Legislativo

Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 12h:01 | Atualizado: 06/12/2019, 18h:15

DINHEIRO AOS PARTIDOS

Senador diz que aumento de R$ 1,8 bi é escárnio e defende fim do Fundo Eleitoral

Rodinei Crescêncio

Jayme Campos durante a posse de Jackson Coutinho

Jayme Campos opinou sobre o aumento na posse de Jackson Coutinho no TRE

O senador Jayme Campos (DEM) classificou como “escárnio” o aumento do Fundo Eleitoral para 2020, em discussão no Congresso. Pela proposta de orçamento enviado pelo governo, os partidos teriam R$ 2 bilhões para gastar com as campanhas municipais. Uma nova, aprovada pela comissão mista de orçamento, acrescentou R$ 1,8 bilhão, chegando ao total de R$ 3,8 bilhões.

Os recursos a mais para o fundo sairiam de parte do lucro de empresas estatais que é recolhido para o governo. Antes, esses recursos seriam destinados a áreas como Educação, Infraestrutura e Saúde. A questão deve ir ao Plenário. O Congresso Nacional se reúne em 17 de dezembro para votar o orçamento do próximo ano.

“Eu acho que é um escárnio isso aí. Eu particularmente sou contra, eu acho que não tinha que ter Fundo Eleitoral coisíssima alguma. Quem quer ser candidato tinha que fazer com recursos próprios ou doações de quem quer que seja, e não com tributos recolhidos dos cofres do governo federal e ser repassado para o Fundo Eleitoral. Eu vou votar contra se tiver votação no Senado, sou contra, literalmente”, disse Jayme, à imprensa durante a posse de Jackson Coutinho como juiz-membro do TRE.

O senador avaliou que o valor previsto pelo governo era algo “razoável”. Ao todo, 13 partidos assinaram o documento pedindo o aumento: PP, MDB, PTB, PT, PSL, PL, PSD, PSB, Republicanos, PSDB, PDT, DEM e Solidariedade. Depois, o PSL retirou a assinatura.

“Como ontem eu assinei um projeto de lei para o senador Paulo Paim para acabar com esses pagamentos de hotéis, carros aos senadores, quero que acabe com tudo. Eu acho que em um momento de crise, em que o Brasil precisa de dinheiro para tudo, para educação, para saúde, para segurança, agora R$ 3,8 bilhões que está provisionado, vai sacar da educação, da saúde, da infraestrutura para fazer Fundo Eleitoral. Eu acho que isso aí é um escárnio, é muito ruim para o país, não dá bom exemplo, eu vou votar contra”, declarou.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Benedita da Silva | Sábado, 07 de Dezembro de 2019, 17h53
    3
    0

    Escarnio, não é só aumento, deboche é o fundão e todos os penduricalhos que ganham além do salário. E ainda dizem que passam perrengue !

  • Gladston | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 15h52
    4
    0

    Lá uma vez, muito de vez em quando, esse senador e eu concordamos com algo. Dessa vez faço minhas as suas palavras, essa SAFADEZA POLÍTICA BRASILEIRA precisa ter um fim. Onde já se viu retirar recursos públicos que poderiam ser utilizados em prol da população para bancar campanha de candidatos, sendo que entre eles HÁ MUITOS que depois de eleitos com nosso dinheiro ainda nos roubarão no exercício dos seus respectivos cargos!

  • walter liz | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 13h31
    10
    0

    senador esta ai uma grande chance de fazer diferente, conectar com os anseios do povo, faça valer seu mandato, va na tribuna , faça uma cruzada com seus pares, faz acontecer.

  • ISRAEL BORGES | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 12h45
    6
    3

    esse eo Senador do povo parabens jayme campos

  • alexandre | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 12h10
    9
    1

    Infelizmente centrão e o gordinho, querem acabar com o Brasil, tem que fechar o congresso e novas eleições gerais...

Matéria(s) relacionada(s):

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.