Legislativo

Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019, 12h:52 | Atualizado: 18/07/2019, 17h:00

Procurador presta esclarecimentos na Assembleia sobre "banda pobre do MPE"

Rodinei CrescêncioArteRdnews

Procurador Janaina

Procurador José Antônio Borges atendeu convite feito pela deputada estadual Janaina Riva

O chefe do Ministério Público Estadual (MPE),  José Antônio Borges,  presta esclarecimentos na próxima terça (23)  aos deputados estaduais,  acerca da participação de promotores no suposto esquema de escutas ilegais durante Governo Pedro Taques (PSDB), conhecido como Grampolândia Pantaneira. A informação foi confirmada pela vice-presidente da Mesa Diretora, Janaina Riva (MDB), que havia solicitado que Borges fosse convidado para falar sobre a “banda podre do MPE”.

 O pedido de Janaina se deu em razão do conteúdo revelado durante depoimento do coronel da PM Evandro Lesco, ex-chefe da Casa Militar no Governo Taques.  O oficial declarou ter grampeado a deputada a pedido do promotor Marco Aurélio de Castro.

“A sociedade precisa de uma resposta e que os culpados sejam punidos com a mesma mão de ferro que o MPE usa para acusar aqueles que não fazem parte da instituição. Se fosse aqui na Assembleia, já teria um monte de policial com mandato de busca e apreensão para levar servidor, apreender documentos, computador e com pedido de afastamento do deputado. Quando se trata da Assembleia é desse jeito que funciona.  E ninguém iria querer saber se o deputado teria ligação com aquela situação ou não”, postou Janaina nas redes sociais.

A deputada avaliou ainda que o depoimento do coronel Lesco expôs uma “banda podre” do Ministério Público e que a instituição, que deveria zelar pelos direitos dos cidadãos, teria patrocinado os grampos ilegais e violado o direito fundamental à privacidade de centenas de pessoas.

O depoimento de Lesco aconteceu na terça (16),  na 11ª Vara Criminal Especializada na Justiça Militar. Ele e outros militares são réus no caso que ficou conhecido como a Grampolândia Pantaneira - esquema de escutas telefônicas.  

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Cristina | Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019, 11h59
    8
    1

    Banda podre tem em todos os órgãos públicos. A mídia prova esse fato de forma inarredável. Lastimável, especialmente quando o órgão é de alta hierarquia e deveria dar exemplo. Triste sociedade.

Matéria(s) relacionada(s):

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

TCE cria estrutura para atender a AL

maluf 400 curtinha   A Assembleia Legislativa saiu de Guilherme Maluf (foto), mandando-o para o TCE, mas ele não saiu da AL. Alçado à presidência com menos de um ano na cadeira vitalícia, Maluf acaba de criar uma assessoria parlamentar para promover o intercâmbio com as comissões da AL e ainda um...

Cassação de Abílio depois do Carnaval

abilio junior 400 curtinha   Por mais que Abílio Júnior (foto) implore e grite por socorro, na esperança de escapar da cassação, inclusive se colocando como vítima de perseguição política, perderá mesmo mandato. Mas isso só vai ocorrer após o Carnaval. A...

PGR monitora delação de ex-deputado

jose riva 400 curtinha   Membros do alto escalão da Procuradoria-Geral da República, que rejeitou a proposta de delação de José Riva (foto) na esfera federal por causa de omissão de crimes, estão monitorando os bastidores do acordo de colaboração, agora entre o Ministério...

Fritado no PDT e buscando o Aliança

antonio galvan 400 curtinha   Fritado no PDT, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), pretende agora procurar espaço em um partido considerado de direita. E está se movimentando para assumir em MT o comando do Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente Bolsonaro. O sojicultor se mostra,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.