Legislativo

Quarta-Feira, 24 de Março de 2010, 12h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

CONCURSO

Promotor de Cáceres fala de fraudes à CPI da Unemat na AL

   A CPI da Unemat realizará a primeira oitiva para apurar as causas do fracasso na primeira tentativa em realizar o concurso público do Estado, em 22 de novembro do ano passado. O primeiro a ser ouvido pelos membros da CPI é o promotor de Justiça da Comarca de Cáceres, André de Luiz de Almeida. A oitiva acontece nesta quarta (24), às 14h, na Assembleia Legislativa. A expectativa é que o promotor conte detalhes das investigações sobre supostas fraudes cometidas por servidores da Unemat e do vazamento do conteúdo da prova. Após periciar computadores e investigar a fundo o ocorrido, André Luiz fez denúncias contra a reitoria da Unemat, sob Taisir Karim, e a Maria Aparecida Araújo, diretora da Fundação de Apoio de Ensino Superior da Unemat (Faespe). Ela será ouvida em 15 de abril.

  A CPI da Unemat foi proposta e criada no final do ano passado, em meio a uma avalanche de críticas devido ao fiasco ocorrido durante a tentativa de realização das provas. Apesar de ter "nascido" em 2009, os trabalhos tiveram início apenas no último dia 3, quando os membros definiram quais postos cada um ocuparia. Além de apurar as causas da sucessão de falhas, caberá aos membros da CPI, presidida por Percival Muniz, investigar a gestão Taisir, que desde o ano passado vem sendo bombardeada por críticas. Além de Percival, compõem a CPI os deputados Airton Português (PP), relator, José Domingos Fraga (DEM), vice-presidente, Adalto de Freitas (PMDB) e Hermínio Jota Barreto (PR), membros titulares.

  Para dar maior agilidade aos trabalhos, cada parlamentar será encarregado de visitar alguns campus da Unemat. Para a região Sul foi designado Jota Barreto. Já na região do Araguaia os responsáveis são Percival e Daltinho. A região Norte e Médio Norte ficou com José Domingos e a região de Cáceres, com Airton Português. Durante a visita técnica eles farão um verdadeiro raio X da instituição.

  O prazo para conclusão dos trabalhos é 180 dias, mas Percival acredita que antes disso a CPI já poderá responder todas as dúvidas que pairam sobre a atual reitoria da Unemat, assim como as causas que culminaram no fracasso da realização o concurso em 2009. “A Comissão está trabalhando em conjunto e com transparência, para trazer o mais rápido possível respostas significativas para a sociedade", ressaltou o socialista.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Gigi | Sexta-Feira, 12 de Outubro de 2012, 00h15
    0
    0

    Queria que uma alta autoridade de Cáceres (MP), que foi a Motel com garota de programa enquanto esposa viajava para Cuiabá, falasse sobre duas coisas: 1) Como foi o choque que levou quando tentou dar uma de eletricista? 2) Postar a foto da cueca que foi flagrado desmaiado em razão do choque, e encontrado pelos servidores do SAMU.

  • Mathias | Terça-Feira, 14 de Agosto de 2012, 12h31
    0
    0

    Mathias, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Cleuza | Terça-Feira, 14 de Agosto de 2012, 10h05
    0
    0

    Esse promotor deveria chamar Aparecido - Não pode ver uma lâmpada

  • SOFIA | Quarta-Feira, 01 de Setembro de 2010, 22h39
    0
    0

    SOFIA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • SILVANA | Quinta-Feira, 26 de Agosto de 2010, 18h23
    0
    0

    SILVANA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • José da Rocha Filho | Quinta-Feira, 25 de Março de 2010, 19h58
    0
    0

