Legislativo

Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2014, 11h:38 | Atualizado: 18/01/2014, 18h:12

Vereadores vão enviar documento a Silval para tentar evitar pedágio

A população também deve se manifestar contra a cobrança iminente em protesto que vai acontecer no sábado a noite, na praça da cidade

Facebook

foto pedágio.jpg

 

Os vereadores por Chapada dos Guimarães devem encaminhar, nos próximos dias, um documento ao governador Silval Barbosa (PMDB) para que não realize a concessão da Rodovia MT-251. A tentativa, de acordo com a vice-presidente da Câmara, Cacilda Siqueira, a professora Cidu, é sensibilizar o peemedebista.

 A parlamentar questiona o fato de a população ser pouco ouvida pelas autoridades estaduais. “O governo tem que ouvir a população chapadense e respeitá-la. Não temos que engolir o pedágio goela abaixo”, disparou a parlamentar. Ela ressalta que a maioria dos vereadores tem acompanhado as audiências públicas. Na quarta (15) foi realizada uma em Campo Verde.

 Os parlamentares estão em recesso e só voltam às atividades dem 03 de fevereiro. Mas a vereadora garante que já solicitou à secretaria estadual de Transporte e Pavimentação Urbana (Setup) as atas das audiências públicas, que ajudarão na elaboração do documento.

Além disso, no próximo sábado (18), também deve haver manifestação da população, na praça da cidade, às 19h. O evento foi marcado pelo Facebook, intitulado “Reunião acorda Chapada. Pedágio não”. Foram convidadas mais de 6 mil pessoas, até o momento 200 delas confirmam. Além do evento no Facebook, também há uma Fan Page com o nome Pedágio Não. Quase quatro mil pessoas (até a publicação desta reportagem) curtiram a página.

O trecho que será privatizado prevê a instalação de quatro praças de pedágio ao longo dos 148,2 km que ligam os municípios de Cuiabá, Chapada dos Guimarães e Campo Verde. Para esse trajeto o motorista teria que desembolsar nos finais de semana R$ 24,65. “Esse valor no bolso do governador não faz diferença, mas no da população faz”, enfatizou a professora.

Caso a concessão aconteça, uma das sugestões da vereadora, para que os habitantes de Chapada não fiquem no prejuízo, é a isenção ou taxas diferenciadas. “Principalmente para os estudantes. O governador tem que lembrar que nem universidade em Chapada há”, alfinetou.

A Setup tem apresentado nas audiências públicas estudos de viabilidade técnica, econômica, financeira, social e operacional dos pedágios. Conforme o estudo, a primeira praça (P1) será implantada no Km 6,5, próximo à Fundação Bradesco. A quarta (P4) no Km 59, após Chapada dos Guimarães, denominada rodovia Antônio Clarismundo Scheffer, no sentido Campo Verde. A tarifa será de R$ 4,10 proporcional à extensão percorrida onde obtém uma média por quilômetro de R$ 0,25. 

Já entre os km 16 e 61, onde se caracteriza a Estrada Parque por estar dentro do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, serão implantadas duas praças de pedágios (P2 e P3). A segunda praça (P2) ficará no Km 26 após o trevo de acesso ao Manso e a terceira (P3) antes do perímetro urbano de Chapada dos Guimarães no Km 51.

Concessão da MT-251 em fase final

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • oliveira | Domingo, 19 de Janeiro de 2014, 12h51
    2
    0

    O Município de Chapada dos Guimarães vive um dos seus maiores dilemas de abandona e descaso por parte das autoridades e agora inventam o pedágio para acabar de vez com a cidade. Se isso vier a ocorrer haverá uma crescente na venda de imóveis pois, o lazer de final de semana será totalmente inviabilizado. Outro grave problema são os Chapadenses que trabalham na capital. Pergunto: o pagamento do pedágio será apenas para alguns?...

  • JOSÉ | Sábado, 18 de Janeiro de 2014, 17h09
    2
    0

    ESSE É O PREÇO QUE SE PAGA PELAS URNAS DE 2010. AQUELAS URNAS OS ELEGERAM PARA FAZER TUDO ISSO E OUTRAS COISINHAS DIGAMOS NADA REPUBLICANO. "E AGORA NÃO ADIANTA CHORAR" " O TEMPO PASSA"!

