Nacional

Quarta-Feira, 14 de Agosto de 2019, 15h:09 | Atualizado: 14/08/2019, 15h:15

"Diplomacia sem armas é como música sem instrumentos", diz Eduardo Bolsonaro

Pablo Valadares

Eduardo Bolsonaro

Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) discursou durante seminário na Câmara sobre Forças Armadas

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) disse nesta quarta (14), na abertura de um seminário na Câmara sobre o papel das Forças Armadas, que "a diplomacia sem armas é como música sem instrumentos", ao usar uma citação que ele atribuiu ao rei Frederico 2º da Prússia.

O evento foi promovido pela Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara, presidida por Eduardo. Intitulado "Desafios à Defesa Nacional e o papel das Forças Armadas", o seminário internacional reuniu especialistas civis e militares do Brasil e do exterior.

A realização foi proposta em um requerimento apresentado pelo deputado Eduardo Bolsonaro, subscrito pela deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) e aprovado pelo colegiado em março.

Durante o seminário, Eduardo Bolsonaro defendeu que a diplomacia e as Forças Armadas devem caminhar juntas "num projeto de um Brasil acima de tudo e de uma pátria soberana e forte".

Nos próximos dias, o presidente Jair Bolsonaro, pai de Eduardo, deve indicar oficialmente o filho para o posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

O nome de Eduardo já recebeu o aval do governo norte-americano, e o presidente dos EUA, Donald Trump, elogiou a escolha.

No entanto, aqui no Brasil, Eduardo precisa passar por uma sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e ter o nome aprovado no plenário da Casa.

De acordo com o blog do Valdo Cruz, atualmente o governo não teria os votos suficientes pela aprovação, mas trabalha intensamente para conseguir o apoio necessário.

Diplomacia e Forças Armadas

Ainda no discurso desta manhã, Eduardo Bolsonaro ponderou que, diante de "um sentimento generalizado de insegurança", "é importante a sinergia entre a diplomacia e defesa", mas "esperando sempre que o diálogo prevaleça".

Ao comentar o papel das Forças Armadas, o deputado afirmou que a defesa nacional também é de responsabilidade dos cidadãos. Ele defendeu o armamento da população.

"O senso comum aponta quase sempre para as Forças Armadas como sendo as únicas instituições com encargo de prover a defesa nacional. Se essa é a missão precípua do braço armado da sociedade, não é menor a responsabilidade de todos os cidadãos pela defesa nacional, uma vez que a sobrevivência do Estado e da própria sociedade exigem o empenho de todos", discursou o deputado.

Eduardo Bolsonaro citou o exemplo da Suíça, país, que, segundo ele, é pacífico, mas não se desarmou.

"Um país pacífico não é um país desarmado. Cito como exemplo da Suíça, que tem uma grande concentração de armas nas mãos dos seus cidadãos e de nenhuma maneira é vista como um país não pacífico".

Na avaliação dele, o "desarmamento de alguns só atende aos interesses mais sombrios daqueles que não têm projeto de nação, mas projeto de si mesmo".

Entre os presentes no evento estavam o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e os comandantes da Marinha, Ilques Barbosa Júnior, e da Aeronáutica, Antônio Carlos Moretti Bermudez.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Xou | Quinta-Feira, 15 de Agosto de 2019, 16h59
    0
    0

    Disse Mateus (24.11): Levantar-se-ão muitos falsos profetas e seduzirão a muitos.

Falta na votação da emenda impositiva

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (foto), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara e pré-candidato a senador na suplementar de 26 de abril, explica que não procede a informação de que teria votado favorável à PEC 34/19, que assegura o orçamento impositivo de...

Feliz da vida na base e com emendas

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto) já chegou com moral no Governo Mauro Mendes. Depois de um ano fazendo oposição ao Palácio Paiaguás, o deputado tucano se tornou governista de carteirinha. E começa a colher os dividendos. Uma de suas emendas de R$ 300 mil para ajudar na...

Voto a favor e agora contra Congresso

O pitbull do governo Bolsonaro, deputado federal José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso, ao menos segundo sustentam seus adversários políticos. Contam que Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30 bilhões, vetado pelo presidente. Eis que agora, ele próprio, defende a...

Pátio, "chororô" e chance de reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), com seu estilo populista, adotou a estratégia de se passar por vítima dos grupos políticos. Leva sempre a mensagem para as massas de que é um prefeito rejeitado pela elite política pelo simples fato de estar apoiando os...

Taques nem aí para colegas tucanos

pedro taques 400 curtinha   Caiu a ficha, enfim, da cúpula do PSDB em MT sobre o jogo de cena de Pedro Taques (foto). Os tucanos esperaram até ontem para ver se o ex-governador iria ao partido se pronunciar sobre eventual pretensão em disputar o Senado. Taques deu de ombros para os colegas de partido, que lançaram hoje,...

Campos e tese sobre vice de Emanuel

joacelestino_curtinha_400   Depois de uma reunião na segunda passada, na casa do prefeito Emanuel, com pré-candidatos ao Senado, entre eles, Leitão, Neri, Max, Júlio e Jayme, ficaram conversando de forma reservada o prefeito de Cuiabá e os irmãos Campos. Ali, finalizaram um acordo de cavalheiros para que o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.