Legislativo

Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 15h:05 | Atualizado: 25/02/2020, 08h:21

EFEITOS DA PREVIDÊNCIA

Para acalmar servidores, Botelho prevê o pagamento de pelo menos parte da RGA

Rodinei Crescêncio

Eduardo Botelho

Presidente Eduardo Botelho em entrevista ao Rdtv, na terça (18) passada; quando falou sobre gestão e projetos polêmicos da AL para este ano

O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), afirma que o Governo do Estado tem até maio para fazer os cálculos para saber se tem espaço financeiro para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e ao mesmo tempo reajustar os salários dos servidores. Afirma que, dificilmente, o Executivo conseguirá pagar integralmente a Revisão Geral Anual (RGA), mas acredita que pelo menos um percentual será concedido.

 Ocorre que o Estado já compromete 58% das receitas com a folha de pessoal, muito acima do limite máximo permitido pela LRF  que é de 49%. A equipe econômica do governador Mauro Mendes (DEM) tem reafirmado que somente após baixar o espaço fiscal para 47% é que o Palácio Paiaguás vai conceder a reposição salarial para os quase 100 mil servidores. É possível que isso ocorra somente em 2021.

“Conseguindo  espaço fiscal, o Governo vai pagar. O caminho é esse. As contas precisam ser equilibradas. Nós temos a PEC do Teto que precisa ser respeitada. O governo em 2018 extrapolou a PEC do Teto em R$ 600 milhões e isso gerou uma multa de R$ 400 milhões, imposta pela União. Estamos trabalhando pelo equilíbrio fiscal, que permitirá pagar pelo menos um percentual da RGA”, declarou Botelho em vista ao .

Estamos trabalhando para que o Estado pague o que é direito deles, mas que preste serviços para os nossos patrões, que são os mato-grossenses

Eduardo Botelho

Ainda não existe número oficial sobre a RGA que tem data-base em maio. A inflação de 2019, conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou em 4,31%.  

Botelho também acredita que a RGA deve apaziguar os ânimos dos servidores descontentes com a reforma da Previdência. No entanto, sustenta que a medida é essencial para que o Estado não entre em insolvência a médio prazo.

“Estamos trabalhando para que o Estado pague o que é direito deles, mas que preste serviços para os nossos patrões, que são os mato-grossenses.  Espero que os servidores entendam”, completou.

A Assembleia já aumentou a alíquota de contribuição previdenciária dos servidores do Estado de 11% para 14% para praticamente todas as faixas salariais. Agora, Executivo enviará a PEC que vai alterar, entre outros fatores, a idade mínima para aposentadoria.

Postar um novo comentário

Comentários (32)

  • APOLINARIO USKNOV | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 19h09
    0
    1

    Que coisa enigmática. Eleições a vista e uma "brecha" aparece para pagar RGA. Só não vê quem não quer.

  • Júnior | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 16h26
    5
    0

    Dia 15 de março a PM vai parar. Veremos qual a solução do governador. Vai atrás dos sonegadores para fazer a segurança do estado?

  • Vinícius | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 14h13
    4
    0

    Se estelionato eleitoral fosse crime o Mauro Mendes estaria preso. Disse que manteria a RGA e progressão dos servidores e assim que foi eleito se tornou porta-voz da sonegação fiscal do agro.

  • Armindo de Figueiredo Filho | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 11h13
    5
    0

    Essa matéria é ENJOATIVA!!! Só DESCULPAS AO LÉU!!! Estão falando em 2021??? E os ACUMULATIVOS (RGA) dos anos 2018, 2019, 2020 que não pagaram... como vão ficar??? Sem essa !!!Não fizeram o DEVER DE CASA.! Rasgaram a LRF. e agora estão correndo atras dos ERROS!!!! Traduzindo >>>>>INCOMPETÊNCIA GERAL!!!! . Chega desse ASSUNTO!!! Fim de Papo ......

