Legislativo

Segunda-Feira, 03 de Março de 2014, 12h:07 | Atualizado: 03/03/2014, 12h:08

Projeto prevê alterações no PPP

O deputado estadual José Riva (PSD) criou um projeto de lei que prevê alterações no programa de Parceria Público-Privadas (PPP) no Estado. A ideia é que elas se tornem menos burocráticas e mais eficazes para agilizar maiores investimentos na infraestrutura. “O objetivo é permitir maior flexibilidade na aplicação da lei, possibilitando meios para facilitar a manifestação de interesse da iniciativa privada, para as concessões de interesse público, em várias áreas da administração estadual, viabilizando a execução de obras que atendam às necessidades do setor produtivo e do conjunto da sociedade”, argumenta.

Uma das propostas de alterações é que os interessados em contratos de PPPs possam apresentar projetos e estudos de utilidade para a futura licitação, permitindo que participem dos certames, com o correspondente ressarcimento dos custos pelo vencedor. Segundo Riva, a matéria também inclui a atuação da secretaria de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu) na coordenação e elaboração dos estudos técnicos, o que facilita a atividade das parcerias através da participação do setor privado.

O programa de PPPs ficará instituído, em caso de aprovação, para promover, fomentar, coordenar, regular e fiscalizar a realização de parcerias na administração direta e indireta. Elas serão mecanismos de cooperação entre Estado e agentes do setor privado, com o objetivo de implantar e desenvolver projetos ou serviço de empreendimento de interesse público, bem como explorar a gestão das atividades delas decorrentes.

As PPPs podem ser utilizadas para a construção da ferrovia que interliga Mato Grosso a Pará. A proposta já foi entregue para a presidente Dilma Rousseff (PT) e apresentada para o ministro dos Transportes, César Borges e o presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo. 

Mais de 30 municípios do Estado e do Pará serão beneficiados com o traçado ferroviário de 1,8 mil km, melhorando a qualidade de vida de mais de três milhões de pessoas. “O grande entrave de Mato Grosso é sem dúvida, a logística. A melhor proposta de logística para o Brasil é a ferrovia MT/PA, pois no Pará estão portos com os maiores calados do mundo. Com essa ferrovia, vamos desafogar os corredores da morte em que se transformaram as rodovias federais, diminuindo ainda quase 10 mil km de ida e volta pelo oceano, proporcionando competitividade aos nossos produtos ao garantir o escoamento da produção”. Conforme o deputado, apenas nessa região coberta pelo traçado ferroviário, incluindo o Araguaia e o Sul do Pará, pode-se ter um incremento na produção em mais de 50%. Em tramitação na Assembleia, o projeto prevê alterações na Lei 9.641 de 2011, que dispõe sobre as PPPs em Mato Grosso, semelhante ao que hoje funciona em São Paulo. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.