    Vejam os senhores o tamanho do absurdo na questão 36 da prova de professor: As alternativas "abaixos"expressam dados sobre a composição étnica da poplação brasileira.Com base nisso,assinale a alternativa INCORRETA. a.A polução brasilaira é formada por três tipos étnicos básicos:os´indígenas,o branco e o negro africano. No "ATUAL SÉCULO",mais um grupo grupo étnico veioveio participar da formação da população brasileira:os asiáticos,representados principalmente pelos japonese,chinesees e coreanos. b. Em números absolutos,houve uma diminuição da população idígena,deesde o descobrimento até hje,provocado pela morte de índios em conflitos e por epidemias c. Em decorrência de processos históricos e culturais, a população negra do Brasil ainda apresenta níveis de pobreza,em geral,superiores aos de outros grupos étnicos. d. O ELEMENTO BRANCO,que participou da formação da população brasileira,é originário de vários grupos étnicos,tanto europeus quanto asiáticos "E AFRICANOS.Entretanto,foi da Europa que veio a maior parte desse grupo,podendo-se destacar os atlantos-mediterrâneos,os germanos e eslavos. e. a maior parte dos indígena s brasileirosapresenta um modo característico de vida,uma hist´´oria uma identidade e preserva suas tradições e costumes.Isso significa que o processo de colonização empreendido pelos europeus na América não foi prejudicial ao índio. Ora,a alternativa "a" está incorreta,pois no século atual não ocorreu a vinda de asiáticos para o Brasil.Isso ocorreu no início do século XX,a partir de 1908.Devo lembrar aos elaboradores da prova que século atual é século XXI. A alternativa "d" afirma que os brancos vieram da Àfrica.Nem merece Comentários. A alternativa "e" considerada como incorreta pelo gabarito,realmente ó está e dispensa maiores comntários. Desta forma,nota-se que a questão em pauta,a 36,apresentava três alternativa incorretas.Qual delas marcar? E por quê? Tenho certeza que meu respeitáveis ex-professores, Joaquim e Lizanil,Hoje na Unemat,não participaram desse vergonhoso espetáculo.

  • Luan Garcia | Quinta-Feira, 25 de Março de 2010, 00h06
    0
    0

    Pessoooaalll!!! a prova foi elabora em conjunto UFMT e UNEMAT. Lembram..... Essa questão sobre a informática é de rir e chorar quando que houve informatização do estado nessa época?

  • joao | Quarta-Feira, 24 de Março de 2010, 17h59
    0
    0

    Lendo os comentários sobre o concurso, só mes resta a pedir o Ministério Público o cancelamento do concurso que pelos comentários houve também fraude.

  • Adonis Oliveira | Quarta-Feira, 24 de Março de 2010, 17h20
    0
    0

    Eu sai da prova como se tivesse desaprendido tudo aquilo que andei estudando nesses ultimos anos. Uma prova com dupla interpretação doutrinária, até três correntes diferentes para questões objetivas, questões cobradas fora do edital. Acho que a UNEMAT não aprendeu com o erro, virou motivo de piada nacional para todos os concurseiros do Brasil, é só olhar os comentários nos fóruns do correioweb e pciconcursos.

  • Claus | Quarta-Feira, 24 de Março de 2010, 17h00
    0
    0

    Outra vergonha. Prova muito mal elaborada, com questões que tem resposta ridícula, ou pode ser o gabarito da resposta que esta ERRADA. Kkk!!! Outra é o tipo de material que foi confeccionado o cartão resposta - papel oficio A4 (será a maquina de leitora conseguirá ler os cartões de resposta preenchido). Para finalizar onde que um professor consegue elaborar uma questão dessas, a questão é a 16 da prova para investigador. "QUESTÃO 16 - A partir das décadas de 1960 e 1970, Mato Grosso conheceu significativas mudanças no meio rural e urbano, em busca da modernização. Sobre essas mudanças, assinale V para as alternativas verdadeiras e F para as falsas. ( V ) implantação dos grandes eixos rodoviários e o aumento da urbanização. ( V) expansão agropecuária e a mecanização agrícola. ( V ) desenvolvimento industrial, em especial da agroindústria, e desenvolvimento do setor de telecomunicações. ( V) Avanços do setor de serviços e de informática. Segundo o gabarito preliminar todas as alternativas estão corretas, da para acreditar nisso!!! Qdo que MT tinha avanço de informática nos anos de 60 e 70.

Avaliar realiza pesquisa em Cuiabá

antero 400   O instituto Avaliar Pesquisa e Comunicação Estratégica, vinculado ao ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto), foi contratado pelo site Preto no Branco, do próprio Antero, para realizar uma pesquisa sobre intenções de voto para prefeito e vereador de Cuiabá....

Patriota, vários evangélicos e cantor

oscemario daltro 400 curtinha   O nanico Patriota, hoje sem um assento na Câmara de Cuiabá, lançou chapa completa para vereador, com 38 nomes. E pode eleger até dois. A proporcional acaba se fortalecendo porque o partido tem cabeça de chapa ao Executivo, o ex-prefeito por dois mandatos Roberto França. Entre...

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...