Legislativo

Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 17h:32 | Atualizado: 08/02/2019, 17h:44

Propostas de Moro

Selma pede o auxílio da Polícia Civil para aperfeiçoar pacote Anticrime da União

Assessoria

Selma delegados

Delegado Demerval Resende recebeu senadora Selma Arruda para debater pacote de Moro

A Polícia Judiciária Civil    (PJC) foi convidada pela senadora  Selma  Arruda (PSL), para analisar e sugerir alterações no Pacote Anticrime, apresentado  pelo ministro da Justiça Sérgio Moro, nessa semana.

A intenção da senadora, que se reuniu na manhã dessa sexta  ( 8), com toda a diretoria da PJC , é absorver  o conhecimento técnico de profissionais  da segurança pública, como os delegados, que vivenciam diariamente  as dificuldades diante da legislação vigente.

Selma    aponta que, no geral, o pacote de medidas é positivo, mas pode ser melhorado e os delegados de polícia, por exemplo, são legítimos conhecedores do Código Penal e toda a legislação criminal, podendo  com isso, contribuir significativamente com eventuais sugestões de mudanças.

“Nós aqui temos uma  visão toda própria disso tudo, visão de fronteira, de estado com grandes distâncias a percorrer, enfim, de coisas que  só  aqui que  acontecem. Por isso peço  que vocês analisem esse pacote, observem se há pontos a serem acrescentados ou suprimidos, para que, a partir daí, possamos pensar numa legislação criminal que possa realmente dar as respostas que precisamos”, enfatizou.

A senadora  adiantou também que pretende destinar, neste ano, parte de sua  emenda parlamentar para a PJC, que tem sofrido escassez de recursos e de estrutura para prestar seus serviços, especialmente nessa época, onde o Estado decretou calamidade financeira, ou seja,  descartando por tempo ainda não determinado, qualquer investimento no aparato de Segurança Pública de Mato Grosso.

“A senadora sabe muito bem como a Polícia Civil se desenvolve, da nossa importância no combate ao crime, já que no tempo em que ele foi juíza, ela viu as carências que a Polícia Civil tem passado e, agora como senadora, ela tem a oportunidade de nos auxiliar, tanto na parte da legislação, como também na parte das emendas”, observou o delegado-geral da PJC, Mário Dermeval Resende.

De acordo com ele, os delegados  têm muito a contribuir com o pacote de medidas propostas por Sérgio Moro.

“Vamos participar sim [da análise], nossa especialidade é fronteira e o combate ao crime organizado. Temos um corpo de delegados  que irá analisar essas  propostas do ministro da Justiça e então, sugeriremos e orientaremos a  senadora com base nesse estudo, para que ela faça propostas que possam fazer com que as investigações, de acordo com nossa peculiaridade, sejam melhoradas”, disse Resende. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Davi | Domingo, 10 de Fevereiro de 2019, 21h07
    0
    0

    Nunca vi a polícia civil na fronteira, seria mais eficiente dialogar com o GEFRON ou com o Comando Geral da Polícia Militar.

  • Edinei | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 19h08
    1
    0

    Senadora mal entrou já está dando lição de atuação para os demais, continua assim senadora, representando todos de Mato Grosso... Voto legítimo gestores competentes!

Matéria(s) relacionada(s):

DEM é fraco em Cuiabá há décadas

O DEM dos irmãos Júlio e Jayme Campos e agora do governador Mauro Mendes enfrenta resistência histórica na tricentenária Cuiabá. Fundado em 1985 como PFL, que absorveu dissidentes do velho PDS, o DEM hoje não possui uma cadeira entre as 25 na Câmara Municipal. Aliás, não elege vereador há três legislaturas. A última vez que o partido tentou disputa para prefeito da Capital foi em 2000 e, curiosamente, tendo...

Nininho, falta à sessão e justificativa

O deputado Ondanir Bortolini, o Nininho, contesta informação de que teria "amarelado" ao não comparecer à sessão ordinária da Assembleia, que resultou na aprovação da mensagem do governo sobre reinstituição dos incentivos fiscais, em primeira votação, pelo placar de 15 a 7. Em verdade, o parlamentar do PSD justificou oficialmente sua ausência. Explica que foi internado e, por orientação...

Efetivados irregularmente e recebendo

darci lovato curtinha   Entre os quase 100 servidores da Assembleia que já tiveram estabilidade funcional cassada pela Justiça em 1º grau por alguma irregularidade em documentos, estão ex-secretários municipais, colunista social, ex-policiais, radialista, ex-prefeito, ex-vereador e outros que já tentaram, sem...

Governo quita toda a folha de junho

O governo estadual concluiu nesta sexta (19) o pagamento de junho dos servidores ativos, inativos e aposentados que ganham acima de R$ 7,5 mil. Para essa quitação foram necessários R$ 61,8 milhões. Com isso, liquidou totalmente a folha de junho dos cerca de 100 mil funcionários públicos, que consomem R$ 472,7 milhões. No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5,5...

Emedebista pode ser candidato único

leonardo bortolin curtinha   Eleito na suplementar realizada em 2017, Leonardo Bortolin (foto), de Primavera do Leste, é considerado hoje o prefeito emedebista em MT mais bem avaliado. Na convenção do partido nesta quinta no município, lideranças, como o deputado federal Carlos Bezerra e os estaduais Thiago Silva,...

2 "amarelam" e faltam de propósito

nininho curtinhas   Dois deputados não pisaram os pés na sessão desta quinta propositalmente. "Amarelaram". Ao invés de tomarem posição quanto ao projeto de lei complementar do governo que reinstitui os incentivos fiscais, Nininho (foto) e o delegado Claudinei preferiram não comparecer. Assim como os...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.