  • jamil | Sábado, 18 de Janeiro de 2014, 14h55
    1
    0

    E.brincadeira.esse.governador. de.mentiras inciou se com Magi comprando e fechando.hospitais na capital escândalo dos máquina rios ninguém fala nada.obras in acabas e pagas sem nenhuma fiscalização so corrupção acesso a.asefaz despraiado zero prainha e tudo fruto de incompetência agora essa de pedagio ai e brincadeira ve se nas praia tem.pedagio e porque esse povo da.bo tina nao sai da so.quer safadeza e acabar co mt

  • Nilson Fernando Gomes Bezerra | Sábado, 18 de Janeiro de 2014, 11h22
    3
    0

    Ao invés de duplicar a rodovia Cuiabá-Chapada, que tem um custo financeiro e ambiental muito alto, deveriam apenas recuperar o pavimento e criar a terceira pista (para ultrapassagens) em alguns pontos e, dessa forma, evitar o pedágio, pois a manutenção da pista deve ser custeado pelo FETHAB. Uma eventual cobrança de pedágio deveria ocorrer para ter acesso às belezas naturais e os recursos arrecadados serem investidos integralmente na infraestrutura de turismo e manutenção de nossas belezas naturais, sendo que os veículos com placa de Chapada dos Guimarães não pagariam o pedágio. Adicionalmente, essa medida ainda estimularia o emplacamento de veículos no município, aumentando a arrecadação.

  • WELLINGTON RIBEIRO | Sábado, 18 de Janeiro de 2014, 10h25
    2
    1

    Moro em Chapada desde 1984 vou à Cuiabá toda semana ... NUNCA PRECISOU E NEM PRECISARÁ DE PEDÁGIO NESTA RODOVIA ... quase não tem movimento ... turismo sem investimento ... pontos turísticos abandonados ... pra onde está indo a arrecadação do FETHAB ? trabalhei no INDEA de Chapada e de cada 20 cabeças de boi para o abate ( 01 ) é para pagar o FETHAB ! além do imposto do INDEA , etc. DIGA NÃO AO PEDÁGIO !!!

  • Antonio Cavalcante Filho | Sábado, 18 de Janeiro de 2014, 08h07
    3
    0

    NÃO EXISTE PEDÁGIO JUSTO! O PEDÁGIO É UM ROUBO! ROUBAM TUDO,....PARA QUE SE PAGAM IMPOSTOS????,.....PEDÁGIO SÃO RENDAS PARA ALTOS CHULOS, PARASITAS,..VAMPIROS E LADRÕES,.....

  • Zé Paulo | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2014, 19h07
    2
    0

    Vamos detonar o GOVERNADOR e os DEPUTADOS proprietarios das concessões. NÃO VOTEM. Nem neles nem em candidatos do seus partidos!!!

  • Marco | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2014, 18h13
    2
    0

    Adivinhe quem será o dono destes pedagio?

  • Fabricio!! | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2014, 15h34
    4
    1

    Ta ai..na eleição pro Governo avisei....chupa agora quem votou nele!!! Parabéns!!! Ah, sim e não esqueçam em Outubro e votem também na chapa que o partido do governador estiver. E ainda, elejam novamente esses deputados que ai estão. Afinal pagar mais imposto, ver as obras como estão, a cidade um caos, é normal, faz parte da vida de ser daqui, "é bem Mato Groso!!!". Esse Galerinha ai do Rolezim deveria fazer é um Rolezim com faixas lá no Palacio do Governo...

  • Juliano Neves Gomes da Siva | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2014, 14h58
    3
    1

    Vamos propor então a este ditador matogrossense que em troca deixamos de pagar o IPVA e Licenciamento, pois desembolsamos todos os anos milhões e milhões em IPVA e Licenciamentos e recebemos como contrapartida as piores estradas para nos locomovermos por este estado.

Matéria(s) relacionada(s):

Câmara cassará 3º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o terceiro vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.