Nacional

Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019, 18h:55 | Atualizado: 11/11/2019, 19h:00

MBL mineiro defende membro acusado de racismo em bar, mas admite expulsão

Reprodução

Thiago Dayrell

Thiago Dayrell chegou a ser preso por injúria racial

Um homem de 24 anos que atua como porta-voz do Movimento Brasil Livre (MBL) em Minas Gerais se envolveu em uma confusão em um bar de Belo Horizonte no último sábado (09) e está sendo acusado de agressão e injúria racial por uma funcionária do local. Em nota divulgada nesta segunda (11), o MBL defende o filiado e chama a denúncia de “acusações mentirosas”, mas informa que vai expulsá-lo caso as investigações mostrem que ele é culpado.

Thiago Loureiro Dayrell Costa chegou a ser preso por injúria racial e pagou R$ 1 mil de fiança para ser liberado, segundo o jornal O Estado de Minas. O Metrópoles entrou em contato com a Polícia Civil de Minas Gerais para confirmar a informação, mas ainda aguarda resposta.

As versões sobre a ocorrência são discordantes. A cozinheira Eliana da Silva, 43 anos, declarou à polícia que tentou interferir em uma discussão entre Costa e outra funcionária do estabelecimento e foi agredida por ele: além de ser chamada de “crioula”, ela teria sido segura pelo pescoço e chutada na perna pelo homem. A mulher, que é diabética, chegou a passar mal e desmaiar após a confusão, segundo testemunhas.

“É uma dor na alma que eu vou carregar pelo resto na vida. Estou com o meu emocional abalado. Em pleno 2020 ter que passar por isso? Não tenho palavras para descrever”, disse ela, segundo o portal G1.

Já o porta-voz do MBL disse à polícia que a briga começou quando ele, que bebia uma cerveja com a namorada na área externa do Takos Mexican Gastrobar, que fica no bairro da Savassi, entrou no estabelecimento para reclamar da demora na comida que havia pedido. Ele disse que foi xingado por um funcionário e colocado para fora a socos e chutes. Thiago Costa negou ter usado palavras de cunho racista na discussão.

MBL vê perseguição

Em nota, a coordenação nacional do MBL informou que “repudia a escalada de acusações mentirosas contra o coordenador Thiago Dayrell nas últimas 24 horas”. “Como se pode ver pelo próprio vídeo gravado, não há qualquer ofensa racial proferida pelo rapaz. Ao Contrário. A agressão efetiva foi cometida pelos funcionários do estabelecimento contra ele, como ficou comprovado em boletim de ocorrência feito após o incidente, que traz fotos de marcas e escoriações provocadas pelas agressões”, diz a nota. O MBL, porém, não mostra o vídeo citado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • ROBSON JOSÉ | Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019, 19h40
    3
    3

    São fascistas mesmo, essa gente tem que começar a apanhar no meio da rua, já que não tem justiça para eles. São Bolsonarianos, gente que não respeita os outros. O ódio a esse povo.

Joelson e as traições política e familiar

joelson 400   Dos 23 vereadores pela Capital que vão à reeleição, o que mais deve enfrentar dificuldades para obter êxito nas urnas é o sargento Joelson (foto), que aproveitou a janela de março e trocou o PSC pelo Solidariedade. Primeiro, por causa da atuação pífia. Trata-se de um...

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.