Legislativo

Sábado, 16 de Novembro de 2019, 06h:50 | Atualizado: 17/11/2019, 11h:14

CONTAS DE TAQUES

Relatora das contas de Taques, Janaina vê "lambança", mas não adianta reprovação

Rodinei Crescêncio

Deputada Jana�na Riva (MDB), em entrevista ao Rdtv

Deputada Janaína Riva (MDB),  durante  entrevista ao Rdtv e visita à sede do Portal Rdnews

A deputada estadual Janaina Riva (MDB), relatora das contas do ex-governador Pedro Taques (PSDB) no exercício 2018, anunciou que o relatório será votado na Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária (CFAEO) na Assembleia no próximo dia 11 de dezembro. Depois, será encaminhado para análise do plenário. Caso o balanço seja reprovado pelos deputados estaduais, o tucano pode ficar inelegível.     

Janaina, que fez oposição a Taques durante toda gestão do ex-governador,  não adiantou se o parecer será pela aprovação ou reprovação. No entanto, adiantou que sua análise aplica os mesmos critérios que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) utiliza para reprovar  contas de municípios.

“As contas do Pedro Taques foram aprovadas pelo TCE  com mais apontamentos, quase o dobro, do que as   do ex-governador  Silval Barbosa. Não são contas simples de fazer uma análise. Muito do que fiz, peguei do entendimento do próprio TCE em relação aos municípios. Peguei jurisprudências, de votações dos municípios, de artigos que estavam apontados enquanto falhas nas contas do Pedro Taques e usei os próprios conselheiros falando que existe um conflito no trato entre governo e município. Tem município que é reprovado por atrasar duodécimo e o Estado não atrasou só pra Assembleia, atrasou para Ministério Público e Tribunal de Justiça, fez uma lambança. Estou apontando e usando o entendimento dos próprios conselheiros. E é claro vamos questionar essa diferenciação”, afirmou a emedebista.

No dia 06 de agosto deste ano, por unanimidade, o Pleno do TCE acompanhou o relatório do conselheiro interino Isaías Lopes da Cunha e deu parecer pela aprovação das contas de Taques. No documento, foram apontadas 21 falhas e feitas 40 recomendações.

Na sessão do TCE, Taques fez a defesa das próprias contas e culpou a falta de dinheiro pelos erros que cometou na administração do Estado. O tucano foi o primeiro ex-governador a adotar o procedimento.

Segundo Janaina, seu relatório já está finalizado pela equipe do gabinete e da CFAEO. A  parlamentar pediu  respaldo da Procuradoria da Assembleia para auxiliar na análise do parecer.

Que bom que a ilustre deputada concorda com o direito constitucional ao contraditório e a ampla defesa. Meus advogados, mais experientes e competentes, vão analisar essa possibilidade, eu sou um jovem advogado

Ex-governador Pedro Taques

“Finalizei o relatório com a minha equipe e com a equipe do orçamento. Já pedi em plenário para que a Procuradoria da Casa faça sua analise. A Procuradoria tem expertise e autonomia já que os procuradores são todos de carreira. Depois será votado na Comissão de Orçamento. Pedi a Comissão que no dia 11 de dezembro nós possamos votar para que possa ir a plenário na segunda semana do mês. Os deputados terão direito a vista e a divergir também. Na Comissão, eu trabalho para que passe por unanimidade”, completou.

A emedebista ainda pontua que, a exemplo do que ocorreu no TCE, Taques pode fazer pessoalmente a defesa das suas contas no plenário da Assembleia. Para isso, basta solicitar ao presidente do Legislativo Eduardo Botelho (DEM).

  No entanto, Taques não confirma interesse em comparecer à Assembleia. Disse que a decisão cabe aos seus advogados.

  “Que bom que a ilustre deputada concorda com o direito constitucional ao contraditório e a ampla defesa. Meus advogados, mais experientes e competentes, vão analisar essa possibilidade, eu sou um jovem advogado”, concluiu o tucano.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Carlos | Domingo, 17 de Novembro de 2019, 08h07
    3
    0

    Poderia fazer tambem sobre as obras da copa, sobre a Confecção do famoso paletó, sobre os 20 anos de Riva na al MT.

  • Davi | Sábado, 16 de Novembro de 2019, 08h54
    3
    2

    O Ministério Público já deveria ter ingressado com ações de improbidade contra o Pedro Taques e contra o Mauro Mendes. Motivos não faltam.

  • Carlos | Sábado, 16 de Novembro de 2019, 08h52
    5
    0

    O famigerado secretário é o mesmo atualmente. Quantas "lambanças " serão necessárias para que seja substituído?

Matéria(s) relacionada(s):

Francis dispara contra Túlio, Adriano...

tulio fontes 400 curtinha   O prefeito de Cáceres, Francis Maris, que chegou dos EUA na última quinta, aproveitou dois eventos para, publicamente, disparar sua metralhadora verbal contra algumas pessoas. Na sexta, inaugurou uma unidade do Centro de Testagem e Aconselhamento e fez abertura do Natal de Luzes, no centro. Nas duas...

Audiência na AL em prol dos autistas

diana serpe 400 curtinha   Convidada pela Assembleia, a advogada com forte atuação em São Paulo, Diana Serpe (foto), autora do e-book Autismo Educação e especialista na defesa dos direitos das pessoas com deficiência, vai participar de uma audiência pública e proferir palestra na segunda (9),...

Folha em dia e previsão do 13º dia 20

mauro mendes 400 curtinha   É possível que no dia 20 o governo estadual consiga pagar integralmente o décimo-terceiro dos cerca de 100 mil servidores. Ao anunciar que a folha de novembro será paga na próxima terça (10), em única parcela, pela primeira vez no ano, o governador Mauro destacou que...

Cidinho é o que mais agrega ao Senado

cidinho 400 curtinha   Depois de Blairo Maggi, o nome do empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto) seria hoje o que mais agregaria a classe política e o agronegócio em torno de uma candidatura ao Senado numa eventual eleição suplementar. Conta com simpatia do senador Jayme Campos e do governador Mauro Mendes,...

Prova da lisura de membros do Gaeco

paulo prado 400 curtinha   O resultado da auditoria do TCE-MT sobre a prestação de contas do Gaeco das verbas secretas, entre 2012 e 2017, assegurando a sua legalidade, resgata a credibilidade, lisura e reputação ilibada dos membros que atuaram na época nesse braço investigativo do MPE, como o procurador e...

Posse 2 dias antes do possível retorno

maluf 400 curtinha   Guilherme Maluf (foto), que nem esquentou direito a cadeira de conselheiro, vai tomar posse na presidência do TCE-MT dois dias antes do STJ julgar um recurso que tende a suspender as medidas cautelares e definir pelo retorno ao Pleno dos cinco conselheiros afastados há dois anos. A solenidade acontece no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.