Nacional

Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 15h:06 | Atualizado: 15/04/2019, 15h:10

Assange é acusado de usar embaixada do Equador como centro de espionagem

O presidente do Equador, Lenín Moreno, acusa o cofundador da WikiLeaks, Julian Assange, de tentar criar um “centro de espionagem “ na embaixada do Equador em Londres. Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, Moreno explicou os motivos de expulsão do asilo de Assange, detido no Reino Unido na última quinta-feira (11).

Segundo o presidente equatoriano, Assange violou as condições de asilo e tentou criar um centro de espionagem na embaixada do Equador, país que lhe concedeu asilo político há sete anos.

Segundo o presidente equatoriano, Assange violou as condições de asilo e tentou criar um centro de espionagem na embaixada do Equador, país que lhe concedeu asilo político há sete anos

“Não podemos permitir que a nossa casa, a casa que abriu as suas portas, se torne um centro de espionagem. Essa atividade viola as condições de asilo”, acrescentou o líder equatoriano na entrevista.

Moreno acusa o governo anterior de ter dado condições a Assange para usar a embaixada equatoriana a fim de “interferir em assuntos de outros Estados”.

No entanto, as acusações a Assange, que levaram à revogação do asilo, geraram controvérsia no Equador. Rafael Correa, ex-presidente do país, considera que esse é "um crime que a humanidade jamais esquecerá" e que Lenín Moreno é “o maior traidor da história equatoriana e latino-americana”.

Segundo o jornal britânico, o WikiLeaks estava associado a um site anônimo que publicou informações e fotos particulares de Moreno e sua família, numa alegada campanha para enfraquecer a imagem do atual presidente equatoriano. Moreno negou que as recentes acusações a Julian Assange tenham sido uma represália pela exposição dos referidos documentos pessoais.

Na mesma entrevista, o presidente equatoriano dá como exemplo da interferência de Assange em assuntos internos de outros estados, a publicação dos documentos do Vaticano, em janeiro de 2019. “É lamentável que haja pessoas dedicadas a violar a privacidade das pessoas”, acrescentou.

Assange foi criticado pelo seu comportamento com a equipe diplomática de Londres e hábitos de higiene. “Ele manteve constante comportamento higiénico inadequado ao longo da estadia, o que afetou sua própria saúde e o clima interno da missão diplomática.”, comentou Moreno.

Ao The Guardian, Moreno afirmou que recebeu garantias do Reino Unido de que o cofundador do WikiLeaks não será extraditado para um país em que possa ser sujeito a tortura, maus-tratos ou condenado à pena de morte.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Governo liquida toda folha de março

luciana rosa 190 curtinha tesouro   A secretaria de Fazenda creditou neste sábado o pagamento de março dos servidores ativos e inativos que recebem acima de R$ 7,5 mil para quem tem conta no BB. Já para aqueles com conta em outros bancos, a liberação será na segunda (22). Segundo a...

Delator afirma não ter promissórias

silval barbosa curtinha   As tais notas promissórias que o STF alegou não ter encontrado nos autos do processo, pelo visto, não vão aparecer. O próprio delator, ex-governador Silval Barbosa (foto), que confessou esquemas criminosos dentro de sua gestão, disse que jamais prometeu apresentar esses...

Ex-prefeito de Chapada agora na AL

gilberto mello chapada curtinha   Após duas tentativas frustradas de retorno ao comando da Prefeitura de Chapada, em 2012 e 2016, o ex-prefeito e pecuarista Gilberto Schwartz de Mello (foto) agora atua como assessor-adjunto da Primeira-Secretaria da Assembleia Legislativa. Tem salário de R$ 5,6 mil. Ele arrumou o cargo comissionado...

Projetos irregulares e ressarcimento

leandro carvalho curtinhas   Alguns proponentes da época de Leandro Carvalho (foto) como secretário estadual de Cultura, no Governo Taques, estão sendo obrigados a devolver ao erário o que receberam de ajuda financeira porque simplesmente não prestaram contas. Marcos Aurélio Oliveira da Silva é um...

Servidores do Judiciário ganham RGA

carlos alberto curtinha   Os servidores do Judiciário, sob Carlos Alberto (foto), assim como nos outros anos, receberam a sua Revisão Geral Anual. Neste ano, têm direito a 3,43% a título de reajuste, índice calculado com base na inflação. De um certo modo, trata-se de uma categoria de um Poder...

Presidente vê quebra de paradigma

misael galvao curtinha   Misael Galvão (foto) disse que nestes primeiros 90 dias como presidente da Câmara da Capital tem tomado decisões que representam quebra de paradigma e que terão reflexos positivos junto à população cuiabana daqui a dois meses. Enfatiza a questão da transparência,...

MAIS LIDAS