Nacional

Quarta-Feira, 20 de Maio de 2020, 11h:31 | Atualizado: 20/05/2020, 11h:32

Ministério da Saúde libera cloroquina para tratar o novo coronavírus na fase inicial


Metrópoles

Reprodução

Cloroquina

Governo Federal divulgou nesta quarta-feira novas orientações para tratamento do novo coronavírus, mas destacou falta de comprovação científica

Como anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nessa terça-feira (19/05), o Ministério da Saúde liberou o uso da hidroxicloquina e cloroquina para o tratamento da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, já na fase inicial.

A pasta, hoje comandada interinamente pelo general Eduardo Pazuello, divulgou nesta quarta-feira (20/05) o novo protocolo de orientações para o tratamento de pacientes com diagnóstico da doença.

Apesar da falta de evidências científicas sobre a eficácia do remédio, de acordo com o documento, pacientes adultos com sintomas leves podem tomar os medicamentos a partir do primeiro dia. O mesmo ocorre para quem tem sinais moderados e graves.

Ressalvas

O Ministério da Saúde fez ressalvas técnicas de que, na prática, a droga não tem eficácia comprovada. A mudança ocorreu após pressão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para o uso em larga escala. Dois ministros da Saúde pediram demissão por discordarem do protocolo.

A ressalva alerta para efeitos colaterais, falta de comprovação científica de eficácia e regras para prescrição médica. Além disso, o paciente a ser tratado deve autorizar o uso e assumir os riscos com o tratamento.

“Apesar de serem medicações utilizadas em diversos protocolos e de possuírem atividade in vitro demonstrada contra o coronavírus, ainda não há meta-análises de ensaios clínicos multicêntricos, controlados, cegos e randomizados que comprovem o beneficio inequívoco dessas medicações para o tratamento da Covid-19”, destaca trecho da nota técnica.

Com isso, a responsabilidade para a escolha do remédio deve ser pensada e negociada entre médico e paciente. “Assim, fica a critério do médico a prescrição, sendo necessária também a vontade declarada do paciente, conforme modelo anexo”, conclui.

Além da ressalva técnica, a defesa do protocolo frisa a mesma tendência. “Até o momento não existem evidências científicas robustas que possibilitem a indicação de terapia farmacológica específica para a Covid-19”, ressalta.

Reações

Cientistas em pesquisas em todo o mundo apontam que a droga não tem eficácia para tratamento. Ao contrário, afirmam que há efeitos colaterais graves e que podem elevar as chances de morte, como aumento de complicações cardíacas.

A cloroquina é normalmente utilizada para tratar malária e doenças autoimunes, como lúpus. “[A] cloroquina deve ser usada com precaução em portadores de doenças cardíacas, hepáticas ou renais, hematoporfiria e doenças mentais”, frisa o novo protocolo.

A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) declarou que o uso da cloroquina contra a Covid-19 é “perigoso, pois tomou um aspecto político inesperado”. Para a entidade, a mudança do protocolo “vem na contramão de toda a experiência mundial e científica com esta pandemia.

“A escolha desta terapia, ou mesmo a conotação que a Covid-19 é uma doença de fácil tratamento, vem na contramão de toda a experiência mundial e científica com esta pandemia. Este posicionamento não apenas carece de evidência científica, além de ser perigoso, pois tomou um aspecto político inesperado”, destaca, em nota.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • naldo | Quarta-Feira, 20 de Maio de 2020, 20h43
    2
    1

    Zé da roça, já comeu teu fardo de capim hoje? Como pode existir uma pessoa tão idiota, tão mau-caráter, postando aqui exatamente o que o Carluxo lhe envia por meio do gabinete do ódio! Vai criar vergonha na cara, imundo!

  • Ze da roça | Quarta-Feira, 20 de Maio de 2020, 15h27
    1
    4

    O PT A REDE GLOBO O PSDB OS ESQUERDOPATA EM GERAL ESTÃO QUERENDO MORTE PARA VANGLORIAR NO PALANQUE POLÍTICO, MAS EU SOU A FAVOR DA VIDA PORQUE AQUI É A TERRA DE SANTA CRUZ ASSIM COMO A CLASSE MÉDIA ALTA TODOS TÊM DIREITO DE VIVER A CLOROQUINA SALVA SEJA POBRE OU RICO E A OMS COMUNISTA NÃO DITAR REGRA AQUI DENTRO EU CONFIO EM BOLSONARO ESTÁ CERTO PARABÉNS NÃO CONFIO EM LULA REDE GLOBO RODRIGO MAIA ENTRE OUTROS

  • alex r | Quarta-Feira, 20 de Maio de 2020, 13h48
    0
    2

    Fico me perguntando pra que diabos serve : sindicatos, conselhos, profissionais e tantos outros atores quando um idiota qualquer senta na cadeira de presidente e sem conhecimento técnico nenhum manda procedimentos... O pior que o ignorante tem menos culpa do que os profissionais da área já que entendem e se omitem...

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

Candidatíssima à vereadora em Cuiabá

gisele almeida 400 curtinha   A apresentadora de TV, Gisele Almeida (foto), vai mesmo encarar o teste das urnas como candidata à vereadora em Cuiabá. Irmã do ex-vereador, ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, ela não perde tempo nas articulações. Recentemente, recebeu no...

Quebra-cabeça para definir a chapa

eduardo botelho 400 curtinha   Eduardo Botelho (foto) está postergando ao máximo a definição dos nomes de sua chapa ao comando da Mesa Diretora. A eleição já acontece no dia 10, na próxima semana. Como 12 dos 24 deputados brigam por espaço, o presidente da Assembleia sabe que, ao final,...

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.