Nacional

Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 16h:49 | Atualizado: 19/06/2019, 17h:01

Bolsonaro transfere articulação política de Onyx Lorenzoni para pasta de Governo

Igo Estrela/Metrópoles

Onyx Lorenzoni e Jair Bolsonaro

Ministro Onyx Lorenzoni ao lado de Bolsonaro, que retirou articulação polícia da Casa Civil

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu fazer mudanças na articulação política do Planalto. As responsabilidades saíram da Casa Civil, do ministro-chefe Onyx Lorenzoni, para a Secretaria de Governo, que será assumida pelo general Luiz Eduardo Ramos. A decisão foi publicada em medida provisória, a MP 886, no Diário Oficial da União desta quarta (19).

De acordo com o texto, a subchefia de Assuntos Jurídicos (SAJ) sai da Casa Civil, do guarda-chuva de Onyx, e vai para a Secretaria-Geral, que está sob o comando do general Floriano Peixoto. O órgão é responsável por toda a análise jurídica de atos assinados pelo presidente.

A decisão ocorre após uma série de queixas que o Congresso tem feito sobre o relacionamento com o Palácio do Planalto. Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidentes da Câmara e do Senado, respectivamente, já cobraram publicamente mudanças ao Executivo.

Por outro lado, a medida também transfere o programa de parcerias e investimentos (PPI) da Secretaria de Governo para a Casa Civil. Criado em 2016, o programa tem a finalidade de ampliar e fortalecer a interação entre o Estado e a iniciativa privada, por meio de parcerias e medidas de desestatização.

Na sexta (14), um dia antes de demitir o general Santos Cruz da Secretaria de Governo, Bolsonaro havia antecipado que pretendia “mudar as caixinhas” das atribuições de três dos quatro ministérios que estão no Planalto. General da ativa do Exército, Ramos só deve tomar posse em julho.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Vereador terá de devolver R$ 106 mil

justino malheiros 400 curtinha   Justino Malheiros (foto), que está licenciado da Câmara de Cuiabá para tratamento de saúde, terá de restituir R$ 106,6 mil aos cofres públicos juntamente com a empresa Votech Tecnologia em Votação Eireli. E o valor deve ser corrigido monetariamente pelo IPCA...

Única suplente com salário no Senado

clerie fabiana curtinha 400   Dos seis suplentes de senadores por Mato Grosso, uma recebe salário pelo Senado. Trata-se de Clérie Fabiana Mendes (foto), segunda-suplente de Selma Arruda. Mas o seu subsídio não é pelo cargo assegurado com a eleição da chapa, mas sim por ter sido nomeada em posto...

Prefeita e R$ 10 mi em obras em Sinop

rosana sinop 400 curtinha   A prefeita de primeiro mandato de Sinop Rosana Martinelli (foto) está fechando o terceiro e penúltimo ano de mandato com uma grande demanda de obras estruturantes. Após licitar, assinou contrato de R$ 10,2 milhões com a construtora e incorporadora Berna, que vai executar o projeto integrado de...

Justiça impede "espetáculo eleitoreiro"

helena 400 curtinha desembargadora   O Judiciário fez justiça ao mandar suspender a eleitoreira CPI contra o prefeito Emanuel. Numa fase já de pré-campanha, em que todos os 25 vereadores cuiabanos e mais uma centena de outros de fora se movimentam pensando na disputa eleitoral e ávidos para criar palanque, nada...

Parlamentar anda cabreiro até na AL

sebastiao rezende 400 curtinha   Sebastião Rezende (foto), que exerce o 5º mandato, anda cabreiro e assustado, até mesmo na hora de circular pelos corredores da Assembleia. E não pode avistar um jornalista que sai correndo. Na terça, após a sessão ordinária, o deputado acelerou os passos quando...

10 anos "adormecida" sobre Energisa

gisela 400 curtinha   Depois de mais de 10 anos atuando no Procon, a advogada e primeira-suplente de deputada federal Gisela Simona (Pros) agora que se acordou para a gravidade sobre a prestação de serviços da Energisa, campeã de reclamações junto ao próprio Procon. Passou todos esses anos sem mover...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.