Legislativo

Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 18h:22 | Atualizado: 18/02/2014, 19h:47

TELEFONIA

Operadoras admitem irregularidades em oitiva e CPI cobra investimentos

Reprodução

membros_cpi_telefonia.jpg

Na oitiva, vice-presidente da CPI, Dilmar Dal'Bosco ao lado do presidente Ondanir Bortolini, o Nininho

Os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia Móvel criticaram, durante a primeira oitiva com as operadoras Vivo e Claro, realizada nesta terça (18), na Assembleia. Isso porque as empresas, após oito meses da instalação da Comissão, ainda não apresentaram soluções para os problemas do setor no Estado.  

Segundo os representantes da CPI, as quatro operadoras que atuam em Mato Grosso, Vivo, Claro, Oi e TIM, trabalham com mais de R$ 4,5 milhões de chips. Conforme o presidente da Comissão, deputado estadual Ondanir Bortolini (PR), o Nininho, todas são alvo de reclamações referentes às falhas de sinais, cobranças abusivas e falta de esclarecimentos nos atendimentos.

O representante da Vivo, Daniel Encarnação, fez uma explanação sobre a prestação dos serviços da empresa e mostrou que, um dos desafios da Vivo é se ajustar às legislações brasileiras e obter redução dos impostos. Ele aproveitou para rebater as reclamações dos usuários com informações técnicas, como a instalação de novas antenas para ampliação dos sinais nos municípios.

Já a representante da Claro, Soraia Tupinambá, admitiu as dificuldades da empresa em atender a população. Ela também ressaltou as questões legislativas e tributárias. “Entendemos que apesar dos investimentos ainda existem outros fatores que dificultam o padrão da qualidade dos serviços no Estado”.

Com intuito de contribuir para que as telefonias atendam as demandas, a CPI deve encaminhar aos representantes no Congresso e na Câmara dos Deputados, um projeto de lei que reforce investimentos com o dinheiro do pagamento dos impostos de cada aparelho de telefones registrados em Mato Grosso.

“Devemos pensar num projeto macro que ajude as telefonias a atender as demandas em nosso Estado para investir em tecnologia. Afinal, existem recursos do Governo Federal para isso cujas somas são oriundas dos tributos pagos pelos consumidores da telefonia”, afirmou o vice-presidente da Comissão, Dilmar Dal´Bosco.

Desde que foi criada no ano passado, a CPI registrou mais de três mil reclamações de usuários das telefonias em 12 cidades, no período de 23 de setembro a 31 de outubro de 2013. “As queixas atestam a baixa qualidade da prestação dos serviços das empresas em questão”, afirmou Nininho. O deputado ainda explicou que após ouvir todas as empresas, os procedimentos seguintes são para a elaboração de um relatório e sua aprovação. Em seguida, encaminhar o documento para os órgãos competentes, entre eles o Ministério Público.

O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), por meio da assessoria, disse que espera um resultado positivo entre a CPI e as operadoras, a fim de estabelecer um plano que resolva a questão da telefonia móvel no Estado. O diretor da entidade, Carlos Duprat, foi o primeiro a ser sabatinado pela Comissão, durante a segunda etapa das oitivas, iniciadas em setembro passado. (Com assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • nilton duarte | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2014, 21h15
    0
    0

    dá uma olhada

  • Zé Poxoréo | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 21h13
    0
    0

    Trocando em miúdos as concessionárias irão continuar fazendo o que bem querem?

Álbum de casamento para 300 casais

marcia pinheiro 400 curtinha   A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (foto), que desde 2017 lidera alguns projetos sociais de forma voluntária, fez questão de, mesmo com a pandemia da Covid-19, promover, na última segunda, entrega simbólica de álbuns de casamento para 10 casais, que foram...

Fora de vez da disputa para senador

cidinho santos 400 curtinha   O empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto), recém-filiado ao DEM, desistiu de vez da ideia de entrar de última hora na corrida ao Senado, na suplementar que será realizada em novembro deste ano. E por algumas razões. Primeira, como sócio do frigorífico União...

TCE suspende licitação de R$ 12 mi

air praiero 400 curtinha   Uma concorrência pública, com valor estimado de R$ 12,5 milhões, tocada pela secretaria de Habitação e Regularização Fundiária de Cuiabá, sob o defensor público licenciado Air Praeiro Alves (foto), foi suspensa cautelarmente pelo TCE por causa de...

6 estão no páreo em Tangará; 2 fortes

vander masson 400 curtinha   Tudo indica que os tangaraenses terão nas urnas 6 candidatos majoritários nas eleições de novembro. O cenário está se desenhando com os seguintes "prefeitáveis": Chico Clemente (PSD), Gunther Duarte (PSL), Vander Masson (foto), do PSDB, Claudinho Frare (Republicanos),...

Bolinha é multado por irregularidades

humberto bolinha 400 curtinha   Por causa de irregularidades cometidas ainda em 2017, ao fazer aquisições sem realizar licitação e/ou pesquisa de preço, o prefeito de Guiratinga, Humberto Domingues, o Bolinha (foto), recebeu multa do TCE de 12 UPFs-MT, correspondente hoje a R$ 1,7 mil. E será intimado pelo...

Puxando o "rei" pra baixo em Tangará

reinaldo morais 400 curtinha   A pré-campanha ao Senado do empresário Reinaldo Morais (foto), o "rei dos porcos", evangélico e bolsonarista, vem ganhando aceitação popular em vários municípios. Mas, em Tangará da Serra, enfrenta muita resistência. Algumas pessoas próximas ao...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.