Legislativo

Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 09h:35 | Atualizado: 11/12/2019, 15h:03

VACÂNCIA NO SENADO

Senador vê chance de Fávaro assumir e aponta Cidinho e Neurillan como opções

O senador Wellington Fagundes (PL) ainda acredita na possibilidade de o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD) assumir a vaga, que deve ser aberta com a cassação do mandato da senadora Selma Arruda (Pode). O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve publicar o acórdão da decisão de terça (10) para que a cassação passe a valer efetivamente.

Edilson Rodrigues

Wellington Fagundes

Wellington Fagundes ressalta que STF poderá ser acionado para que Fávaro assuma enquanto nova eleição é feita

Se Selma for retirada do cargo e não houver qualquer decisão para que outro assuma a cadeira, será a primeira vez que Mato Grosso ficará com um senador a menos no Congresso - bancada é formada por três.

Fávaro entrou, ao lado do Ministério Público Federal (MPF) e do então candidato ao Senado Sebastião Carlos (Rede), com uma das Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) que resultaram na cassação de Selma. O ex-vice-governador, terceiro colocado na eleição de 2018, defende que o cargo não pode ficar vago.

“Agora o que a gente aguarda é a conclusão do processo, porque devemos ter uma nova eleição. Mas, agora, entra outro aspecto jurídico. O Fávaro estava trabalhando efetivamente, tem advogados no processo, ele pode ainda ter uma decisão no Supremo Tribunal Federal (STF) para ele assumir. Ainda tem essa possibilidade”, avaliou o senador ao .

Edilson Rodrigues/Agência Senado

Cidinho Santos

Ex-senador Cidinho dos Santos é cotado para concorrer na eleição suplementar ao Senado

Apesar disso, Wellington revelou que os nomes do ex-senador Cidinho Santos e do presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, ambos do PL, são tratados como possíveis candidatos em caso de realização de novas eleições ao Senado.

“O nome que pode ser o candidato, vai depender da publicação do acórdão... tem o nome do Cidinho que vem sendo discutido, tem o Neurillan que se filiou ao PL e poderá ser candidato dependendo do tempo de filiação. Quem poderá ser candidato também é uma coisa ainda a ser decidida. Para essa eleição extemporânea, o afastamento de cargos ainda será regulamentado, vamos depender de algumas definições do TRE-MT. O TSE depende da publicação do acórdão, porque só vale a partir da publicação. E o TRE-MT vai definir quando vão ser essas eleições”, projetou.

Selma teve o mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico no pleito de 2018. Foram identificados gastos de R$ 1,2 milhão fora dos registros com serviços de assessoria jurídica e contábil, propaganda e marketing, assessores pessoais, entre outros. No entendimento da maioria dos ministros do TSE, os gastos desequilibraram a campanha que sagrou a juíza aposentada como a mais votada.

“Na verdade, é uma decisão da Justiça Eleitoral onde, em Mato Grosso, o TRE-MT teve uma votação unânime, e aqui (em Brasília) foi uma grande maioria. Então, como o ministro Barroso bem disse no julgamento, o que se julgou foi o aspecto técnico da Lei Eleitoral, não foi a pessoa da senadora, não foi o currículo dela como juíza. Foi um erro eleitoral, um erro de prestação de contas, um erro... um crime eleitoral, ela vai poder recorrer, só que fora do cargo, por que a decisão é: publicado o acórdão, ela está cassada. Agora, essa publicação tem que aguardar”, disse Wellington.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Gustavo | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 18h06
    3
    0

    nem o cidinho nem neurilam tem chances de vitoria dois Bosta .quem e cidinho mesmo ??? Eesse tal de neurilam quem e ???

