Nacional

Domingo, 12 de Abril de 2015, 09h:37 | Atualizado: 12/04/2015, 09h:39

política

Dilma diz que Temer terá autonomia na articulação política do governo

A presidente Dilma Rousseff afirmou após participar de evento em Duque de Caxias (RJ), que o vice-presidente da República Michel Temer, novo responsável pela interlocução do Palácio do Planalto com o Congresso Nacional, terá autonomia na articulação política do governo.

Dilma repassou a Temer, na última terça (7), as atribuições da Secretaria de Relações Institucionais, até então chefiada pelo ministro Pepe Vargas (PT-RS). Além de fazer a articulação com o Senado e a Câmara, o vice-presidente fará a interlocução do Executivo federal com governadores e prefeitos. "O vice-presidente, assim como qualquer outra pessoa do governo, leva em consideração o fato de que nossa base é integrada por diversos partidos. Então, dado que nossos compromissos são comuns - e ele os conhece, até porque participou da inauguração do programa - a autononomia dele está dada, até pelo fato de que ele integra o governo. Ele não é uma pessoa estranha ao governo", disse a presidente.  

A saída de Vargas das Relações Institucionais se deu após uma tentativa frustrada de se transferir o ministro Eliseu Padilha (PMDB), da Aviação Civil, para a pasta. Segundo informou o Blog da Cristiana Lôbo, o PMDB barrou a indicação. De acordo com o Blog do Camarotti, a presidente Dilma Rousseff chegou a pedir desculpas ao ministro Pepe Vargas, por ter vazado a notícia de que havia intenção de ele ser substituído - na quarta (8), ele foi anunciado pelo Planalto novo ministro da Secretaria de Direitos Humanos.

Ao falar sobre Temer nesta quinta, Dilma disse que o vice-presidente tem "imensa capacidade" para o diálogo. Ela declarou ainda que ele tem "autoridade e experiência de vida" em razão de ter sido presidente da Câmara dos Deputados. "O vice-presidente Michel Temer tem todas as condições, tem autoridade e tem a experiência de vida dele como presidente da Câmara em oportunidades muito recentes. Ele também tem uma imensa capacidade para o diálogo, para construir consenso e para construir toda a relação necessária com uma coalizão com a envergadura da nossa", completou.

Relação governo e PMDB

Nesta quarta, Temer afirmou que a "tendência natural" é que as arestas entre o governo e o PMDB sejam aparadas após ele ser escolhido pela presidente Dilma para assumir a articulação política. Presidente nacional do PMDB, ele disse também que o diálogo entre governo e base aliada "continua sólido". "Exatamente porque assumi [a articulação], a tendência natural é esta [que as arestas com o PMDB sejam aparadas]. O diálogo continua sólido e eu tenho dito que o Executivo só governa se tiver apoio do Congresso, apoio não só político, mas também apoio legislativo", afirmou o vice-presidente. Pessoas próximas a Temer e o vice-presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), disseram que ele avalia deixar o comando da legenda, em razão do acúmulo das funções na Vice-presidência, na articulação política e no governo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • alexandre | Domingo, 12 de Abril de 2015, 09h59
    1
    0

    O temer que manda.. o PMDB ja tem o senado, a camara dos deputados, a vice presidencia e a articulaçao politica..

Tucano dá título a Bolsonaro em Sinop

dilmair callegaro 400 curtinha   O presidente Jair Bolsonaro, que comanda o país desde janeiro do ano passado, irá receber o título de Cidadão Sinopense, mesmo sem previsão de pisar os pés, por enquanto, ao município considerado Capital do Nortão. A homenagem partiu do vereador do PSDB Dilmair...

Ação pró-Thiago, mas Luizão resiste

carlos bezerra 400   Com uma pesquisa debaixo do braço, cujo resultado traz Thiago Silva na dianteira na corrida à Prefeitura de Rondonópolis, inclusive na frente do prefeito Zé do Pátio (SD), o MDB de Carlos Bezerra (foto) tenta convencer o empresário Luizão (PRB) a recuar para apoiar o...

Padrinho político de Fabio a prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Após se reunir com o governador Mauro Mendes (foto) na sexta (14), o suplente de senador Fabio Garcia, presidente regional do DEM, deve oficializar sua pré-candidatura à Prefeitura de Cuiabá. Fabinho quer discutir com Mauro, que é seu padrinho político, o arco de aliança e...

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

Contrato em VG sob irregularidades

jaqueline jacobsen curtinha 400   O TCE mandou a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, suspender qualquer pagamento à empresa Lidyfarma Comércio de Produtos Farmacêuticos referente a um contrato sem licitação para compra de 50 mil comprimidos de Azitromincina 500 mg para combate ao coronavírus....

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.