Legislativo

Quarta-Feira, 06 de Abril de 2011, 08h:35 | Atualizado: 06/04/2011, 08h:44

Saúde Pública

Vereador diz que Henry não o convenceu sobre gestão de OSS

Lúdio Cabral    O vereador por Cuiabá Lúdio Cabral (PT) disse que participou dos debates realizados na Câmara em relação às ações que o secretário de Saúde Pedro Henry pretende implantar. Segundo Lúdio, o gestor esteve no Palácio Pascoal Moreira Cabral semana passada pleiteando o apoio dos vereadores.

      Apesar de ter convencido boa parte dos parlamentares, como Toninho de Souza (PDT), Lúdio, no entanto, continua fazendo oposição à ideia de Henry e frisa que algumas afirmações do secretário não seriam verdadeiras.

      “Dizer que sai mais barato para o Estado custear despesas de hospitais tercerizados é uma grande mentira. Esse novo modelo custa o mesmo tanto, ou mais, que os hospitais públicos”, combate Lúdio.

     O petista afirma que a diferença entre os dois modelos em questão, é que no público não se fecha as portas para o paciente, já no privado existe um número de atendimentos e, caso mais pessoas precisem ser atendidas, eles teriam a autonomia de rejeitar a demanda. Lúdio ainda alfineta Henry e diz que o secretário tem uma parcela de culpa no quadro de Saúde do Estado.

      “Ele (Henry) é quem indica, há mais de 10 anos, o diretor do Hospital Regional de Cáceres. E é essa ingerência que vem causando todo esse caos. É necessário que haja um auditoria, para saber se gasta mais do que deve e porque tem gastado tanto. Não adianta querer mudar tudo sem prestar contas à sociedade”, diz o vereador.

     Em relação às recentes declarações do vereador Toninho de Souza, que afirmou acreditar que grande parte dos servidores tem rejeitado a proposta do secretário por temerem colocar a “mão na massa”, Lúdio é categórico ao reprovar as afirmações dos colegas. “Culpar o trabalhador é um grande equívoco. Na gestão pública há necessidade de se valorizar os serviços. O fato é que não investem em melhores salários, nem em condições de trabalho. Agora, querem mudar as coisas culpando o servidor público?”, rebate.

     O fato, é que Henry vem fazendo uma verdadeira peregrinação em busca de apoio político para implantar a tercerização nos hospitais públicos, por meio das Organizações Sociais de Saúde (OSS). Nesta segunda (4), esteve na Câmara de Várzea Grande e conseguiu convencer a bancada a apoiá-lo. Inclusive o prefeito João Madureira (PSC) teria elogiado o secretário e declarado total apoio à tercerização do Hospital Regional do município.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Manoel | Sexta-Feira, 08 de Abril de 2011, 16h31
    0
    0

    Estive presente naquela sessão e achei muito pertinente a pergunta do Ver Rusivel, ele perguntou ao Secretário PH se era possível melhorar saúde pública desviando dinheiro público (o próprio secretário tem denunciado superfaturamento de remédios). Está correto o vereador, se o secretário está achando que só a mudança de gestão resolve, está totalmente enganado.

  • edson | Quarta-Feira, 06 de Abril de 2011, 18h25
    0
    0

    Mostra-se sereno e inteligente o vereador. Honra os votos que recebeu.

  • Toni Cesar | Quarta-Feira, 06 de Abril de 2011, 15h23
    0
    0

    Interessante o comentário do vereador Ludio sobre a indicação de nomes pra comandar o Hospital de Cáceres. Diz ele que faz 10 anos que o Henry indica, ele deve estar sentado ao lado do deputado quando este faz então as tais indicações. Brincadeira, seo Ludio.

  • Isa Pimpão | Quarta-Feira, 06 de Abril de 2011, 13h23
    0
    0

    Honestamente, abster-se da prestação de um serviço que é garantido por constituinte a todo cidadão é de sentir vergonha. É assim que se governa? Passando responsabilidade pra frente? Faço minhas, mais uma vez, as palavras do vereador Lúdio Cabral. É confortante saber que ainda há alguém pensando no meio desse circo chamado saúde pública!

  • Maria Aparecida de Amorim Fernandes | Quarta-Feira, 06 de Abril de 2011, 12h51
    0
    0

    Nós trabalhadores do SUS entendemos o que é a necessidade dos usuários e temos lutado muito por todos. Dr. Ludio é um exemplo de trabalhador comprometido. Acredito que se ele entrou na política foi para defender a todos. A questão das OS é muito mais profunda, diz respeito à politica de gestão e a compromissos que o governo tem com a saúde . Por que será que ainda não regulamentaram a EC29? Acho uma boa oportunidade de pensarmos no SUS, pois todos nós usamos o SUS.

