Legislativo

Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 19h:55 | Atualizado: 11/12/2019, 20h:01

PROMESSA

Wellington e Jayme querem reunião com Guedes para cobrar pagamento do FEX

Roque de Sá

Jayme Campos e Wellington Fagundes

Senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes durante sessão no plenário do Senado

Os senadores Wellington Fagundes (PL) e Jayme Campos (DEM), pressionaram o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), para marcar uma reunião com o ministro da Economia Paulo Guedes. Os parlamentares querem cobrar o pagamento do FEX de 2018 e 2019. Em reunião realizada em agosto, o ministro prometeu repassar uma parcela da compensação financeira aos Estados e municípios ainda este ano.

Desde então, Guedes não tocou mais no assunto publicamente, enquanto que o governador Mauro Mendes (DEM) conta com o valor de R$ 400 milhões para auxiliar no fechamento das despesas deste exercício, entre as mais preocupantes o 13º salário, que soma R$ 560 milhões, e que o democrata já prometeu pagar em 20 deste mês.

“Mato Grosso depende visceralmente destes recursos para fechar sua folha de pagamento, do 13º dos funcionários e dos terceirizados, além de ser muito importante para nossos 141 municípios. Apelo aos demais senadores que também entrem nesta pauta e defendam a liberação do FEX. Peço especialmente ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, para que ligue para o ministro Paulo Guedes cobrando essa transferência”, ressalta Jayme.

O senador pontuou ainda está preocupado, porque 2019 já está chegando ao fim, e o Governo Federal não sinalizou quando o recurso vai chegar. “O ministro Paulo Guedes assumiu este compromisso diante de vários senadores e eu não quero passar por mentiroso, pois garanti ao governador Mauro Mendes e para todos os prefeitos e autoridades que me procuram em diversas cidades do meu Estado dizendo que estes recursos cairiam na conta. Seria o fim do mundo um ministro assumir um compromisso e não cumprir”, destacou.

Wellington também pressionou Alcolumbre para pedir a reunião. “O acordo foi firmado em seu gabinete e foi feito o compromisso. Agora, queremos cobrar os valores que haviam sido definidos já que os Estados estão cumprindo com a sua parte”.

Considerando os valores não repassados desde o ano passado, Mato Grosso tem direito a R$ 800 milhões e os municípios R$ 200 milhões, referentes ao FEX, que é a compensação financeira por conta da desoneração das commodities em razão da Lei Kandir.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Jayme afirma ter 4 opções para VG

jayme campos 400 curtinha   Em meio ao debate otimista sobre pré-candidaturas do DEM nas cidades pólos, em reunião nesta segunda, no Palácio Paiaguás, Jayme Campos (foto) comentou que, em Várzea Grande, onde sua esposa Lucimar está concluindo o segundo mandato, há quatro nomes sob...

DEM agora tem 5 querendo prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   Com o peso de quem comanda hoje em Mato Grosso os dois Poderes políticos, o Executivo e o Legislativo, com Mauro e Botelho, respectivamente, o DEM aposta na conquista não só da Prefeitura da Capital, mas também das outras nove maiores. Dirigentes do partido fizeram espécie de...

Presidente ora por harmonia no TCE

maluf 400 curtinha   Num Tribunal de Contas sob tensão, nada mais aconselhável do que um culto ecumênico para servidores e conselheiros, com participação de padre e pastor, em defesa da harmonia, união e amor no ambiente de trabalho. A ideia partiu do novo presidente Guilherme Maluf (foto), que reuniu...

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.