Nacional

Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 14h:28 | Atualizado: 23/05/2019, 14h:41

Câmara Federal derruba emenda que limitava atuação de auditores fiscais

Antonio Cruz/Ag Brasil

Rodrigo Maia

Rodrigo Maia (DEM-RJ), se reuniu com lideranças partidárias para chegar ao acordo

Após acordo entre partidos, a Câmara dos Deputados derrubou, nesta quinta (23), uma emenda que limitava os poderes dos auditores fiscais da Receita Federal quanto a investigações sobre crimes tributários ou relacionados ao controle das fronteiras.

A votação foi simbólica, o que quer dizer que não houve contagem de votos no painel eletrônico. Com isso, os deputados concluíram a votação da medida provisória (MP) 870 da reforma administrativa, que estruturou o o desenho ministerial do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). O texto segue agora ao Senado.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se reuniu com lideranças partidárias para chegar ao acordo em torno do último destaque da MP.

Esse é o ponto que faltava para ser analisado em plenário. A votação foi interrompida na noite de quarta (23) após confusão entre deputados do Centrão e do PSL. Maia encerrou a sessão por volta das 22h.

Na sua chegada, Maia informou que um acordo tinha de ser firmado para concluir o impasse. Ou deverá convocar sessão extraordinária para a próxima segunda-feira (27/05/2019). Além da polêmica em torno do destaque, líderes precisam entrar em consenso para decidir sobre como será a votação: nominal ou simbólica.

“Sou presidente da Câmara, não tenho que achar que é nominal ou não. Tenho que respeitar o regimento. Se construir o acordo, pode ser por acordo. Se não for assim e alguém pedir verificação, tem que ser nominal. O respeito ao regimento é o que garante a tranquilidade dos trabalhos”, destacou Maia antes da conclusão.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

Pivetta vai despachar em 2 gabinetes

otaviano pivetta 400 curtinha   O governador em exercício a partir desta quinta, empresário Otaviano Pivetta (foto), vai dividir o tempo no Palácio Paiaguás pelos próximos oito dias despachando em dois gabinetes. Ora sentará na cadeira do titular Mauro Mendes, que viajou numa comitiva para a Bolívia,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.