Legislativo

Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 10h:24 | Atualizado: 13/09/2019, 10h:33

Deu na Folha

Obrigar a ter cota é pedir para ter laranja, mulher não gosta de política, diz Selma

A senadora Selma Arruda (PSL) avalia que a existência de cota eleitoral para mulheres é uma forma de facilitar a existência de candidaturas “laranjas”. Selma também critica a política de cotas para negros e LGBTI+ e diz acreditar que as cotas afastam ao invés de integrar.

Edilson Rodrigues

Selma Arruda

Selma Arruda defende que as pessoas sejam tratadas de forma "igual" e é contra cotas

O posicionamento da senadora foi declarado em entrevista especial ao site Folha de S. Paulo, - leia a entrevista completa aqui - publicada nesta sexta (13). Questionada pelo jornalista Daniel Carvalho se tinha conhecimento de candidaturas laranjas do PSL em Mato Grosso, Selma disse que se teve, “foi quieto”.

“É muito bonito você dizer tem que ter cota para a mulher porque a mulher tem que participar da política. Ela tem se ela quiser. Obrigar a ter cota é pedir para ter laranja. Até porque mulher não gosta de política. Não é uma tradição nossa ter mulheres na política. As pessoas dizem não, política é uma coisa muito suja para mulher, deixa homem”, disse Selma.

A senadora relata que “quase apanhou” das mulheres no Senado por criticar as cotas para mulheres nas disputadas eleitorais. “Não acredito em cota para preto, para homossexual. As pessoas têm que ser tratadas iguais. Cota, ela que afasta em vez de integrar”.

Selma disse ainda que outra coisa que acredita que separa é a tipificação do crime de Feminicídio no Código Penal. “Toda mulher que morre é feminicídio. Não. Não pode ser. Por que tem que ter um crime específico de feminicídio? É um homicídio como qualquer outro. Agora, matar mulher tem que ser diferente? Claro que a violência doméstica é grande. Mas por que não ataca a causa, estão? Faz campanha educativa, pega esses machos e para de ser machista”, pontuou.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Lucas Gabriel Diniz Rezes | Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 16h32
    3
    1

    A fala da senadora é cheia de lugares comuns. Quanta besteira! A tipificação de feminicídio funciona como agravante de homicídio. Todos os homicídios não são iguais. Uma coisa é matar uma pessoa em legítima defesa, por vingança e outra é porque ela não quer mais continuar casada com você.

  • saco cheio | Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 12h27
    4
    3

    pior que homem machista são as mulheres machistas

  • Edson | Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 11h47
    3
    5

    Não está errada...

  • Paulo | Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 11h42
    5
    3

    Numa coisa concordo plenamente. Pra que esse negócio de cota pra candidata mulher? Por acaso é proibido mulher ser candidata? Se alguma quiser pode sair. Forçar a barra com cota é pedir pra ter laranja. E se o partido não tiver ninguem que interessa sair candidata. Não vai poder participar? Isso é só mais uma aberração da justiça.

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.