Legislativo

Quinta-Feira, 11 de Março de 2010, 15h:42 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

CÂMARA DE CUIABÁ

Vereadores querem alterar data de sessões no período eleitoral

   Em clima eleitoral, os vereadores de Cuiabá já estudam mudar o dia em que as sessões ordinárias vão acontecer durante o período eleitoral - de junho a outubro. Assim, pretendem facilitar a vida dos pré-candidatos a uma das 24 vagas da Assembleia. Eles terão mais tempo para atuar nas bases em busca de votos.

   Atualmente, os trabalhos acontecem às terças e quintas, mas a Mesa Diretora estuda transferir as sessões para às terças e quartas ou às quartas e quintas. “Fui procurado por alguns vereadores para verificar a possibilidade na alteração. Vamos debater o assunto e pode ser que a mudança aconteça”, confirmou o presidente da Câmara, Deucimar Silva (PP).

   Entre os vereadores tidos como pré-candidatos à AL estão o próprio Deucimar, Leve Levi e Everton Pop, os três do PP, do Domingos Sávio (PMDB), Francisco Vuolo (PR), Lúdio Cabral (PT), Washington Barbosa (PRB), Paulo Borges (PSDB) e Toninho de Souza (PDT). Todos articulam nos bastidores para viabilizar as candidaturas. Eles não têm nada a perder além de dinheiro já que não precisam renunciar ao cargo de vereador para concorrer ao pleito.

   A tendência é que até junho, período das convenções partidárias, ao menos três deles desistam. “Hoje o PP tem 52 pré-candidatos e a chapa permite apenas 36. Muita gente ainda vai desistir. Não sei se até o final os três vereadores do PP sustentarão a pré-candidatura”, ponderou Deucimar. Segundo a legislação eleitoral, o partido que decidir lançar chapa pura à AL pode ter até 36 candidatos, em caso de coligação com outra sigla este número sobre para 48.

   Para promover a data das sessões, é necessário aprovar em plenário um projeto de resolução, que deve ser debatido antes pelos parlamentares. Entre os que já se manifestam contrários à alteração está Everton Pop. Além de não aprovar a mudança, o vereador disse que pretende reapresentar o projeto de lei que amplia de dois para três o número de sessões no Legislativo cuiabano. “O único lugar onde se produz é aqui no plenário, por isso defendo que tenhamos mais uma sessão”, argumenta o parlamentar.  A ideia de mais uma sessão agrada também o republicano Francisco Vuolo, mas ele pondera que ainda vai analisa a proposta referente ao período eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.