Nacional

Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 16h:41 | Atualizado: 19/06/2019, 16h:46

Flordelis vai a delegacia e diz querer justiça para assassino do marido: 'Seja quem for'

Carlos Brito / G1

Flordelis

Deputada Flordelis deixou a Divisão de Homicídios cerca de meia hora após chegar

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ), viúva do pastor Anderson do Carmo, afirmou nesta quarta-feira (19) querer "justiça pela morte do marido". "Seja quem for", emendou, na porta da Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói.

A DH investiga o assassinato do marido da parlamentar, ocorrido no último domingo (16). Flordelis explicou que foi à delegacia visitar o filho Flávio dos Santos, que está preso, mas saiu sem vê-lo. Ela deixou cobertor e toalhas.

Ao chegar, por volta do meio-dia, Flordelis não quis falar com a imprensa — disse que foi até lá apenas “ver como estão as coisas”. Ela deixou a unidade pouco antes de 12h30.

Arma do crime

Nesta terça (18), a Polícia Civil fez buscas na casa da deputada, em Pendotiba, Niterói, na Região Metropolitana, e encontrou uma arma escondida. A perícia afirmou nesta quarta que a pistola foi, de fato, usada no crime. Flordelis afirmou que não sabia da arma.

A operação que encontrou a pistola tinha como objetivo cumprir um mandado de busca e apreensão na casa da deputada, local onde Anderson foi assassinado.

A pistola estava enrolada em cima de um armário, no quarto onde Flávio dos Santos, filho biológico da parlamentar, dormia. Segundo a Polícia Civil, o suspeito tem uma carteira de um clube de tiro. Flávio tentava obter o certificado de atirador desportivo.

A operação desta terça-feira demorou cerca de cinco horas. Por volta das 19h, dois filhos do pastor e da deputada foram levados para a delegacia, a fim de prestar depoimento.

Segundo os investigadores da delegacia especializada, um dos principais objetivos da operação era encontrar o telefone de Anderson. O aparelho, entretanto, não foi achado. Outros celulares acabaram sendo levados para a delegacia.

Filhos são suspeitos

Uma das linhas de investigação da polícia coloca dois dos 55 filhos do casal como suspeitos do crime. Eles teriam descoberto um relacionamento extraconjungal do pai.

Lucas dos Santos, de 18 anos, foi levado para uma unidade socioeducativa para menores infratores. Quando era menor, ele se envolveu com tráfico de drogas.

Flávio dos Santos, filho biológico de Flordelis, tinha um mandado de prisão pendente por violência doméstica. Ele foi preso durante o enterro de Anderson nesta segunda e ainda está na Delegacia de Homicídios. Na manhã desta terça, ele passou mal, com dor de cabeça e pressão alta, e precisou ser atendido por uma equipe médica.

Também nesta terça, a polícia pediu a quebra do sigilo telefônico dos dois suspeitos. Os trabalhos são acompanhados por um promotor do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Estado.

30 marcas de tiros no corpo

O pastor Anderson do Carmo de Souza foi assassinado, na madrugada de domingo, logo depois de chegar em casa. A deputada Flordelis contou que o marido voltou para buscar algo no carro. Nesse momento, ela disse ter ouvido os tiros.

O laudo do Instituto Médico-Legal aponta que o corpo de Anderson tinha 30 perfurações, a maioria na região da virilha e da coxa, com nove.

Oito disparos foram feitos na região do peito, e um tiro foi na cabeça, feito à curta distância. Segundo a polícia, essa informação aumenta a possibilidade de que o criminoso tenha atirado com a intenção apenas de matar o pastor.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

DEM consulta sobre regras ao Senado

julio campos 400 curtinha   Atendendo orientação da Nacional do DEM, na luta para ampliar bancada no Congresso, o diretório regional do partido vai apostar todas as fichas na disputa suplementar ao Senado. E, antes de avançar na definição de nome, o partido decidiu encaminhar consulta ao TSE para saber se...

Expediente suspenso e posse no TCE

guilherme maluf 400 curtinha   O expediente no TCE-MT será suspenso na segunda, a partir das 12 horas. É que às 15 horas acontece a sessão especial na Escola Superior de Contas, marcando a posse de Guilherme Maluf (foto) na presidência do órgão fiscalizador. O hoje presidente Domingos Neto passa ao...

Túlio, desgaste e disputa em Cáceres

tulio 400 caceres   Derrotado a deputado estadual duas vezes, a última em 2018, Túlio Fontes (foto) não sustenta mais o que declarou há três meses, quando anunciou que ficaria de fora da corrida à Prefeitura de Cáceres. Mesmo tendo abandonado o município por um bom tempo, desde quando concluiu...

Disputa em Sinop e vaga na Câmara

juarez costa 400 curtinha   O deputado federal Juarez Costa (foto) tem espalhado que será candidato a prefeito de Sinop, posto já ocupado por ele por dois mandatos. No fundo, o emedebista espera que Rosana Martinelli (PL), que foi sua vice e depois se elegeu prefeita nas urnas de 2016, desista do projeto de reeleição...

Francis forçando a barra ao Senado

francis maris 400 curtinha   Francis Maris (foto), empresário e prefeito de Cáceres, é mesmo corajoso. Ele anunciou que vai reunir colegas prefeitos da região Oeste para discutir a ideia de entrar na disputa ao Senado, na eleição suplementar para a vaga de Selma, cassada esta semana. Francis se acha "o...

Sindal repudia postura de "indicado"

O presidente do Sindal Jovanildo da Silva se diz traído por Osmar Capilé, representante dos segurados da AL e que exerce cargo de diretor dos Aposentados, que votou favorável a nova alíquota de 14% no Conselho da Previdência. O apoio ao aumento da cobrança gerou revolta entre os servidores do Legislativo, que partiram para cima de Jovanildo cobrando explicações. Em nota de repúdio, o sindicato, que o indicou como representante no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.