Nacional

Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 15h:20 | Atualizado: 28/02/2020, 15h:28

Caso jogador Daniel: Juíza manda Edison Brittes e outros seis réus a júri popular


G1 PR e RPC Curitiba

A juíza Luciani Martins de Paula determinou que Edison Brittes, assassino confesso do jogador Daniel Correa, e mais seis réus sejam levados a júri popular.

A sentença de pronúncia foi proferida na tarde desta sexta-feira (28) e ainda não há data para que o julgamento aconteça.

Reprodução

Caso Daniel

A sentença de pronúncia foi proferida na tarde desta sexta-feira (28) e ainda não há data para que o julgamento aconteça. O jogador foi morto em 2018

O jogador Daniel Freitas foi morto em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, em outubro de 2018. O corpo dele foi encontrado com o órgão sexual mutilado, próximo a uma estrada rural. Edison Brittes disse que o matou porque ele tentou estuprar a esposa dele, Cristiana Brittes.

Na decisão desta sexta, a juíza também determinou a manutenção da prisão preventiva de Edison.

"Registre-se que os crimes em análise, tal como teriam sido praticados, revelam não apenas a ‘gravidade concreta’ e ‘relevante’, extrapolando aos meros ‘tipos penais’ em que foi inserido, mas, também, avulta o fundamento da ‘conveniência da instrução processual”, disse a juíza.

Saiba os réus e por quais crimes serão levados a júri popular

 

Edison Brittes Júnior

Homicídio triplamente qualificado: (motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima)

cultação do cadáver

Fraude Processual

Corrupção de menor

Coação do curso do processo

 

Cristiana Rodrigues Brittes

Fraude Processual

Corrupção de menor

Coação do curso do processo

 

Allana Emilly Brittes

Fraude Processual

Corrupção de menor

Coação do curso do processo

David Willian Vollero Silva

Homicídio triplamente qualificado: (motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima)

Ocultação do cadáver

Fraude Processual

 

Eduardo Henrique Ribeiro da Silva

Homicídio triplamente qualificado: (motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima)

Ocultação do cadáver

Fraude Processual

Corrupção de menor

 

Ygor King

Homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima)

Ocultação do cadáver

Fraude Processual

 

Evellyn Brisola Perusso

Fraude processual 

 

Denúncia negada

Cristiana Brittes foi impronunciada para o crime de homicídio. Isso significa que a juíza negou denúncia contra Cristina para este crime.

David Silva foi impronunciado pelos crimes de denunciação caluniosa e foi sumariamente absolvido do crime de corrupção de menor. Da mesma forma, Ygor King foi absolvido do crime de corrupção de menor.
Ainda conforme a sentença, Evellyn Perusso foi impronunciada pelos crimes de denunciação caluniosa e falso testemunho.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • joana | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 17h21
    0
    0

    parabens a juiza. gostaria de saber aqui em MT como andam os casos da tenente do corpo de bombeiro, da medica, da influencer e da ex procuradora, fora tantos outros que não me lembro agora?

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.