Legislativo

Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 11h:02 | Atualizado: 24/09/2020, 11h:15

IMBRÓGLIO NA CÂMARA

Presidente promete votar relatório pelo afastamento de prefeito o quanto antes

Francinei Marans

Misael Galv�o

O presidente da Câmara Misael Galvão, durante sessão remota; parlamentar resolveu não recorrer mais e votar novamente relatório de comissão

O presidente da Câmara de Cuiabá Misael Galvão (PTB) entendeu ser “página virada” e não vai mais recorrer da decisão judicial que suspendeu a votação que arquivou o relatório da CPI que pedia o afastamento do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) por 180 dias.

Será feita uma convocação extraordinária para avaliar o relatório, dando cumprimento à decisão judicial, mas ainda não tem data defina. Procurado, Emanuel disse que pretende aguardar o desfecho do caso e não vai se manifestar ainda. 

“Não dá mais para continuar com essa pauta, tem que ter uma virada de página. Até porque a CPI já fez seu papel, já foi muito discutida a legalidade, a Presidência tem clareza que a outra sessão foi dentro da legalidade, mas a Justiça entendeu que tem que fazer nova sessão e eu sou defensor da Justiça, vou cumprir”, disse por meio da assessoria nesta quinta (24)

À época da decisão, Misael disse em sessão que iria recorrer e acabou discutindo com o vereador Marcelo Bussiki (DEM), autor do pedido e que era cotado para disputar a prefeitura da Capital. O petebista acusou o opositor de estar usando o caso como “palanque eleitoral”. Marcelo acabou indo para chapa da Roberto França (Patriota) como vice.

“Não vejo motivo mais para a disputar essa discussão. O mais rápido possível vamos enviar uma convocação para uma sessão extraordinária”.

Suspensão

O juiz 4ª Vara Especializada da Fazenda Pública, Carlos Roberto de Campos, determinou a suspensão da sessão realizada pela Câmara de Cuiabá que arquivou o relatório da CPI. O magistrado determinou ainda que Misael coloque novamente em votação o relatório final, pois a sessão realizada em 16 de julho descumpriu o regimento interno da Casa de Leis. Na ocasião, o relatório foi rejeitado e arquivado por 13 votos a 9.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Rejeição a Abílio sobe e cai a de EP

abilio junior 400 curtinha   Nos últimos 15 dias, o candidato a prefeito da Capital, Abílio Júnior (foto), do Podemos, viu a rejeição aumentar 12 pontos percentuais, quase um por dia, saindo de 19% para 31%, de acordo com a nova rodada da pesquisa Ibope, divulgada nesta sexta pela TV Centro América....

Fávaro deixa governador em saia-justa

carlos favaro 400 curtinha   O senador interino do PSD, Carlos Fávaro (foto), que busca a reeleição, deixou o governador Mauro Mendes (DEM) em uma saia-justa em Barra do Garças. Mendes, que já declarou apoio no horário eleitoral ao candidato à sucessão municipal Wellington Marcos, do mesmo...

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...