  • marta | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 09h30
    4
    0

    os servidores do executivo que se lascam com os 14%, sempre, o dos outros poderes estão rindo da cara do executivo, e ainda tem estrutura boa e bom e do melhor, não tem economia, as estruturas das secretarias do executivo são falhas, só pegam restos dos outros poderes, quem tem regalias é quem manda quem decide , o rombo na previdencia tem que ir atras senhores deputados de quem furtou o dinheiro,e não sobrar para os servidores do executivo e cheguem de bla bla bla...

  • joaquim | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 08h25
    6
    0

    Só gostaria que o governo falasse para o povo a verdade, pois quem não recebeu o RGA durante todos esses anos que estão falando que não conseguiu pagar foi só para os servidores do EXECUTIVO, OS RESTANTES SERVIDORES DO ESTADOS RECEBERAM RGA. Logo seria de bom grado o GOVERNO PAGAR OS RGA PARA OS SERVIDORES DO EXECUTIVO. Desde esse governo só vejo dizer que não estão pagando o RGA para os servidores publico. Temos que escrever nas entrelinhas quem são os servidores publico que não recebeu. QUEM NÃO RECEBEU O RGA ATÉ ESSE MOMENTO DESDE 2018 FORAM OS SERVIDORES DO EXECUTIVO. OS RESTANTES DOS SERVIDORES PUBLICO FORAM PAGOS RGA SÓ FALTA DO ANO DE 2020.

  • Carlos Eduardo da Silva | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 07h38
    5
    0

    Hahahaha, só tenho que dar risadas mesmo, vocês acham que somos o que deputado? Fiquem tranquilos que não não ganharam mais nem para presidente de bairro, #PMPJCBMSERVIDORESEMGERAL para as eleições de 2022. Vamos trocar esses políticos, vamos fazer um limpa, vamos colocar pessoas decentes. #MEUVOTONAOTEMMAIS MM.

  • alexandre | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 07h29
    5
    0

    Este ano, teve aumento de duodecimos aos Poderes...novamente...

  • Lino | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 06h15
    3
    0

    Pra quem fala que servidor não trabalha, professor tem que colocar dinheiro do bolso pq não tem verba nas escolas. Se não compra papel sulfite aluno não faz prova, se não compra fiz ou canetão e apagador, não escreve na lousa, se não compra papel higiênico não pode ir no banheiro. Queria que cada um aqui tivesse um dia de professor em escola pública, pra ver a realidade.

  • Glauber | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 06h12
    3
    0

    Só um comentário pra todo estúpido que acha que servidor ganha muito. Servidor do executivo possuem péssima estrutura de emprego e os menores salários. População tem que se indignar com servidores do legislativo e judiciário, que ganham mais de 10 mil facilmente. Professor, policial entre outros, pela sua formação, pela sua caraga de trabalho e insalubridade do trabalho ganham mixaria. Então.a população tem que saber separar os servidores dos poderes.

Redes sociais, lives e efeito colateral

Em tempo de coronavírus, as redes sociais têm sido fundamentais para disseminar informações. As plataformas são utilizadas, por exemplo, para realização de coletivas, mas, nesta segunda (6), houve um efeito colateral. O governador Mauro Mendes e o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo foram "vítimas" de ferramenta de animação do Facebook. Os dois falavam sobre ações para combater a doença...

DEM agora sem amarras dos Campos

frankes siqueira curtinha 400   Sem o controle absoluto dos Campos, como nas últimas duas décadas, desde quando era PFL, o DEM, que não elege vereador em Cuiabá desde 2004, vive melhores expectativas, agora sob comando da ala ligada ao governador Mauro. É presidido pelo secretário de Estado de Governo,...

O pulo de Elias do PSDB para o DEM

elias santos 400 curtinha   Elias Santos (foto), irmão do deputado Wilson, agiu como estrategista na construção de sua pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Concluiu que teria mais dificuldades de obter êxito nas urnas no PSDB porque os dois vereadores tucanos que vão à...

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.