Legislativo

Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 14h:09 | Atualizado: 07/04/2020, 16h:30

Xuxu não aguenta pressão e tira indicação por corte de 50% do salário dos servidores

O deputado Xuxu Dal Molin (PSC), que apontou o corte de 20% até 50% dos salários dos servidores públicos como fonte de recursos para o combate aos reflexos do coronavírus, não suportou a pressão das redes sociais e retirou a indicação feita ao Executivo para que fizesse o estudo técnico sobre a viabilidade da medida. O recuo foi anunciado na manhã desta terça (7).

“Mesmo sendo uma apenas uma indicação para a realização de um estudo técnico, visando um planejamento para proteger os servidores públicos, o deputado informa que já solicitou a retirada dessa indicação”, diz trecho de nota.

Fablicio Rodrigues

Xuxu Dal Molin

Deputado Xuxu Dalmolin alega estar preocupado com o possível atraso no pagamento dos salários e até demissão dos servidores públicos de Mato Grosso

Embora o corte de até 50% dos salários dos servidores de todos os Poderes e órgãos constitucionais tenha sido sugerido, Xuxu preferiu não sustentar o que falou em sessão da Assembleia realizada nesta segunda (6). Em nota, justificou que sua indicação ao Executivo foi usada “fora de contexto e totalmente desvirtuada”.

“Não podemos ter ações isoladas. Não adianta ações pontuais. Vamos fazer no macro. Diminuir salários de 20%a 50% de todos dos servidores públicos para garantir um grande volume de recursos contra a Covid-19”, defendeu Xuxu ontem, dizendo que o corte tem que ser geral e não apenas dos 6 mil professores interinos.

Na nota, ele alega que, como existem várias proposituras no Congresso Nacional que podem acarretar na diminuição de salário de servidores, ficou extremamente preocupado com essas medidas e também com a  demissão dos professores interinos e possíveis atrasos salariais.

Segundo Xuxu, o objetivo da indicação é a realização de  estudo técnico que iria analisar possíveis cenários de diminuição de salários a fim de obter projeções de arrecadação contra os reflexos da pandemia. A ideia, sustenta o parlamentar, é evitar o atraso de salários e, principalmente, demissões.

Xuxu também reforça que há muito tempo cobra dos Poderes uma gestão mais enxuta, valorizando os servidores que entregam os serviços à população. Garante ser  totalmente contra cortes e atrasos salariais dos mesmos, especialmente aos das pastas da Saúde e Segurança Pública que estão à frente no combate do Covid-19.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Realista | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 08h58
    2
    0

    Interessante que tipos como esse deputado, odeiam o estado e sua engrenagem, mas vivem se servindo dele, inclusive como parlamentar, que é uma categoria de servidor público super privilegiado. Será que os empregados e serviçais dele tem plano de saúde particular, tem seus filhos estudando na rede privada de ensino, entre outras coisas necessárias a vida em sociedade? Vai ser hipócrita lá nos quintos dos infernos!

  • Eleitor | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 20h03
    7
    1

    Deputado o que vale é a intençao e o senhor mostrou ser contra os servidores e pode ter certeza sera deputado ate 31.12.2022 ...Demagogo

  • Márcio | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 18h05
    7
    0

    Esse deputado é um hipócrita. Por que não suspende o pagamento de VI no valor de 65 mil reais e a verba de gabinete, no valor de 85 mil reais.Bata o salário de 25 mil reais, afinal, um deputado não serve pra nada.

  • NOE MONTEIRO DE BARROS | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 18h03
    6
    0

    Esse parlamentar deveria ser submetido a um exame de sanidade mental.

  • João Antônio | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 17h59
    7
    1

    Reafirmo xixi da Molin vc calado eh um poeta...

  • Robson Souza | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 16h26
    32
    0

    Como comentei no comentário da matéria de ontem, fica a certeza que os Parlamentares de Mato Grosso precisam receberem capacitação dos seus deveres e limites de atuação. Se isso ocorrer o nobre parlamentar não passaria por esta vergonha.

  • Tiago Chagas | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 15h38
    2
    0

    Tiago Chagas, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maria | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 15h37
    35
    0

    Por que não apresenta projeto pra diminuir os salários dos deputados e da verba indenizatória?

  • Dom Quixote de La Mancha | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 15h29
    38
    1

    Deputado sem vergonha, respeite o servidor público que trabalha diuturnamente para bancar seu luxo e de seus pares.

  • Adaildon E M Costa | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 15h07
    36
    1

    Irresponsável !!!

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

Um mês no Senado e com um projeto

carlos favaro 400 curtinha   Em um mês como senador, Carlos Fávaro (foto), oficialmente com 12 assessores, por enquanto, fez dois pronunciamentos da tribuna, não atua na relatoria de nenhuma propositura e apresentou um projeto, justamente o que pede socorro financeiro a um dos setores do agronegócio, o algodoeiro. Na...

Desagregador luta pra retornar à Ager

fabio calmon 400   Fábio Calmon (foto), que foi adjunto da Sinfra no Governo Taques e depois nomeado presidente da Ager-MT, não desiste da Agência, mesmo sabendo que ali se tornou uma pessoa non grata por uma série de situações. Foi carimbado de incompetente, burocrata, arrogante e desagregador. O governador...

Oportunismo e na defesa de Bolsonaro

niuan ribeiro curtinha 400   Niuan Ribeiro (foto), presidente do Podemos em MT, agora virou defensor do Governo Bolsonaro. Eis o que o vice-prefeito de Cuiabá escreveu no Instagram, em postagem acompanhada de sua foto, sobre o conteúdo da reunião ministerial de 22 de abril que expôs várias faces do governo. "Apesar...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.