLT e exige que a população seja consultada.  veículo leve sobre trilhos (VLT), defendido pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).  

  "Eu não acredito em plebiscito, acho que precisamos de uma solução rápida. Vamos trabalhar em busca da  solução de forma definitiva", declarou Max logo que assumiu a presidência da Assembleia.

O socialista também defendeu que o impasse seja  solucionado com diálogo e que a Assembleia buscará caminhar em conjunto com o  Governo do Estado e a Prefeitura de Cuiabá. Segundo Max,  se não houver  trégua entre o governador e o prefeito,  a obra do BRT dificilmente avançará na Capital .  

Eu não acredito em plebiscito, acho que precisamos de uma solução rápida. Vamos trabalhar em busca da  solução de forma definitiva

Deputado Max Russi

"Vou buscar dialogar sobre este tema já na próxima semana. Porque eu acho difícil construir o BRT sem o apoio da Prefeitura. Eu já fui prefeito  é muito difícil tocar a obra sem alvará, sem licença e apoio. Então precisamos de convergência", completou.  

O governador Mauro Mendes  anunciou em dezembro de 2020  mudança do modal VLT  para o BRT alegando redução de custos e prazo menor para conclusão das obras. Emanuel contestou, dizendo que a decisão foi unilateral porque as Prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande não foram ouvidas e ingressou com ações judiciais no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ) sem obter êxito.

 O avanço da implantação do BRT depende daautorização do  Conselho Curador do FGTS, responsável pelo financiamento do VLT. O pedido do Governo do Estado para alteração do objeto do  contrato será analisado em 12 de março.

 Para conseguir emplacar o plebiscito, será necessária a assinatura de pelo menos  oito deputados estaduais. Emanuelzinho, representando o prefeito de Cuiabá,  já percorreu os gabinetes apresentando o requerimento, mas não divulgou quantos parlamentares apoiaram a proposta.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • JOAO NOGUEIRA DE SOUZA | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 16h46
    2
    0

    A MAIORIA DESTES DEPUTADOS, INFELIZMENTE SÃO ARIA VAI COM AS OUTRAS. SO VAI ONDE ESTA MAIS FAVORAVEIS, NÃO TEM PEITO PARA ENFRENTA OS OBSTÁCULOS.

  • Fernando Silveira | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 16h42
    2
    0

    Espero eu que o Edivaldo Ribeiro e o Bainho estejam sendo irônicos! Ônibus todos antigos que vem de outros estados e chegando em Cuiabá, Nenéu Paletó manda só passar uma camada de tinta para dizer à população (feita de trouxa) que são ônibus novos. Ar condicionado nos ônibus? Pra quê, né! O povo gosta mesmo é de passar calor e pegar ônibus lotado. Covid-19 não existe em ônibus. Acorda, galera!!!!

  • Bainho | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 15h24
    2
    3

    Plebiscito para que? Gastar dinheiro público e nada mais. Os ônibus em Cuiabá são suficientes para atender a população.

  • Edivaldo Ribeiro | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 15h07
    2
    3

    Parabéns. Plebiscito custa dinheiro. Espero em nome de Jesus que nem BRT faça. Cuiabá é muito pequena. Aplicativos esvaziaram ônibus. Nossa frota mais do que satisfaz.

  • Antonio | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 14h38
    5
    2

    Corretíssimo, não fizeram plebiscito para a escolha inicial, não tem que ter plebiscito agora. Parem de hipocrisia, VLT é briga desses peletos, Nenéu e Nenéuzinho, que querem aparecer

  • joaoderondonopolis | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 13h52
    2
    4

    Vamos preparar para dar o troco em 2022.

  • alexandre | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 13h13
    3
    6

    alinhado MM.. nada mudou.

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...