Nacional

Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021, 13h:32 | Atualizado: 26/01/2021, 13h:46

Em Manaus, Pazuello diz que aumento de casos de Covid foi rápido e 'desconhecido'


O Globo

BRASÍLIA — Sob investigação do Supremo Tribunal Federal (STF) por conta de sua atuação no combate à pandemia, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, participou nesta terça-feira da reabertura do Hospital Nilton Lins para ampliar a capacidade de atendimento de pacientes com Covid-19 em Manaus. Pazuello afirmou que o governo vem tomando medidas para "salvar vidas" e destacou que o Amazonas tem recebido doses extras para campanha de vacinação contra a doença. O ministro afirmou ainda que o aumento de contágios pelo novo coronavírus no início de janeiro foi uma situação "completamente desconhecida".

Ministério da Saúde

Eduardo Pazuello

Ministro participou de solenidade em hospital da capital Manaus; STF abriu inquérito para apurar suposta omissão de militar no colapso da saúde no AM

Pazuello citou como "gargalos de décadas na região" o problema de abastecimento de oxigênio medicinal, número de leitos, falta de recursos humanos e a deficiência na atenção básica de saúde, que foram agravados pela situação epidemiológica no estado, principalmente em Manaus.

— Nós tivemos um salto na contaminação logo no começo de janeiro, triplicando o número de contaminados. Isso foi uma situação completamente desconhecida pra todo mundo, foi muito rápido — afirmou.

Pazuello disse que a nova linhagem do coronavírus que circula em Manaus está sendo estudada em Oxford, na Inglaterra e que "deve ser uma variante que contamina mais, no entanto, com um grau de agressividade semelhante à anterior".

—Nós mandamos todo o material coletado para a Inglaterra para que a gente tenha uma posição exata sobre o grau de contaminação e de agressividade  — disse o ministro. — Mas é no número de contaminados da propagação que ela (a cepa) faz a diferença. Somando às diferenças os gargalos que acabei de apresentar, a gente chega à situação de Manaus.

O ministro também afirmou que o Amazonas é o estado que, proporcionalmente, recebeu mais doses da vacina contra a Covid-19: 452 mil. Diante do colapso na saúde pública, governadores entraram em acordo e liberaram 5% de doses extras para atender o estado. O ministro defendeu que as doses extras sejam usadas para vacinar idosos com mais de 75 anos.

Segundo o último boletim da Fundação de Vigilância em Saúde, houve 1.222 novos registros de pessoas com a doença, totalizando 250.935 casos no estado. O número de mortes subiu para 7.232, com mais 86 óbitos provocados pela doença.

O ministro informou que a fornecimento do oxigênio medicinal para as unidades de saúde está "equalizado", dando possibilidade de ampliar estrutura e atendimento à população. A força-tarefa também começou a revisar as estruturas dos hospitais para reduzir as perdas de gás.

Atendimento de Covid

O Hospital Nilton Lins  é referência para atendimento de pacientes com Covid-19, transferidos de outras unidades por meio do sistema de regulação. São 80 leitos clínicos e 22 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Inicialmente, estão disponíveis 30 leitos.

— Vamos começar a receber os primeiros pacientes, com quadro moderado e leve. Estamos colocando essa estrutura em funcionamento para desafogar as unidades, que estão sobrecarregadas — disse o governador do Amazonas, Wilson Lima.

Nesta quarta-feira, passa a funcionar a enfermaria de campanha montada pelo Exército na área externa do Hospital Delphina Aziz, com 50 leitos clínicos.  O hospital recebeu do governo federal usinas de oxigênio independentes.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...