  • Professor Walbar | Quarta-Feira, 06 de Abril de 2011, 12h01
    0
    0

    Tem um antigo filósofo grego (Alcebiádes) que dizia: " A quantidade de leis é a prova de um mau Governo e da decadência de uma nação, pois são os mais hábitos e costumes que colocam os homens na condição de fazer leis". Caso isso venha a se concretizar em Mato Grosso, o velho Alcebiades estava certo.

  • MARILIA | Quarta-Feira, 06 de Abril de 2011, 11h57
    0
    0

    EITA QUE SE TODO MUNDO TIVESSE A CORAGEM QUE ESSE VEREADOR TEM, CUIABÁ ESTARIA BEM DIFERENTE EU APOSTAVA NO WS NO COMEÇO ATÉ Q FOI BOM MAS SE ENROLOU ACHO Q COM CONCHAVOS, ELES NAO GOSTAM DE QUEM NAO DIZ AMÉM PRA ELES AGORA ESTA ESSE VEREADOR ENFRENTANDO A GRANDE OU OS GRANDOES CUIDADO VEREADOR NÓS PRECISAMOS DE GENTE ASSIM E O POVO ESTA VENDO E SE ALERTANDO PODE TER CERTEZA COMEÇO A TER ESPERANÇA DE QUE A MUDANÇA ACONTEÇA CONTE COM A GENTE, MAS FICA DE AOLHO BEM ABERTO

  • Olavio José Carvalho Pedrozo | Quarta-Feira, 06 de Abril de 2011, 09h43
    0
    0

    Esse é o País que a gente ama!... Ninguém tá nem aí com a real situação do próximo. O governo deve ser mais responsável e tomar atitudes em relação ao que é melhor para agilizar os problemas de saúde pública. !º Coibir a corrupção - 2º Não usar da miséria, ou seja, abusar daqueles que estão sofrendo por falta de compreênsão- 3º Quem não tem rabo preso não manda recado, age o mais rápido possível, pois enquanto a saúde está sendo leiloada por alguns ignorantes, o povo está morrendo - 4º O secretário de saúde começou bem, mas acredito que já está perdendo a credibilidade, ou seja, não sabe o que quer, pois se tivesse confiança onde se pretende chegar, não ficaria ouvindo certos politiqueiros demagogos. Não entendo, no Brasil tem dinheiro pra tudo, mas quando se fala em saúde, educação, moradia ... a conversa muda. A verdade é que quem mais depende destes serviços são as pessoas menos exclarecidas e de baixa renda e infelizmente a maioria delas vendem seus votos, por isso, vocês já sabem um dos porquês de não se ter dinheiro e nem muita preocupação com esses itens... A corrupção é uma praga a ser combatida, contudo, o maior corrupto acaba sendo o eleitor que vende seu voto, depois padece por não ser atendido pelo poder público... Ninguém tem o direito de brincar com necesidade do próximo, portanto, imagino que esta polêmica sobre o sistema de saúde já passou de politicagem, já está se tornando palhaçada...

  • Claudio Jorge | Quarta-Feira, 06 de Abril de 2011, 09h37
    0
    0

    Caro vereador, o senhor é médico e com certeza não é a favor das Oss's. Agora, quais e quantos vínculos empregatícios o senhor tem... O senhor cumpre a jornada de médico na integra... Não estou dizendo que não, estou apenas indagando, pois se o senhor cumpre certinho a sua obrigação não tem porque temer testar um novo modelo de gestão em detrimento de outros modelos que até hoje não deram certo... Mais uma, sempre votei em outros candidatos a vereador e na ultima eleição mudei meu voto na tentativa de dá-lo a quem realmente me representasse enquanto cidadão, logo dei um voto de confiança no senhor... Agora vejo que com essa opinião não estou sendo representado, votei no representante da classe médica e não no representante do usuário do SUS. Essa serve pra refletir né vereador...

  • Gilmar | Quarta-Feira, 06 de Abril de 2011, 09h33
    0
    0

    Vereador Lúdio, obrigado por defender o interesse da população e não de meia dúzia. Saúde é um dever do Estado e um direito do cidadão. Estão querendo outras coisas com a Saúde do Estado. O Povo precisa ficar mas atento quanto a isso. Essa má gestão não é de hoje...!

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.