Legislativo

Quarta-Feira, 27 de Outubro de 2010, 19h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:28

Governo federal

Serys é primeira mulher a presidir Senado e Congresso

   Mesmo tendo perdido a disputa por uma vaga como deputada federal nas eleições deste ano, a senadora Serys Marly (PT) tem a oportunidade de entrar para história do Brasil como a primeira mulher a presidir o Senado e o Congresso Nacional, o terceiro cargo mais importante da República. A petista é uma das 55 mulheres entre os quase 600 deputados e senadores do país.

   Para a cientísta política Graziela Testa, a presença dela é um fator simbólico importante. "Não é que um homem não possa representar os interesses de uma mulher, ele pode, mas nunca vai conseguir representar a perspectiva feminina", explica. o Brasil é o penúltimo colocado no ranking sulamericano de participação feminina na política. Aqui, as mulheres representam apenas 9% dos cargos eletivos, mais que 30% a menos que na Argentina, primeira colocada.

   Serys, que é segunda vice presidente do Senado e do Congresso, assumiu o posto depois que o atual presidente, José Sarney (PMDB), se afastou devido a problemas de saúde, e o vice, Marconi Perillo (PSDB), saiu do cargo para disputar o governo de Goiás. "É uma responsabilidade muito grande e um trabalho sério. Temos que estar muito atentos para as relações políticas, porque elas têm que ser de confronto, mas um confronto com generosidade", conta Serys.

------------------------------------------------------------------
Clique no play e confira a reportagem da TV Centro América

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Antonio Voluntário Nº 76 | Segunda-Feira, 08 de Novembro de 2010, 08h39
    0
    0

    Grande Merda!!!

  • Mr. X | Domingo, 07 de Novembro de 2010, 05h18
    0
    0

    Grandes coisas...

  • JOAO | Sexta-Feira, 05 de Novembro de 2010, 22h37
    0
    0

    E SERYS SLEASSARAKO O POVO NAO E MAIS BESTA, ABRE O OLHO COMPANHEIRA.

  • Leonardo Arrais | Sexta-Feira, 05 de Novembro de 2010, 20h07
    0
    0

    Grande coisa !!! Matéria tosca e sem noção.

  • Marcioney | Sexta-Feira, 05 de Novembro de 2010, 18h30
    0
    0

    Se fosse por eleição tudo bem, mas está na cadeira porque faltaram dois. Além do mais, vai fazer o quê no final do ano? aprovar reajuste para os pilantras? Acho que a era de Serys já passou e ela está tirando uma casquinha da presidência só pra dizer que saiu por cima. Tudo bem o ego já tá massageado. Agora a sacanagem no PT, isso a gente não vai esquecer. FORA SERYS. (FALO SÉRIO)

  • Adair | Quinta-Feira, 04 de Novembro de 2010, 11h25
    0
    0

    Que notícia boa. Fico feliz porque votei nela para deputada. Parabéns Senadora!

  • Maria de Lurde Vasconcelos | Quarta-Feira, 03 de Novembro de 2010, 07h14
    0
    0

    Parabéns Senadora e depois dessa bem que a senhora poderia ser nossa candidata a Prefeita de V. Grande. Maria de Lurde

  • paulo | Terça-Feira, 02 de Novembro de 2010, 17h00
    0
    0

    agora ela pode com calma avaliar a reputação que jogou fora qdo ali pertinho agiu em prol, em defesa, em nome, do Sr Sarney. Chupa essa manga. Integrante da tropa de choque, jogou tudo fora em "nome da governabilidade", ha,ha,ha.

  • liminha | Segunda-Feira, 01 de Novembro de 2010, 11h20
    0
    0

    conversa fiada.E dai, o que ganhamos com isso? nada!

  • araqueto | Domingo, 31 de Outubro de 2010, 17h50
    0
    0

    Mas isso não representa nada a Mato Grosso. Do jeito que o Senado e o Congresso Nacional estão, qualquer mané os preside. O que mudou para o Estado, nada. Isso aconteceu os dois principais caciques do Senado estão um afastado por problema de saúde e o outro para a disputa do segundo turno em Goiás. Por isso, a Serys presidiu o Senado.

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...