  • ELEITOR | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 17h09
    2
    2

    Gisela Simona Senadora . A melhor candidata que temos no Mato Grosso. Concordo plenamente com este comentário até porque não podemos eleger representantes dos barões do agronegócio porque eles legislam apenas para benefícios deles... Rico só lembra dos pobres na hora do voto. Portanto, os barões em si nao elegem ninguem mais ai eles pedem votos aos pobres e depois de eleitos legislam apenas para os ricos chega desta jogada vamos eleger alguem do povo para representar o povo porque esta Historia de Senador que representa os interesses do Estado é piada os ricos eleitos defendem é a si proprio e aos seus pares.,

  • CHIRRÃO | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 16h15
    2
    7

    BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !!BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !!BARBUDO !!BARBUDO !! BARBUDO !!BARBUDO !!BARBUDO !! BARBUDO !!BARBUDO !!BARBUDO !!BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !! BARBUDO !!

  • Paula | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 11h55
    10
    1

    Não voto em representante do agro!!! Já chega!!!

  • CHIRRÃO | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 11h30
    11
    1

    CIDINHO...NEURILAM????? NEM A PAU JUVENAL...

  • jeferson de Andrade | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 11h10
    15
    1

    Vamos renovar para o Senado,chegar desse povo do agro que só pensar em seus próprios interesses.

  • CORNÉLIO CASSIMIRO | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 10h58
    3
    10

    O Bom da Democracia é assim mesmo né? Por isso vivemos em um Estado Democrático de Direito, cada um defende o seu peixe e seus pensamento e suas ideias, hoje temos no Brasil mais de 30 Partidos Políticos, e todos podem e tem o mesmo direito de Neurilam e Cidinho, só que uma coisa é certa, muitos dos POLITOS QUE TRANSFOMARAM OS CARGOS PÚBLICOS ELETIVOS EM PROFISSÃO, percebe-se que não entendeu o recado que foi nado nas ultimas eleições em Mato Grosso e no Brasil á fora, às pessoas estão cansados da classe Politica que fez do Cargo uma Profissão, quero aqui mais uma vez dar minha opinião, com vagância do carga que será deixado pela Senadora Selma Arruda após à Publicação do Acordão em 2020 devido ao recesso do Judiciário que volta aos trabalhos só em meados de Janeiro de 2020, é só observar o excelente mandato que sendo realizado pelo atual Governador Mauro Mendes em MT, nesta mesma linha de pessoas com capacidades administrativa, Mato Grosso merece uma candidatura de um Candidato com o Perfil do Ex-Prefeito de Rondonópolis Adilton Sachetti, e do Ex-Senador, Governador e Ministro Blairo Maggi, pessoas estas com visão de empreendedor, todos os dois já provaram que tem capacidade e competência quando administraram Rondonópolis e Mato Grosso, às pessoas estão cansadas de Políticos que fizeram do cargo uma Profissão, este é meu pensamento, meu nome é Cornélio Cassimiro, moro em Jaciara-MT.

  • Armindo de Figueiredo Filho | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 10h42
    15
    2

    RAPOSAS VELHAS!!!! FORA!!! >>>>Mesmos vícios, mesmas ladainhas, mesmas promessas; O Eleitor não aguenta mais isso....CHEGA!!!!!!!enfim!!!!!! MESMICES EM TUDO......Fim de papo .......

  • Reginaldo Pinheiro | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 10h39
    14
    2

    É LAMENTÁVEL UM SR COMO WELLINGTON QUERER SER PROTAGONISTA DO PREENCHIMENTO DA VAGA DEIXADA PELA JUÍZA SELMA, WELLINGTON E JAIME CAMPOS ESTÃO NO SENADO PARA FAZEREM A VELHA POLÍTICA CORONELISTA,CURRALEIRA, BAIRRISTA E CORPORATIVISTA. PROJETOS E DEMANDAS DA SOCIEDADE COMO PRO EXEMPLO PRISÃO APÓS CONDENAÇÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA ELES NUNCA DEFENDERAM, É MAIS OU MENOS ASSIM: SE WELLINGTON E JAIME DEFENDE É PORQUE ISSO É BOM PARA ELES QUE SÓ PAUTAM O QUE É DE INTERESSE PRÓPRIO, O QUE ELES DEFENDEM SEMPRE SERA RUIM PARA A SOCIEDADE MATOGROSSENSE.

  • alexandre | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 10h39
    12
    2

    O dono do cargo, vai ter que disputar eleição e vai perder, a vaga não é do Agro...

Matéria(s) relacionada(s):

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.