Nacional

Domingo, 29 de Dezembro de 2019, 09h:06 | Atualizado: 29/12/2019, 09h:17

Morre Nilcéia Freire, ex-ministra de Lula, exilada na ditadura e feminista pioneira

Facebook

ex-ministra Nilcéia

Morre ex-ministra de Lula, ligada à luta por direitos das mulheres e a Lei Maria da Penha

A ex-ministra Nilcéa Freire morreu neste sábado (28), aos 66 anos, no Rio de Janeiro. Médica, professora, pesquisadora e ex-reitora da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), Nilcéa foi secretária Especial de Políticas para as Mulheres do governo Lula. A informação foi confirmada pelo Partido dos Trabalhadores. Ela tinha câncer e recebia tratamento em casa.

Nilcéa foi ministra durante o governo Lula (de 2004 a 2011) e tornou-se uma liderança na área de políticas públicas para mulheres.

Foi responsável pela realização da 1ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, que teve como um dos resultados o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres.

Em 1999, venceu as eleições da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), tornando-se a primeira mulher a ocupar o cargo de reitora de uma universidade pública no estado do Rio de Janeiro. Durante sua gestão, até dezembro de 2003, presidiu o Conselho Estadual de Educação (2001) e implantou o projeto pioneiro de cotas para estudantes de escolas públicas e afrodescendentes, o que causou uma intensa discussão em todo o país.

Na manhã deste domingo (29), amigos e políticos lamentaram a morte de Nilcéa através de redes redes sociais. "Meus sentimentos à família, amigos/as e admiradores/as da nossa grande guerreira Nilcéa Freire, que nos deixou na noite deste sábado. Nilcéa PRESENTE!", disse a ex-ministra Benedita da Silva.

Realizou tantas coisas importantes para as mulheres, para o país

A atriz e produtora Tássia Camargo, também lamentou a morte. "Recebo a triste notícia da morte da grande amiga, mulher guerreira. Agradeço esta querida pelo carinho que sempre teve por mim. Claro, eu por ela. Realizou tantas coisas importantes para as mulheres, para o país. Minha amiga querida, descanse em paz e até".

Trajetória

Nilcéa Freire nasceu no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, no dia 14 de setembro de 1952, filha de Moacyr Freire e de Yolanda da Silva Freire.

Ingressou no curso de medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FCM-UERJ), em 1972. Nesse mesmo ano ingressou no Partido Comunista Brasileiro (PCB), que se encontrava na ilegalidade, e nele permaneceu até 1979.

Ameaçada pelos órgãos de repressão em virtude de sua atuação contra a ditadura militar, exilou-se no México, onde viveu de 1975 a 1977. De volta ao Brasil, participou dos movimentos pela redemocratização do país e continuou os estudos na UERJ. Formou-se em 1978 e fez residência médica nos dois anos seguintes.
Em 1989, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT). Com a posse de Luís Inácio Lula da Silva na presidência da República em janeiro de 2003, foi criada a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM), com status de ministério, incorporando o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM), até então subordinado ao Ministério da Justiça. Em 2004, assumiu a chefia dessa secretaria.

Atuou em questões como a flexibilização das leis relativas ao aborto, a generalização do serviço “disque-denúncia mulher” e delegacias e varas especiais das mulheres para a efetiva aplicação da Lei Maria da Penha. Em agosto de 2009, ingressou no STF com pedido de ação declaratória de constitucionalidade da Lei Maria da Penha, que continuava sendo desrespeitada em algumas áreas do Brasil.

Nota do Partido dos Trabalhadores:

O Partido dos Trabalhadores do Rio de Janeiro comunica e lamenta o falecimento da companheira Nilceia Freire, ex-Secretária Especial de Políticas para as Mulheres do governo Lula. Nilcéa faleceu esta noite no Rio de Janeiro, onde também atuou como médica, professora, pesquisadora, reitora da UERJ, dentre outras funções que desempenhou ao longo de sua trajetória.

Nilcéa Freire fez do Brasil uma liderança na área de políticas públicas para mulheres, tornando-se referência. Como secretária, realizou a I Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, que reuniu mais de 120 mil mulheres de todo o país e, em consequência dessa mobilização, publicou, no final de 2004, o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres. Sob sua condução, foram implementadas as mais relevantes políticas públicas voltadas às mulheres da história do Brasil até o momento.

Mulher de luta pela vida até o fim, Nilcéa Freire deixa uma lacuna na militância feminista brasileira. Deixa plantadas as sementes daquilo que lutamos para ver florecer. Nilcéa Freire, Presente!

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Arco de alianças define vice de Eliene

eliene liberato 400 curtinha   A professora e vice-prefeita de Cáceres, Eliene Liberato (foto), pré-candidata do PSB à sucessão municipal, disse que a definição do nome para vice de sua chapa só sairá na pré-convenção. Até lá, o amplo arco de alianças...

Pesquisa derruba discurso de Jayme

jayme campos 400 curtinha   O resultado da pesquisa Analisando, que traz Emanuelzinho com boa vantagem nas intenções de voto sobre todos os pré-candidatos a prefeito de Várzea Grande, está provocando uma reviravolta nos bastidores. Os dados vieram a público nesta quinta, em publicação no...

Tucano dá título a Bolsonaro em Sinop

dilmair callegaro 400 curtinha   O presidente Jair Bolsonaro, que comanda o país desde janeiro do ano passado, irá receber o título de Cidadão Sinopense, mesmo sem previsão de pisar os pés, por enquanto, ao município considerado Capital do Nortão. A homenagem partiu do vereador do PSDB Dilmair...

Ação pró-Thiago, mas Luizão resiste

carlos bezerra 400   Com uma pesquisa debaixo do braço, cujo resultado traz Thiago Silva na dianteira na corrida à Prefeitura de Rondonópolis, inclusive na frente do prefeito Zé do Pátio (SD), o MDB de Carlos Bezerra (foto) tenta convencer o empresário Luizão (PRB) a recuar para apoiar o...

Padrinho político de Fabio a prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Após se reunir com o governador Mauro Mendes (foto) na sexta (14), o suplente de senador Fabio Garcia, presidente regional do DEM, deve oficializar sua pré-candidatura à Prefeitura de Cuiabá. Fabinho quer discutir com Mauro, que é seu padrinho político, o arco de aliança e...

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.