Nacional

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 15h:48 | Atualizado: 27/02/2020, 17h:59

Trabalhador é multado a pagar R$ 500 após apresentar atestado e ir à praia


Metrópolis

Um operador de máquinas foi condenado a pagar R$ 500 à empresa em que trabalhava após pedir afastamento temporário do serviço ao apresentar atestado médico e ir à praia nos dias em que ficou fora.

O empregado, que começou a ação ao pedir adicional de insalubridade, foi dispensado um mês após o episódio, que ocorreu há cerca de quatro anos.

Reprodução

Homem

Além de pagar a multa de R$ 500, o trabalhador teve o adicional de insalubridade negado, conforme escreveu a desembargadora Larissa Carotta Martins 

A decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15), contudo, foi proferida na última quinta-feira (20/02/2020).

De acordo com a decisão, o trabalhador apresentou o atestado médico no dia 8 de outubro de 2015. O documento informava a necessidade de permanecer afastado do serviço por dois dias.

Entre 9 e 11 de outubro, entretanto, o homem estava na praia. A empresa comprovou a viagem com fotos postadas pelo então funcionário nas redes sociais.

Além de pagar a multa de R$ 500, o trabalhador teve o adicional de insalubridade negado, conforme escreveu a desembargadora Larissa Carotta Martins da Silva.

“O reclamante alega que, em virtude da doença ocupacional, ‘se tornou praticamente inválido’ e terá que se aposentar por invalidez, de modo que as atitudes não se coadunam com os fatos por ele narrados ou até mesmo com os atestados apresentados à empregadora”, afirmou a magistrada.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Só na observação | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 16h33
    3
    0

    Esse é um vacilão, e sem noção. Pagou pelo modismo de exibir tudo o que faz nas redes sociais. Se bem que no caso ele estava errado mesmo. Licença médica é para tratamento e repouso e não para diversão.

Contas de prefeita são reprovadas

thelma 400 curtinha   As contas de 2018 da prefeita chapadense Thelma de Oliveira (foto), do segundo ano de mandato, foram reprovadas pelo TCE-MT. Agora, cabe à Câmara Municipal aprová-las ou rejeitá-las. Em seu parecer, o conselheiro interino João Batista apontou 15 irregularidades, sendo 11 delas sobre...

Prefeitos têm de trocar apadrinhados

kleber varzea grande 400 curtinha   Com a decisão do TJ-MT de considerar inconstitucional controlador-geral das prefeituras fora dos quadros efetivos de auditor municipal, muitos prefeitos terão de exonerar seus indicados políticos, vindo a escolher profissionais de carreira, assim como já se tornou prática na...

Controlador-geral agora só de carreira

angelo 400 curtinha   Uma decisão desta quinta do TJ, que julgou procedente, inclusive por unanimidade, uma ADIN proposta pela Associação dos Auditores e Controladores Internos do Estado (Audicom), presidida por Angelo Oliveira (foto), acaba, na prática, com os chamados controladores-gerais dos municípios...

Elogio à compra econômica do Estado

janaina riva 400 curtinha   Embora lançando críticas pontuais de vez em quando, a deputada Janaina Riva (foto) tem feito constantes defesa do Governo Mauro e elogiado ações da administração, especialmente na saúde pública. Sobre a decisão do governo de comprar 120 respiradores da China,...

MDB em clima de racha em Tangará

joao jose 400 curtinha   Em Tangará da Serra, o MDB enfrenta racha. O prefeito Fabio Junqueira, com apoio de filiados históricos, quer lançar à sucessão municipal o seu secretário de Infraestrutura e antigo gestor do Serviço de Água e Esgoto, Wesley Lopes Torres, sobrinho do ex-vereador Daniel...

Advogados disputam cadeira no TJ-MT

andre pozetti 400 curtinha   É extensa a lista de advogados que estão se movimentando, nos bastidores, para a cadeira vitalícia de desembargador do Tribunal de Justiça, sob indicação do Quinto Constitucional da OAB/MT. Caberá ao Colégio de Conselheiros da Ordem, composto por 33 advogados,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.