Legislativo

Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 22h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Unemat

Percival nega fim dos trabalhos da CPI; depoimento será nesta 5ª

Percival Muniz    O presidente da CPI da Unemat, deputado estadual Percival Muniz (PPS), descarta os rumores de que as investigações serão encerradas antes do prazo, de 180 dias. Apesar dos boatos entre professores e estudantes sobre o risco do trabalho acabar em "pizza", o socialista afirma que a possibilidade sequer foi cogitada pelos membros da CPI, que apuram o gerenciamento dos recursos repassados pelo Estado à Unemat. "Nada disso foi discutido", reage Percival. 

   Ele acredita que os rumores tenham surgido devido à proposta de alguns colegas de suspender os trabalhos durante o período eleitoral. A sugestão não foi acatada. “Isso não foi levado em conta pelos membros da CPI". Percival adianta que o reitor Taisir Karim será um dos últimos a prestar esclarecimentos. O parlamentar também frisa que o ritmo das investigações segue o trâmite normal. "Alguns documentos já foram enviados, outros não. Mas não vamos parar. Nós queremos reunir bastante material antes de receber o reitor", diz o socialista.

   Nesta quinta (15), às 9h, os deputados vão fazer questionamentos a ex-coordenadora da Fundação de Apoio ao Ensino Superior (Faesp), Maria Auxiliadora de Araújo. Ela deve ajudar a esclarecer as supostas irregularidades na contratação da Faesp pela Unemat para elaborar e aplicar as provas do concurso do Estado. Sem licitação, a universidade pagou R$ 5 milhões à fundação pelo serviço.

   O depoimento de Maria Auxiliadora deveria ter acontecido em 18 de março, mas foi adiado porque a Faesp se recusava a enviar os documentos solicitados pela CPI sob alegação de ser uma empresa privada. Os representantes da fundação parecem ter mudado de opinião após o promotor de Cáceres, André Luiz de Almeida, ter afirmado que "há meios de acionar a empresa judicialmente". O membro do Ministério Público Estadual foi a primeira pessoa a ser ouvida pelos membros da CPI, em 24 de março. No depoimento, André apontou falhas não só no comando do concurso, mas na gestão da Unemat, administrada por Taisir.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • josé pedro | Quarta-Feira, 28 de Abril de 2010, 20h54
    0
    0

    mas fazer propaganda politica exporadica não e crime, ou seja , não será feito nada contra esse sergio ricardo, ele "usa" tudo pra fazer propaganda inclusive, a tv local de barra do bugres, através do seu apoiador " orlandinho" que tem um curriculo invejavel no mato grosso, entre seus feitos, o envolvimento no sequestro do Finado Dep. rene barbour, e fala todo dia do " DEPUTADO SALVADOR DA PATRIA SERGIO RICARDO", FAZENDO POLITICA E NINGUEM VAI FAZER NADA, VAMOS GRAVAR ESSES PROGRAMAS E FAZER MUITAS , MAS MUITAS DENUNCIAS NA JUSTIÇA, SE DEUS QUISER !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS