Nacional

Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2020, 13h:35 | Atualizado: 16/09/2020, 13h:52

Após vetar Renda Brasil, Jair Bolsonaro libera criação de outro programa social


Metrópoles

Reprodução

Presidente Bolsonaro

Na terça (15/9), o presidente Jair Bolsonaro disse que estava “proibido” se falar em Renda Brasil, que viria a ser um substituto do programa Bolsa Família

O relator do Orçamento da União para 2021 no Congresso Nacional, senador Márcio Bittar (MDB-AC), anunciou nesta quarta-feira (16/9) que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) autorizou a criação de um outro programa social.

Bittar se reuniu com o presidente na manhã desta quarta, no Palácio do Planalto, e conversou com a imprensa sobre a pauta do encontro. Segundo o parlamentar, Bolsonaro “deu sinal verde” para a criação da proposta.

Na terça (15/9), o presidente Jair Bolsonaro disse que estava “proibido” se falar em Renda Brasil, que viria a ser um substituto do Bolsa Família. A reação do presidente se deu após alguns jornais noticiarem que a equipe econômica do governo estudava propor a suspensão do reajuste dos benefícios previdenciários pela inflação por dois anos.

“Tomei café da manhã com o presidente da República. Agora, antes do almoço conversamos mais um pouco, e eu fui solicitar ao presidente se ele me autorizava a colocar dentro do Orçamento a criação de um programa social que possa atender milhões de brasileiros que foram identificados ao longo da pandemia e que estavam fora de qualquer programa assistencial. O presidente me autorizou”, disse Bittar.

De acordo com o relator, o próximo passo é articular a proposta com líderes do governo no Senado e na Câmara dos Deputados, além de elaborar os principais pontos junto à equipe econômica do governo. A ideia, segundo Bittar, é apresentar o relatório com a criação do programa já na próxima semana.

Bittar, no entanto, não disse de onde sairiam os recursos para bancar o novo programa social. “Não adianta agora a gente especular do que que vai tirar, de onde vai cortar. Mas eu estou autorizado pelo presidente, ele me deu sinal verde”, acrescentou.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

MAIS LIDAS