Nacional

Domingo, 08 de Dezembro de 2019, 09h:21 | Atualizado: 08/12/2019, 09h:36

36% reprovam e 30% aprovam o governo Bolsonaro, afirma pesquisa do Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (8) pelo jornal "Folha de S.Paulo" mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL): 

  • Ótimo/bom: 30%
    Regular: 32%
    Ruim/péssimo: 36%
    Não sabe/não respondeu: 1%
  •  
  •         A nota média (de 0 a 10) atribuída pelos entrevistados ao presidente foi 5,1, a mesma de agosto.A  pesquisa foi realizada nos dias 5 e 6 de dezembro com 2.948 pessoas, em 176 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95% – isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro. 
  • Rafaela Felicciano/Metrópoles

    Presidente Jair Bolsonaro

    Jair Bolsonaro assumiu comando do país em janeiro. Instituto também perguntou sobre confiança e expectativa na gestão e sobre a imagem da economia 

  •  

Pesquisas anteriores

Em agosto, julho e em abril, quando foram realizadas as pesquisas anteriores, os índices foram: 

  • Ótimo/bom: 29% em agosto; 33%, em julho; 32%, em abril
    Regular: 30 em agosto; 31%, em julho; 33%, em abril
    Ruim/péssimo: 38% em agosto; 33%, em julho; 30%, em abril
    Não sabe/não respondeu: 2% em agosto; 2%, em julho; 4%, em abril 

Confiança

O instituto perguntou também aos entrevistados se eles confiam no que Bolsonaro diz. 

  • Confiam: 19%
    Confiam às vezes: 37%
    Nunca confiam: 43%
    Não sabe/não respondeu: 1% 

Expectativa

Em relação à expectativa com o futuro do governo, 43% esperam que Bolsonaro faça uma gestão ótima ou boa. Em agosto, eram 45%; em julho, 51%, e em abril, 59%.

Outros 32% acreditam que o presidente fará uma administração ruim ou péssima, contra os mesmos 32% em agosto, 24% em julho, e 23% em abril; 22% agora creem em um desempenho regular. 

Economia

Segundo a pesquisa, 43% dos entrevistados acham a situação econômica do país vai melhorar (eram 40% em agosto); 31% entendem que vai ficar como está (os mesmos 31% de agosto); e 24% responderam que vai piorar (eram 26% em agosto).

De acordo com o Datafolha, 25% aprovam o trabalho da equipe econômica do atual governo.
Sobre a crise econômica que o país atravessa, 5% responderam que já acabou, 37% acham que vai acabar logo e 55% disseram que vai demorar. 

Atuação do presidente

O Datafolha verificou, ainda, se os entrevistados acreditam que o presidente age ou não como deveria. Veja os percentuais:

  • Age como deveria: 14% (eram 15% em agosto, 22% em julho, e 27% em abril)
    Na maioria das ocasiões age como deveria: 28% (eram 27% em agosto, 28% em julho, e 27% em abril)
    Em algumas ocasiões age como deveria: 25% (eram 23% em agosto, 21% em julho, e 20% em abril)
    Em nenhuma ocasião age como deveria: 28% (eram 32% em agosto, 25% em julho e 23% em abril)
  •  
  • Principais problemas do país
     
    Os entrevistados elegeram ainda os principais problemas do país:
     Saúde: 32%
    Educação: 14%
    Segurança: 13%
    Desemprego: 13%
    Corrupção: 8%
    Economia: 8%

O levantamento mostra que, para os entrevistados, a imagem do Brasil no exterior melhorou, segundo 31%, piorou para 39%, e é mesma para 25%. 

Outros presidentes
 
Após um ano de mandato, os percentuais de ruim e péssimo dos últimos presidentes foram os seguintes:
 Fernando Collor (1991): 34%
Fernando Henrique Cardoso (1995): 15%
Luiz Inácio Lula da Silva (2003): 15%
Dilma Rousseff (2011): 6%
 
Após um ano de mandato, os percentuais de aprovação dos últimos presidentes foram os seguintes: 

  • Fernando Henrique Cardoso (1995): 41%
    Luiz Inácio Lula da Silva (2003): 42%
    Dilma Rousseff (2011): 59%

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

O "pai" da destruição de documentos

jose riva 400 curtinha   Na sua delação premiada, o ex-presidente da AL, José Riva (foto), acusa o presidente do TCE, Guilherme Maluf, de ter sumido com provas que incriminavam deputados quanto ao uso de suprimentos de fundos e verba indenizatória. Só que para o MPE, foi o próprio Riva quem organizou um...

DEM dividido e quase no colo de EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   Num almoço na casa do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), nesta quarta, lideranças da alta cúpula do DEM de Cuiabá e Várzea Grande discutiram possível apoio à reeleição do emedebista. Essa aproximação fere de morte o Palácio...

PT, ensaio e chapa branca em Tangará

welton tangar� 400 curtinha   O PT, que já teve os vice-prefeitos José Jaconias e Zé Pequeno, estuda nem disputar a eleição majoritária em Tangará da Serra. Chegou a ensaiar uma pré-candidatura, mas parou no meio do caminho. Internamente, o partido discute lançar o...

Racha no DEM; "pepino" com Fabio

fabio garcia 400 curtinha   O presidente estadual do DEM, ex-deputado Fábio Garcia (foto), não só se encontra numa saia-justa, como tem a árdua missão de atuar como bombeiro para apagar incêndio provocado pelos irmãos Júlio e Jayme Campos, que, sem consultar o partido e nem o governador Mauro...

Álbum de casamento para 300 casais

marcia_curtinha_ok   A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (foto), que desde 2017 lidera alguns projetos sociais de forma voluntária, fez questão de, mesmo com a pandemia da Covid-19, promover, na última segunda, entrega simbólica de álbuns de casamento para 10 casais, que foram escolhidos...

Fora de vez da disputa para senador

cidinho santos 400 curtinha   O empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto), recém-filiado ao DEM, desistiu de vez da ideia de entrar de última hora na corrida ao Senado, na suplementar que será realizada em novembro deste ano. E por algumas razões. Primeira, como sócio do frigorífico União...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.