Legislativo

Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 15h:25 | Atualizado: 23/10/2019, 19h:28

ARTICULAÇÃO

Possamai assume cadeira no Senado em novembro para ser soldado de Bolsonaro

beto possamai selma 680

O produtor rural Beto Possamai ao lado da senador Selma Arruda, durante campanha eleitoral do ano passado

O produtor rural Beto Possamai (PSL), primeiro suplente da senadora Selma Arruda (Podemos), assume a cadeira no Senado a partir de 18 de novembro e deve permanecer no cargo por quatro meses. O megaempresário de Sorriso, com patrimônio de quase R$ 50 milhões, financiou a campanha da juíza aposentada, doando, junto com familiares, R$ 1,4 milhão (80% das receitas declaradas à Justiça Eleitoral).

Em entrevista ao , afirmou que pretende defender o agronegócio e ser um soldado do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL).

“Estou pronto para assumir o Senado. O combinado é ficar por quatro meses. Vou lá para defender o agronegócio e o presidente Bolsonaro. Se todos abandonarem, pode ter certeza que eu ficarei sozinho defendendo. Votei no Bolsonaro e vou defender até o final”, declarou Possamai.

O suplente também acredita que até sua posse os conflitos no PSL, que colocaram Bolsonaro e o presidente nacional da sigla Luciano Biver em rota de colisão, com reflexos no Congresso Nacional e troca de farpas entre correligionários, estará apaziguado. Em sua opinião, a bancada deve guardar energia para “brigar com esquerda” em defesa do governo.

Reprodução

Jair Bolsonaro e Beto Possamai

Presidente Jair Bolsonaro e suplente Beto Possamai

“É uma briga entre pessoas boas, de direita, que deve acabar em breve. Quero ver o PSL apaziguado. Precisamos gastar energia brigando com a esquerda que trabalha contra o Governo Bolsonaro porque não quer ver o Brasil dando certo”, completou.

Mudança de sigla

Além disso, Possamai também garante que foi convidado a acompanhar Selma na migração para o Podemos. Entretanto, afirma que optou por permanecer no PSL por lealdade a Bolsonaro.

“Recebi o convite para trocar de partido. Respeito a decisão da senadora Selma, mas fico no PSL. Eu estou junto com o presidente Bolsonaro. O PSL é um grande partido e vou ficar por aqui, concluiu.

Juntamente com Selma e com a segunda suplente Cleire Fabiana, Possamai teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) por caixa 2 e abuso do poder econômico nas eleições de 2018 e aguarda julgamento de recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Caso a cassação seja confirmada, eleições suplementares para vaga de senador deverão ser realizadas.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • jocadomas | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 11h32
    1
    1

    começou o pagamento da campanha, só cego não ve isso

  • andre | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 11h06
    3
    1

    vaguinha cara essa hein!

  • jj | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 11h01
    2
    1

    povo mato grossense, vamos pensar bem antes de votar, ve o candidato e ve o suplente, ja sabemos que eles são eleito e fazem jogada de colocar o suplente pra assumir eou mamar tambem, então analise a partir de agora o candidato e o suplente, pois vamos correr esse risco, fica a dica

  • Alberto | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 10h54
    2
    1

    Vai assumir para que não seja cassado em definitivo e não tenha estreado...kkkkkkkkkkkk Igual jogador do Grêmio estreando contra o Flamengo no 5x0.

  • Francismeire Brito | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 09h43
    0
    0

    Francismeire Brito, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Alberto | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 09h01
    7
    6

    Mais um soldadinho baba ovo, desse presidente medíocre que brinca de governar com seus filhinhos mimados e corruptos.

  • Gilston | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 08h14
    7
    4

    De pois ficam falando dos petistas que são fiel ao Lula. O barsil não precisa de politicos que ficam só bajulando governo neste caso bolsonaro. Precisamao do politico pra trabalhar pro povo e não pra cumprir ordens lá do sargenta bolsonaro. Cade a nova politica? NÃO MUDOU EM NADA COMPARANDO COM O PT, MDB E PSDB. São todos olhando para seu proprio umbigo podre o sujo.

  • jose sersfini | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 07h02
    9
    4

    Bem feito para os matogrossenses, tomam........

  • Eleitor | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 04h47
    10
    4

    EU NÃO ENTENDO COMO ALGUÉM PODE CEDER ALGO QUE NÃO LHE PERTENCE ESSA SENHORA NÃO FOI CASSADA POR UNANIMIDADE PELO TRE OU ESTE TRE CASSA SÓ DE BRINCADEIRINHA? COM A RESPOSTA O TRE.

  • Rico | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 04h23
    10
    4

    Esse produtor rural tá mas pra manequim

Matéria(s) relacionada(s):

6 na Câmara tentam barrar projetos

francis maris 400 curtinha   O prefeito cacerense Francis Maris (foto) luta junto aos vereadores, para, enfim, concretizar todas as etapas de um financiamento milionário para projetos na área de saneamento. São R$ 130 milhões para abastecimento de água e cobertura de rede de esgoto, com juros de 6% ao ano e 20...

3 ex-prefeitos se juntam em Poconé

meire pocone 400 curtinha   Em Poconé, o prefeito Tatá Amaral, filiado ao DEM do governador Mauro e apoiado pelo ex-federal Fábio Garcia, está disposto a buscar a reeleição, mesmo com uma gestão pífia, isolado politicamente e com alto índice de rejeição. Enquanto isso, as...

Máquinas para reciclar garrafas pets

maquina 400 curtinha   Sob iniciativa da secretaria de Inovação e Comunicação da Capital, dentro dos projetos que buscam a sustentabilidade, a prefeitura vai colocar máquinas de reciclagem de garrafas pets em 15 pontos da cidade e com possibilidade de ampliar os locais de recolhimento. Em troca, o cidadão...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

Preparando um dos aliados a federal

mauro carvalho 400 curtinha   Embora não comente publicamente, o governador Mauro Mendes está "costurando" acordos políticos com líderes mais próximos, visando não só o pleito de 2020, mas também às eleições gerais de 2022. Em época de busca de projetos e de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.