Nacional

Domingo, 14 de Abril de 2019, 14h:55 | Atualizado: 14/04/2019, 15h:59

Bolsonaro visita vice e evita falar sobre preço do diesel; Mourão está em repouso


Terra

O presidente Jair Bolsonaro visitou neste domingo o vice-presidente Hamilton Mourão, no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice. Na saída do Palácio da Alvorada, onde mora, Bolsonaro fez uma parada-relâmpago para cumprimentar e tirar fotos com cerca de 20 pessoas que estavam no local, entre turistas e moradores da capital. Nesse momento, jornalistas perguntaram sobre a interferência dele no reajuste do diesel, ao telefonar para o presidente da Petrobras e pedir o cancelamento do aumento de 5,7%.

Ele foi questionado também sobre a declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, à imprensa, um dia depois desse telefonema, de que era possível "consertar" algo que não seja "razoável" para a economia. Bolsonaro entrou no carro novamente e seguiu sem falar com os repórteres.

Ainda enquanto tirava fotos e cumprimentava as pessoas, Bolsonaro ouviu elogios e o comentário de um dos visitantes de que era importante reduzir a máquina do Estado. O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno Ribeiro, acompanhou o presidente na visita a Mourão, que durou uma hora e meia. O vice-presidente está de repouso após ter feito uma punção para aliviar uma tendinite no cotovelo direito.

Na volta ao Alvorada, no começo da tarde, ele novamente parou em frente à portaria para cumprimentar visitantes e, mais uma vez, preferiu não conversar com os jornalistas, que insistiram na questão do preço do diesel. Um repórter chegou a perguntar: "quem manda no governo: o presidente ou o ministro Paulo Guedes?". A cerca de dois metros dos jornalistas, Bolsonaro continuou tirando fotos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-tucano histórico agora reforça PSB

aparecido alves curtinha   O ex-deputado por alguns meses e ex-presidente do Intermat na época do Governo Dante, Aparecido Alves, o Cido (foto), se filiou neste sábado ao PSB, um mês depois de ter deixado os quadros do PSDB, do qual era considerado militante histórico, inclusive desde a década de 1990. Sua ficha...

França vira Plano B do PSB a prefeito

roberto franca curtinhas   O PSB, comandado no Estado pelo deputado Max Russi, tinha esperanças de lançar a prefeito de Cuiabá o hoje presidente da Câmara Municipal, vereador Misael Galvão. Mas frustrou-se. O próprio Misael, governista de carteirinha e já comprometido com o projeto de...

MM cancela visita para evitar grevistas

mauro mendes curtinha   Precavido, Mauro Mendes cancelou de última hora a presença no encontro do PSB neste sábado, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá. É que em um outro auditório, mas dentro do mesmo hotel, acontecia, em paralelo, o encontro estadual do PT e com participação de...

TCE livra delator de pagar R$ 412 mil

junior mendon�a curtinha   O delator premiado e encrencado com a Justiça em vários processos Gércio Marcelino Mendonça Júnior, o Júnior Mendonça (foto), da Comercial Amazônia Petróleo, conseguiu perdão do TCE de R$ 412,5 mil, bem como de uma multa proporcional...

Advogado disputa uma vaga no CARF

Thiago Dayan   O advogado mato-grossense Thiago Dayan disputa uma vaga no CARF, órgão federal ligado ao ministério da Economia. Mato Grosso não possui nenhum representante no CARF. Trata-se do mais alto cargo vinculado à atividade tributária administrativa que um advogado pode chegar. Do escritório...

Riva recebe alta após 10 dias em SP

jose riva curtinha   Depois de 10 dias internado no Sírio Libanês, em São Paulo, o ex-deputado José Riva recebeu alta nesta quinta. Retorna a Cuiabá e terá de ficar 20 dias de repouso devido à pressão e adaptação ao medicamento. Acometido de uma hemorragia subaracnoide, Riva, aos...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.