Nacional

Domingo, 12 de Julho de 2020, 11h:32 | Atualizado: 12/07/2020, 11h:39

Anvisa refaz nota de alerta sobre ivermectina após Bolsonaro citar droga


Metrópoles

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apagou e depois alterou uma nota publicada na última quinta (9) no site da entidade que alertava sobre os riscos de usar a ivermectina no tratamento do coronavírus.

O recuo ocorreu após o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), defender o remédio durante uma transmissão ao vivo.

Reprodução

Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro está com Covid-19 e defendeu o uso da ivermectina para tratar

Na primeira nota, publicada às 18h38 da quinta, a Anvisa ressaltou que não existem estudos conclusivos que comprovem a eficácia do medicamento para a Covid-19, uma vez que é usado no controle de parasitas. “Não há recomendação, no momento, para a utilização em pacientes infectados ou mesmo como forma de prevenção à contaminação”.

Na segunda versão, porém, o texto inclui um novo trecho: “Bem como não existem estudos que refutem esse uso”.

Na primeira versão, a Anvisa esclarecia que foram registrados na base de dados da agência 26 estudos que ocorrem no mundo todo para verificar a eficácia desse tratamento. No Brasil, apenas um está em curso, na Universidade Federal de São Carlos (Ufscar).

“Trata-se de um estudo acadêmico, que não passou pelo procedimento de anuência da Anvisa”, informa, no último parágrafo.

Esse trecho foi excluído da segunda nota. “O uso da medicação para indicações não previstas na bula é de escolha e responsabilidade do médico prescritor”, incluiu.

Transmissão ao vivo

No mesmo dia que a primeira nota foi publicada, em sua tradicional transmissão ao vivo de quinta, Bolsonaro voltou defender o uso da hidroxicloroquina e, como alternativa, a ivermectina e a nitazoxanida (annita) para o tratamento da Covid-19. O chefe do Executivo foi diagnosticado com o vírus na última terça (7), após apresentar sintomas, como febre alta e mal-estar.

“Aqueles que criticam [o uso da cloroquina] pelo menos apresentem uma alternativa: ‘Ó, não dá certo a cloroquina, tem que tomar ivermectina ou então toma annita, que é outro que tá muito comentado por aí que são eficazes no tratamento’. No meu caso, deu certo”, disse o presidente.

A alteração foi feita no dia seguinte e a nova nota foi publicada às 18h22 da sexta (10).

O Metrópoles procurou o órgão para explicar o porquê de ter tirado a nota inicial do ar. Entretanto, até a última atualização desta reportagem, não houve resposta.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Tucano dá título a Bolsonaro em Sinop

dilmair callegaro 400 curtinha   O presidente Jair Bolsonaro, que comanda o país desde janeiro do ano passado, irá receber o título de Cidadão Sinopense, mesmo sem previsão de pisar os pés, por enquanto, ao município considerado Capital do Nortão. A homenagem partiu do vereador do PSDB Dilmair...

Ação pró-Thiago, mas Luizão resiste

carlos bezerra 400   Com uma pesquisa debaixo do braço, cujo resultado traz Thiago Silva na dianteira na corrida à Prefeitura de Rondonópolis, inclusive na frente do prefeito Zé do Pátio (SD), o MDB de Carlos Bezerra (foto) tenta convencer o empresário Luizão (PRB) a recuar para apoiar o...

Padrinho político de Fabio a prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Após se reunir com o governador Mauro Mendes (foto) na sexta (14), o suplente de senador Fabio Garcia, presidente regional do DEM, deve oficializar sua pré-candidatura à Prefeitura de Cuiabá. Fabinho quer discutir com Mauro, que é seu padrinho político, o arco de aliança e...

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

Contrato em VG sob irregularidades

jaqueline jacobsen curtinha 400   O TCE mandou a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, suspender qualquer pagamento à empresa Lidyfarma Comércio de Produtos Farmacêuticos referente a um contrato sem licitação para compra de 50 mil comprimidos de Azitromincina 500 mg para combate ao coronavírus....

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.