Legislativo

Quinta-Feira, 13 de Junho de 2019, 15h:01 | Atualizado: 13/06/2019, 16h:00

MODAL TRAVADO

Vereador vê “situação vergonhosa” e faz convocação para examinar obras do VLT

Nemias Coelho

Misael Galv�o

Presidente da Câmara Municipal Misael Galvão, em evento no seu gabinete, em Cuiabá

O presidente da Câmara de Cuiabá Misael Galvão (PSB) convocou os vereadores para uma inspeção nos principais pontos da obra do VLT, que esta paralisada desde 2014.  Além disso, serão inspecionados os vagões e trilhos que ainda não foram utilizados.

Segundo Misael, a intenção é de se inteirar sobre a situação do modal que está parado há muito tempo. Para tanto, o parlamentar ainda convidou os vereadores de Várzea Grande, os deputados estaduais, federais e senadores bem como membros do Tribunal de Contas e Ministério Público para participarem da “vistoria”.

Para Misael, é uma “vergonha” uma obra ter consumido mais de R$ 1 bilhão dos cofres públicos e não ter sido concluída. “Vergonha! Só posso usar essa palavra para definir a situação de indefinição do VLT. A obra, que prometia revolucionar o transporte público, já consumiu R$ 1,066  bilhão dos cofres públicos e está parada desde dezembro de 2014. Veja bem: parada há mais de quatro anos”, enfatizou.

O vereador ainda lembra que os vagões adquiridos correm risco de não poder ser utilizado tendo em vista a degradação devido à exposição ao sol e chuva. “A situação também não é diferente nos locais onde a obra avançou, e existe trilhos. Ferros enferrujados, postes, tubos e pré-moldados de concreto atrapalham a circulação de pedestres, que se arriscam em meio às instalações inacabadas. Corremos o risco de perder tudo e até o momento não há uma definição do Governo quanto ao assunto”.

Diante disso, Misael sugere ainda que, após as visitas, os parlamentares se reúnam com o governador Mauro Mendes (DEM) para cobrar um posicionamento.

Rescisão contratual

No último dia 6 de junho, por maioria, a Turma de Câmaras Cíveis Reunidas de Direito Público Coletivo do Tribunal de Justiça decidiu pela manutenção da rescisão do contrato entre o Estado e o Consórcio VLT. Por meio de nota, o Executivo prometeu anunciar os próximos passos no prazo de 30 dias. Já a empresa responsável afirma que continua trabalhando para viabilizar o Projeto VLT Cuiabá-Várzea Grande (Com Assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • alex r | Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 13h19
    2
    0

    Só há uma única forma consistindo em 2 passos: 1- entregar para empresa privada em parceria com o Estado por 20-30 anos, 2- os senhores políticos deixarem o ego de lado e trabalharem pela sociedade!

  • Luciano | Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 11h23
    0
    1

    Inspeção??? Essa é a obra mais inspecionada da história!!! Emanuel Pinheiro enquanto deputado a única coisa que fez foi inspecionar essa obra, o que precisa ser feito é a troca de modal, afinal quem bancará esse imenso elefante branco?

  • VICENTE VUOLO | Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 07h13
    2
    1

    Parabéns Vereador Misael por defender a nossa terra contra o mau uso do dinheiro público. O VLT é a solução para a mobilidade urbana. Forte abraço!

  • Janilda | Quinta-Feira, 13 de Junho de 2019, 16h01
    5
    0

    Socorro senhores políticos! Precisamos da SOLUÇÃO para o problema. Chega de marketing em cima disso!

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.