Legislativo

Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 19h:20 | Atualizado: 22/10/2019, 19h:29

VOTAÇÃO

Senadores de MT se juntam a maioria e texto-base da Previdência é aprovado

Jayme Campos, Selma Arruda, Wellington Fagundes

Os senadores Jayme Campos, Selma Arruda e Wellington Fagundes foram favoráveis ao texto-base da reforma hoje

Com 60 votos favoráveis e 19 contrários, o Plenário do Senado aprovou nesta terça (22) o texto-base da reforma da Previdência. Os três integrantes da bancada de Mato Grosso – Jayme Campos (DEM), Selma Arruda (Podemos) e Wellington Fagundes (PL) - votaram a favor da matéria enviada ao Poder Legislativo pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PSL).

"O Parlamento brasileiro aprova a maior reforma da Previdência da história", disse o presidente do Senado, Davi Alcolumbre. Continua no Plenário a apreciação de quatro destaques de bancada à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, apresentados por Rede, PT, PDT e Pros sobre temas específicos da reforma, como aposentadoria por insalubridade e aposentadorias especiais.

A principal medida da reforma da Previdência é a fixação de uma idade mínima (65 anos para homens e 62 anos para mulheres) para a aposentadoria, extinguindo a aposentadoria por tempo de contribuição.

O texto também estabelece o valor da aposentadoria a partir da média de todos os salários (em vez de permitir a exclusão das 20% menores contribuições), eleva alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS (hoje em R$ 5.839,00) e estabelece regras de transição para os trabalhadores em atividade.

A reforma foi aprovada em primeiro turno no início de outubro, com 56 votos favoráveis e 19 contrários — são necessários pelo menos 49 votos para a aprovação de uma PEC. Os senadores derrubaram um dispositivo do texto que veio da Câmara dos Deputados: as novas regras do abono salarial. Como se trata de uma supressão, essa mudança não provocará o retorno da PEC 6/2019 à Câmara.

Destaques

O primeiro destaque, do Pros, se refere à conversão de tempo especial em comum, ao segurado do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) que comprar tempo de serviço por insalubridade. O segundo, do PT, é relacionado à aposentadoria especial para o trabalhador em atividades exercidas com exposição a agentes nocivos químicos, físicos e biológicos. O destaque da Rede trata da idade mínima para fins de aposentadoria especial decorrente de atividade com exposição a agentes.

O PDT apresentou pedido de votação destacada sobre a revogação dos regimes de transição atuais (Com informações da Agência Senado).

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Nilton Ferreira | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 12h30
    1
    0

    povo ainda não percebeu que tudo será pior mais difícil aposentar perda de direitos e por ai vai e quem votou para isso são milionários a senzala vai pegar a todos nós

  • Rico | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 10h33
    0
    0

    Parabenizar os senadores Tarzan Jane e Macaco Tião pela aprovação

  • ROBSON JOSÉ | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 10h25
    3
    2

    Esses já estão aposentados, então fica fácil escravizar os trabalhadores, principalmente os mais pobres. Infelizmente muitos trabalhadores ajudaram a eleger o Bolsonaro, levados pela onda dos grandes meios de comunicação do Brasil, Globo, Record, Band e SBT, agora vão aposentar quando morrer. Os ricos, a elite dominante que dá sustentação a esse governo corrupto com certeza não estão nenhum pouco preocupados, afinal podem pagar previdência privada e se aposentar mais cedo.

  • carlos | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 06h46
    7
    2

    o mito ferrou todos com a ideia do deus da economia. pois o mito nao tem a capacidade de pensar mas manda o deus da economia fazer isso. ferrou.

  • Leo Figueiredo | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 06h23
    3
    6

    Não fizeram mais que a obrigação...

Matéria(s) relacionada(s):

Misael nem espera janela e sai do PSB

misael partido 400 curtinha   Misael Galvão (foto), presidente da Câmara de Cuiabá, nem esperou chegar a janela partidária de março para oficializar a saída do PSB, onde esteve filiado por três anos. Para não colocar o mandato em risco, o parlamentar consultou a Justiça Eleitoral e obteve...

TCE-MT aprova e elogia gestão Binotti

binotti 400 curtinha   O conselheiro interino do TCE, Isaías Lopes, rasgou elogios ao primeiro ano de mandato do prefeito e empresário Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Relator das contas do exercício de 2018 da prefeitura, com aprovação unânime pelo Pleno, Isaías destacou que os resultados...

Primavera fará 4 intervenções na BR

leonardo 400 curtinha   Com recursos próprios, a Prefeitura de Primavera do Leste fará quatro intervenções na BR-070, no perímetro urbano, com readaptação e construção de trevos para ajustar o trânsito a uma nova e moderna realidade do município com quase 100 mil...

Vice do DEM-Cuiabá elogia gestão EP

joao celestino 400 curtinha   O advogado João Celestino (foto), vice-presidente da comissão provisória do DEM de Cuiabá e ligado ao senador Jayme Campos, se mostra simpático à gestão Emanuel Pinheiro, do MDB. Aliás, na segunda, Celestino fez uma visita ao prefeito e elogiou a...

Prefeito Beto faz mistério sobre apoio

beto farias 400 curtinha   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (foto), que está no segundo mandato e com a popularidade em alta, não revela quem apoiará para a disputa à sucessão, nem para aqueles aliados mais próximos. Quando perguntado, o emedebista costuma dizer que não está...

Filho de ex-prefeito, enfim, é cassado

thomaz 400 curtinha   Quase dois anos depois de cassado, enfim, o vereador tucano de Chapada dos Guimarães, Thomas Jefferson Xavier (foto), deixa efetivamente o cargo. O juiz Ramon Fagundes Botelho, da 34ª Zona Eleitoral, determinou, em decisão da última quinta (7), que a presidência da Câmara convoque de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.