Legislativo

Segunda-Feira, 30 de Setembro de 2019, 19h:29 | Atualizado: 01/10/2019, 09h:51

MORTE NO STF

Selma lamenta episódio envolvendo Janot e Gilmar Mendes e defende porte de arma

Waldemir Barreto

Selma Arruda

Selma Arruda discursa na tribuna do Senado, na sessão nesta 2ª, quando comentou caso relatado no livro do ex-procurador-geral Rodrigo Janot

A senadora Selma Arruda (Podemos) usou a tribuna para se pronunciar sobre a revelação do ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot, que afirmou ter ido até o Supremo Tribunal Federal (STF) armado com a intenção de matar o ministro Gilmar Mendes, e cometer suicídio em seguida. O pronunciamento foi feito nesta segunda (30).

Selma fez questão de enfatizar que “nada na vida se resolve com violência”. Mesmo criticando a atitude de Janot, lembrou que tanto o procurador geral da República quanto o ministro do STF têm direito ao porte de arma e agradeceu a Deus pelo homicídio seguido de suicídio não ter se concretizado.

“Hoje o Brasil teria uma história escrita de forma diferente. Deixo meu descontentamento. Não apoio atitudes violentas. Neste caso o porte de armas não inferiu já que nada aconteceu. Sou a favor do porte de armas, mas acredito que as coisas não se resolvem dessa forma”, declarou Selma.   

A senadora também aproveitou para pedir que o Supremo seja sensível às vozes das ruas e à Constituição. Segundo ela, nas redes sociais, é possível concluir que grande parte dos brasileiros apoia a atitude de Janot, o que evidência o desgaste da instituição.

“Ouça a voz do povo, a voz do Ministério Público, a voz desse Brasil que precisa mudar e se renovar. (...) Fica meu apelo que a Suprema Corte saiba ouvir a população”, completou.

Em nota, Gilmar Mendes lamentou o episódio, além disso, recomendou que Janot procure “ajuda psiquiátrica”.

“Nada mais me resta além de lamentar o fato de que, por um bom tempo, uma parte do devido processo legal no país ficou refém de quem confessa ter impulsos homicidas, destacando que a eventual intenção suicida, no caso, buscava apenas o livramento da pena que adviria do gesto tresloucado. Até o ato contra si mesmo seria motivado por oportunismo e covardia”, disse o ministro do STF em nota.

  Gilmar pediu, no âmbito do inquérito que apura fake news e ameaças contra ministros da Corte, que seja determinada a retirada do porte de arma  de  Rodrigo Janot. Requereu também que ele fique impedido de ir ao STF. A pedido do colega, o ministro Alexandre de Moraes autorizou mandado busca e apreensão na residência de Rodrigo Janot, o que foi cumprido pela Polícia Federal. 

Além de aprender a arma, o celular e os computadores de Janot, o STF impôs uma cautelar. O ex-procurador geral da República está proibido de se aproximar 200 metros de qualquer ministro do STF.

Atrito

O atrito entre Gilmar e Janot teria se intensificado durante as investigações da Lava Jato. O ex-procurador-geral da República pediu suspeição do ministro em processo envolvendo o empresário Eike Batista. Janot alegou que a esposa de Gilmar, Guiomar Mendes, trabalhava no escritório de advocacia que defende o empresário.

O ministro, por sua vez, teria rebatido as informações dizendo que a filha de Janot era advogada de empreiteiras investigadas na Lava Jato, e que por uma questão de analogia, o membro do MPF deveria também ser afastado das investigações. As trocas de acusações teriam irritado o então procurador ao ponto de decidir matar o ministro.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

TCE suspende licitação de R$ 12 mi

air praiero 400 curtinha   Uma concorrência pública, com valor estimado de R$ 12,5 milhões, tocada pela secretaria de Habitação e Regularização Fundiária de Cuiabá, sob o defensor público licenciado Air Praeiro Alves (foto), foi suspensa cautelarmente pelo TCE por causa de...

6 estão no páreo em Tangará; 2 fortes

vander masson 400 curtinha   Tudo indica que os tangaraenses terão nas urnas 6 candidatos majoritários nas eleições de novembro. O cenário está se desenhando com os seguintes "prefeitáveis": Chico Clemente (PSD), Gunther Duarte (PSL), Vander Masson (foto), do PSDB, Claudinho Frare (Republicanos),...

Bolinha é multado por irregularidades

humberto bolinha 400 curtinha   Por causa de irregularidades cometidas ainda em 2017, ao fazer aquisições sem realizar licitação e/ou pesquisa de preço, o prefeito de Guiratinga, Humberto Domingues, o Bolinha (foto), recebeu multa do TCE de 12 UPFs-MT, correspondente hoje a R$ 1,7 mil. E será intimado pelo...

Puxando o "rei" pra baixo em Tangará

reinaldo morais 400 curtinha   A pré-campanha ao Senado do empresário Reinaldo Morais (foto), o "rei dos porcos", evangélico e bolsonarista, vem ganhando aceitação popular em vários municípios. Mas, em Tangará da Serra, enfrenta muita resistência. Algumas pessoas próximas ao...

3 estaduais e 2 federais para prefeito

juarez costa 400 curtinha   Se na Assembleia, três dos 24 deputados se articulam por candidatura a prefeito, na Câmara Federal dois entre oito da bancada mato-grossense também pretendem fazer o mesmo. Tratam-se do emedebista Juarez Costa (foto), que apostará todas as fichas no retorno ao comando de Sinop, e do petebista...

PSDB rachado sobre nome a prefeito

ricardo saad 400 curtinha   O tucanato enfrenta uma incógnita em Cuiabá. A bancada na Câmara, hoje composta pelos vereadores Renivaldo Nascimento, Ricardo Saad (foto) e Toninho de Souza, defende apoio ao projeto de reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro. O partido, presidido na Capital por Saad, já faz parte...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.