Legislativo

Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 21h:29 | Atualizado: 11/09/2019, 13h:08

ESFORÇO CONCENTRADO

Xuxu falta sessão e Botelho desconta no salário e na verba indenizatória - confira

Maurício Barbant

Botelho AL

Presidente da Assembleia Eduardo Botelho, rodeado pelos consultores legislativos, comanda o esforço concentrado

O deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC), que não atendeu a convocação   para participar do “esforço concentrado” com o objetivo de limpar  a pauta com a votação de 53 projetos de lei nesta semana, será o primeiro parlamentar com os vencimentos descontados por motivo de falta não justificada. O anúncio foi feito pelo presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM) na sessão ordinária desta terça (10) que apreciou 18 matérias.

Com a falta referente a uma sessão, Xuxu terá R$ 830 descontados do salário de R$ 25 mil. Além disso, Botelho afirmou que fará o desconto proporcional na verba indenizatória de R$ 65 mil.

Os outros 23 deputados estaduais registraram presença no painel eletrônico. Entretanto, Sílvio Fávero (PSL) não foi visto na sessão que durou cerca de duas horas e meia.

Projetos

Entre apreciadas, foram rejeitadas dois Projetos de Leis Complementares (PLCs). O primeiro, de autoria de Lúdio Cabral (PT), revogava a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) Estadual, que faz parte do Pacote de Ajuste Fiscal aprovado na convocação extraordinária de janeiro. O outro, apresentado por Paulo Araújo,  vedava contratos na saúde com as chamadas organizações sociais (OSs).

Em primeira votação, os parlamentares aprovaram PLC de autoria de Ulysses Moraes (DC) que altera a Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado (TCE), permitindo que todos os deputados estaduais façam consultas. Atualmente, a prerrogativa é somente do presidente da Assembleia, chefes de Poderes, secretários de Estado, chefes de autarquias, fundações e empresas de economia mista.

Após o encerramento da sessão, Botelho anunciou que o “esforço concentrado”, que tem objetivo de limpar a pauta para votação das leis orçamentárias do Estado e da Lei da Cota Zero que propõe a moratória da pesca por cinco anos nos rios de Mato Grosso, terá continuidade nesta quarta (11). Para isso, a sessão matutina será interrompida por volta do meio-dia e retomada no início da tarde.

Quero que a matéria para punir os faltos seja encaminhada para as comissões e votada em plenário. A aprovação ou não depende da consciência dos deputados

Deputado Oscar Bezerra

“Vamos tocar os trabalhos até vencer a pauta de votações. Se for preciso, vamos almoçar aqui na Assembleia e dar continuidade a sessão, mas a limpeza de pauta será concluída”, afirmou Botelho.

Faltosos

O deputado estadual Oscar Bezerra (PV), que permanece na Assembleia por quatro meses na vaga do licenciado Faissal (PV), aproveitou a oportunidade para pedir à Mesa Diretora a retomada da tramitação do projeto de resolução da sua autoria que pune os faltosos com o desconto salarial de 130 (um trinta avos) por sessão que o parlamentar não comparecer sem apresentação de justificativa. Além do desconto salarial, o projeto de resolução também estabelece que a lista de presença seja publicada no site da Assembleia (www.almt.gov.br). O procedimento para coibir as faltas dos parlamentares já foi implantado no Congresso Nacional. 

“Quero que a matéria para punir os faltos seja encaminhada para as comissões e votada em plenário. A aprovação ou não depende da consciência dos deputados”, concluiu.

Outro Lado

Pela assessoria, Xuxu afirma que a ausência na sessão desta terça foi justificada inclusive com a justificativa lida no expediente. Por isso, promete esclarecer a situação já na sessão desta quarta.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Luciano | Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, 09h26
    1
    0

    Esse picolé de Xuxu acha que é deputado federal...

  • paulo roberto | Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 22h22
    3
    0

    Será que esses descontos não só para inglês ver.......Eu duvido que será descontados alguma coisa.....

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

Suposta delação tira sono de Alencar

alencar soares 400 curtinha   A notícia de que o STJ já teria homolagada delação de Sérgio Ricardo caiu como uma bomba. Mesmo depois do ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE vir a público desmenti-la, assegurando não ter motivos para fazer tal colaboração premiada, os efeitos...

SD também deseja Taques ao Senado

pedro taques 400 curtinha   Empolgado com resultado de uma pesquisa interna, na qual estaria bem pontuado, aparecendo entre os preferidos ao Senado, mesmo após deixar o cargo de governador bastante desgastado, Pedro Taques (foto) passou a flertar não só com o Cidadania, conduzido no Estado pelo seu ex-secretário Marco...

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.