Legislativo

Terça-Feira, 16 de Julho de 2019, 11h:14 | Atualizado: 16/07/2019, 11h:29

Polêmica

Servidores vaiam vereadores após corte de prêmio; Abílio é um dos alvos - vídeo

Reprodução

abilio_camara

Abilio Júnior é vaiado por servidores da saúde no saguão da Câmara da Capital nesta 3ª

Servidores da Saúde de Cuiabá lotaram as galerias da Câmara na manhã de hoje (16) para cobrar a retomada do pagamento do Prêmio Saúde, suspenso pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Por diversas vezes, os vereadores que requereram o fim da gratificação foram vaiados. Entre eles, em um dos vídeos gravados no saguão do Legislativo, aparece Abílio Júnior (PSC).

Revoltados, funcionários gritam: "corta a verba dele". Abílio concedia entrevista no rol da entrada na Câmara. A suspensão do pagamento do Prêmio Saúde foi tomada em medida cautelar pelo conselheiro interino, Moisés Maciel.

Durante a sessão de hoje, o vereador Chico 2000 requereu a participação de representantes dos servidores da saúde para se pronunciarem na tribuna livre.

Oziane Rodrigues defendeu que o corte do prêmio prejudicou os servidores. “Nós somos cinco mil servidores, somos mais que cinco vereadores”, reclama.  A tribuna também foi utilizada por Júnior Garcia, vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde. “O prêmio foi garantido por lei, regulamentado por portarias, que nunca teve distinção entre A, B ou C. Agora, um processo ser levado ao TCE de forma equivocada e atingido os cinco mil servidores, foi precipitado. Peço que os vereadores peçam ao Tribunal de Contas para que essa suspensão seja revista”, pediu.

O requerimento foi subscrito, além de Abílio, por Dilemário Alencar (Pros), Marcelo Bussiki (PSB), Diego Guimarães (PP) e Felipe Wellaton (PV) - vereadores de oposição. Dilemário defendeu que a o requerimento para o cancelamento do Prêmio Saúde era direcionado apenas ao secretário interino de Saúde Luiz Antônio Possas de Carvalho, que recebe mensalmente R$ 7 mil como prêmio, enquanto que os servidores da pasta têm direito a valores que variam entre R$ 100 e R$ 300.

“O conselheiro se equivocou. Somos radicalmente contra o corte do prêmio para os servidores que é pago de forma legal. O secretário devolveu mais de R$ 30 mil do prêmio que ele mesmo criou para ele”, disse Dilemário. O parlamentar explica que a prefeitura foi notificada duas vezes e, por não obter respostas, decidiu cortar o prêmio a todos os servidores. 

Abílio justificou que o prêmio não foi suspenso por culpa dos vereadores e sim porque o secretário de Saúde não respondeu o TCE em cinco dias úteis, como estipulado. "Ontem fizemos um pedido ao TCE para restabelecer o benefício aos servidores de bem, e não às pessoas que estão roubando a saúde de Cuiabá", se defendeu. 

A sessão precisou ser interrompida em razão do vereador Abílio ter subido às galerias para, segundo o vereador Marcrean Santos, "insultar os servidores". Após a retomada da sessão, Abílio foi duramente criticado por Renivaldo Nascimento (PSDB), seu habitual adversário, que pediu respeito aos servidores da saúde. As críticas a Abílio também foram feitas por Chico 2000. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.