Nacional

Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 16h:57 | Atualizado: 09/02/2019, 17h:02

Bolsonaro inicia nova dieta e telefona para três ministros

O presidente Jair Bolsonaro iniciou hoje (9) uma dieta cremosa. Segundo o boletim médico divulgado pelo Hospital Albert-Einstein, a mudança na alimentação foi possível por causa da boa aceitação da dieta líquida que vinha sendo administrada. A assessoria da Presidência da República informou que, ao longo do dia, ele comeu um creme de pera e um creme de carne com legumes, ambos batidos no liquidificador, além de um picolé de limão.

Ainda de acordo com a assessoria da Presidência, Bolsonaro telefonou para três ministros: da Economia, Paulo Guedes; da Justiça, Sérgio Moro; e da Cidadania, Osmar Terra. O conteúdo das conversas não foi divulgado. Ele segue na unidade de tratamento semi-intensiva com visitas restritas.

Sobre o estado de saúde do presidente, o boletim acrescenta que Bolsonaro não tem mais febre e apresenta melhora no quadro pulmonar. Na última quinta-feira (7), o presidente teve febre e foi diagnosticado com pneumonia. Bolsonaro continua recebendo alimentação intravenosa e antibióticos. Os períodos de caminhada fora do quarto foram aumentados.

No Twitter

Mais cedo, Bolsonaro divulgou pelas redes sociais uma foto de seu almoço. Na imagem, ele aparece dando uma colherada em um dos cremes e um picolé. Na legenda da imagem, Bolsonaro agradeceu às orações por sua recuperação e ao esforço dos médicos que cuidam de sua saúde. “Quero agradecer de verdade as orações da grande maioria da população brasileira. Se não fosse por isso e pela competência dos envolvidos nas minhas três cirurgias nos últimos cinco meses não estaríamos vivos”, escreveu.

O presidente também usou o Twitter para anunciar o novo presidente do Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra). O órgão será comandado pelo general Jesus Corrêa, que já foi comandante da 11ª Região Militar e de diretor de Controle de Efetivos e Movimentações do Exército.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Cotia também quer disputar Cáceres

cotia curtinha   Surge mais um pré-candidato a prefeito de Cáceres, além dos três aliados do prefeito Francis Maris e de outros cinco pretendentes pela oposição. Trata-se de Renancildo Soares França, o Cotia (foto), filiado ao PSD. Ex-assessor do ex-federal Pedro Henry, do ex-vice-governador...

5 ensaiam em Cáceres pela oposição

tulio fontes curtinha   Enquanto três tucanos da base do prefeito Francis vivem expectativa por candidatura pelo palanque situacionista em Cáceres, grupos de oposição se movimentam para lançar nomes competitivos. O advogado e ex-prefeito por dois mandatos Túlio Fontes (foto), do PV, demonstra certo...

Base de Francis, Júnior e divergências

eliene liberado curtinha   O prefeito de Cáceres Francis Maris, no segundo mandato e, portanto, fora do projeto majoritário de 2020, não esconde mais de ninguém que o nome preferencial para a disputa à sucessão é do seu secretário de Turismo, Júnior Trindade. E isso não tem...

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

Governador, Nota MT e provocação

mauro mendes curtinha   Ao lançar a Nota MT, programa que estimula e incentiva o contribuinte a pedir nota em toda compra de mercadoria, o que ajuda na cultura do combate à sonegação fiscal, o governador Mauro Mendes (foto) copia para o Estado a mesma proposta implantada em Cuiabá na época em que foi...

Cândida Farias troca MDB pelo DEM

candida farias curtinha   Aos 68 anos, completados nesta segunda (17), a empresária Cândida Farias (foto), segunda-suplente do senador Jayme Campos, está desembarcando do MDB e vai se filiar ao DEM. Apesar da mudança de legenda, ela não tem pretensões de concorrer a cargo eletivo nas urnas de 2020....

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.