Nacional

Quinta-Feira, 25 de Julho de 2019, 10h:53 | Atualizado: 25/07/2019, 10h:57

Benedito Figueiredo Junior

O pós-operatório da cirurgia plástica

Benedito Figueiredo Junior

Muitos pacientes pensam que o papel do médico termina no momento que finaliza a cirurgia plástica. Isso é um equívoco. Tão importante quanto a cirurgia plástica é o pós-cirúrgico que necessita do acompanhamento médico até o paciente receber alta definitiva.

É fundamental que o paciente entenda, que assim que uma cirurgia é finalizada, imediatamente, o organismo começa uma fase de reparação do trauma cirúrgico.

Essa fase pode ser intensa e, na verdade, vai depender da extensão da operação. Haverá inchaço, dores e por isso o paciente deverá que tomar uma medicação passada pelo médico para controlar as dores, o mal estar, evitar as inflamações e as infecções.

É fundamental que seja feito o acompanhamento com o médico para que ele monitore o pós e veja se a cicatrização está dentro do esperado, os hematomas e ainda se o paciente está fazendo uso da cinta

O paciente ainda estará usando cinta não deve abusar de alguns alimentos, nem uso de cigarro ou bebida alcoólica e ainda  seguir recomendações como não dirigir, fazer exercícios físicos, gestos bruscos para evitar deslocamento de prótese ou abertura dos pontos.

Por isso é fundamental que seja feito o acompanhamento com o médico para que ele monitore o pós e veja se a cicatrização está dentro do esperado, os hematomas e ainda se o paciente está fazendo uso da cinta visto que alguns por causa da pressão no corpo que está dolorido, alguns usam inadequadamente e isso compromete o resultado final da cirurgia.

O tempo de uso pode variar de 20 dias a 6 meses conforme  orientação do médico.

É o médico que vai dizer quando o paciente pode retomar essa ou aquela atividade como tomar sol, dirigir, voltar para a academia.

Finalizando, o resultado de uma cirurgia pode levar até um ano para aparecer. Porém, o resultado depende do profissional pertencer a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), do hospital adequado e da disciplina do paciente no pós-operatório.

Benedito Figueiredo Junior é cirurgião plástico na Angiodermoplastic em Cuiabá.  Email: drbeneplastica@gmail.com

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.