Legislativo

Terça-Feira, 01 de Fevereiro de 2011, 18h:18 | Atualizado: 01/02/2011, 18h:26

Meio ambiente

Riva aproveita discurso de posse para criticar as operações da PF

José Riva   O deputado estadual José Riva (PP), que voltou a comandar a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, aproveitou seu discurso de posse na Casa para fazer novas críticas à atuação da Polícia Federal na investigação de supostos crimes ambientais. Para Riva, as operações Curupira e Jurupari, deflagradas em 2005 e 2010, respectivamente, não passaram de escândalos que não resultaram em nada.

   "É preciso ser legalista, não deixar de cumprir a legislação, porém não se pode mais ver órgãos ambientais usarem e até serem usados como armas para verdadeiros shows pirotécnicos, como os vistos nas operações Curupira, Jurupari e outras, que de fato nada contribuíram ou contribuem na melhoria do meio ambiente em que vivemos", disse.

   Riva acabou sendo envolvido nas investigações do ano passado, quando sua esposa, Jenete Riva, na época coordenadora da Sala da Mulher, seu genro, Carlos Antônio, e o então assessor direto da presidência da AL, Adilson Figueiredo, foram presos e tiveram que prestar esclarecimentos à PF sobre susposta extração ilegal de madeira em áreas de proteção permanente, como reservas indígenas. O deputado chegou a afirmar que sofria perseguição política por parte do juiz federal Julier Sebastião da Silva, responsável pelo caso. Recentemente todos eles conseguiram habeas corpus definitivo e tiveram seus bens descongelados.

   No discurso, Riva estendeu o "recado" aos que criticaram e discordaram do projeto do Zoneamento Sócioeconômico e Ecológico (ZSEE) do Estado. A matéria foi aprovada pelos parlamentares, mas antes que o governador Silval Barbosa (PMDB) desse seu veredito sobre o tema, a AL pediu o texto de volta. Mesmo sem chegar a um consenso final sobre o caso, o progressista ressaltou que o assunto foi amplamente debatido e que as más interpretações são feitas por "pseudo-ambientalistas, que sequer acompanharam as discussões nas bases", pontuou.

-----------------------------------------------
Clique no link abaixo e confira a íntegra do discurso de Riva

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Nelson | Sexta-Feira, 04 de Fevereiro de 2011, 14h42
    0
    0

    Será que o deputado lembrou da falar do processo que a Janete Riva responde por trabalho analogo ao escravo na Fazenda Paineiras e também da compra do titulo podre deslocado de outra área com laudo forjado pelo valor de 50 mil reais para a propriedade avaliada em milhões que a justiça estadual está cozinhando em banho maria pois o deputado perdeu em varias instancias e falta dar o veredito de reintegração de posse e pagar pela madeira que foi explorada.Sem falar do cartório do Catuaí.

  • Freitas | Sexta-Feira, 04 de Fevereiro de 2011, 10h39
    0
    0

    O povo de MT tem que aprender a votar direito, mas qdo o politico tem dinheiro compra os diretorios municipais e acabando dando nisso elegendo picareta igual ao Riva e muitos outros q temos por ai...

  • joao | Quarta-Feira, 02 de Fevereiro de 2011, 20h46
    0
    0

    isso é muito perigoso, estamos vivendo em MT uma DITADURA enrrustida onde só uma pessoa manda na AL a justiça nâo pode mais investigar as corrupçôes se acha no direito de criticar um órgâo respeitado como é a POLICIA FEDERAL que esse sistema fique lá pela venezuela afora chavista em MT nâo.nâo demora muito começa censura na imprensa,lei da mordaça nos meios de comunicaçâo....ISSO É MUITO PERIGOSO.

  • Douglas | Quarta-Feira, 02 de Fevereiro de 2011, 10h53
    0
    0

    Como eu faço para o MP ter acesso aos processos que se encontra na SEMA PARADOS, por que funcionários com cargos comissionados não trabalham contra quem esta lhe empregando, várias arbitrariedades feitas pelo RIVA contra o MEIO AMBEINTE em sua propriedades não são analisadas e sim arquivadas, não só as cometidas por ele mais também pelos outros DEPUTADOS que tem direito aos tais CARGOS COMISSIONADOS.

  • alves | Quarta-Feira, 02 de Fevereiro de 2011, 08h38
    0
    0

    coitado desse homem tão honesto,tão perseguindo,que coisa,mas voce que votou nele merece isso,assim caminha humanidade.

  • Emerson | Quarta-Feira, 02 de Fevereiro de 2011, 08h32
    0
    0

    Tenho que elogiar o Deputado Riva, afinal é um cidadão no qual é denunciado em vários processos e conseguiu ser o mais votado nas ultimas eleições. Qual a conclusão dessa vitória? São várias hipóteses, mas podemos elencar algumas e alguns questionamentos: * O pior cego é aquele que insiste em não ver; * A vontade dos eleitores em ser igual ao Deputado Riva; * Como é possível ter votos em todos os municípios em um Estado com enormes dimensões territoriais; * A grande fatia do bolo nas mãos de alguns e o restante da sociedade com migalhas, sendo assim, qualquer migalha a mais é bem vinda; * Ser mais uma vez o Presidente da Assembléia Legislativa. Aqui podemos sugerir uma simplória opinião. Esse Deputado em questão é denunciado em vários processos e mesmo assim consegue reeleger-se. Sendo assim, aqueles que estão satisfeitos com as migalhas não sabem votar, pois votaram em tantos outros denunciados em processos. Podemos considerar que, se a grande maioria que convive com a migalha não sabe votar e como os Deputados eram cidadãos comuns, também não sabem votar para o que é melhor para a Casa Legislativa. Para por aqui, mas aceito opiniões e sugestões para completar essa questão. Grato

  • Enevê Viviani | Quarta-Feira, 02 de Fevereiro de 2011, 06h42
    0
    0

    O ponto do discurso refente as operações da PF foi o menos relevante. Só um político com o conhecimento e visão do Riva para fazer uma análise pormenorizada de nossos principais problemas e seu possivel equacionamento. É muito bom tê-lo a frente do Legislativo. Vai pautar as discussões.

  • Jober Costa | Quarta-Feira, 02 de Fevereiro de 2011, 06h17
    0
    0

    O discurso do Dep. Riva foi mais do um simples discurso. Foi um esboço de plano de governo. Deve ser muito bem analisado pois é o mais trabalhador de nossos politicos e profundo conhecedor de nossa problemática.

  • Sérgio Édison | Terça-Feira, 01 de Fevereiro de 2011, 22h48
    0
    0

    Eita país 'bão' de se meter a mão no dinheiro público e ainda sair vitorioso nas urnas. Some ao Riva, o Maluf e tantos outros. Todos impunes e reeleitos. Maravilha. O povão que vota neles merece. Quem disse que política não é igual futebol? Tem até torcida. Mas nem todos torcem pelo bem, é claro. Iluminai a cabeça dos ignorantes, meu Deus...

  • Célia Anita | Terça-Feira, 01 de Fevereiro de 2011, 22h20
    0
    0

    Este é meu DEPUTADO PRESIDENTE!!!! Voltou triunfante, PARABÉNS RIVA, sempre estaremos contigo!!!

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.