Nacional

Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 19h:34 | Atualizado: 11/07/2019, 19h:42

Para ser embaixador nos EUA, filho de Bolsonaro se diz disposto a renunciar

Reprodução/TVGlobo

Eduardo Bolsonaro

Bolsonaro cogita indicar filho para embaixada nos EUA; Eduardo diz que deixaria mandato

O deputado Eduardo Bolsonaro – um dos cinco filhos do presidente Jair Bolsonaro – afirmou nesta quinta-feira (11) à GloboNews que não recebeu nenhum convite oficial para assumir o comando da Embaixada do Brasil nos Estados Unidos, mas que cumprirá "da melhor maneira" qualquer missão dada a ele pelo presidente.

Depois, em entrevista a jornalistas na Câmara, disse que está disposto a renunciar ao mandato de deputado para assumir o cargo de embaixador. “Se o presidente Jair Bolsonaro me confiar essa missão, eu estaria disposto a renunciar ao mandato”, afirmou.

A declaração foi dada minutos depois de Bolsonaro dizer que cogita nomeá-lo para o posto e que a nomeação para a chefia da chancelaria brasileira em Washington só depende do próprio Eduardo, que preside a Comissão de Relações Exteriores da Câmara.

Segundo Edison Carlos Fernandes, especialista em direito constitucional, para assumir como embaixador, Eduardo Bolsonaro terá que abrir mão do mandato. Isso porque a Constituição prevê que somente chefes de missões diplomáticas temporárias não perdem o mandato de deputado ou senador. Embaixadores chefiam missão permanente.

O deputado disse que se sente credenciado para exercer o cargo de embaixador.

“Falo inglês, falo espanhol, sou o deputado mais votado da história do Brasil, sou presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara. Eu acredito que as credenciais me dão uma certa uma qualificação.”

Ele também disse ver vantagem no fato de ser filho do presidente da República.

“Acredito que a nomeação ou indicação de uma pessoa tão próxima ao presidente para assumir esse cargo em outro país seria visto com bons olhos pelo lado americano e daria a confiabilidade necessária para que nós venhamos a desenvolver um trabalho resgatando o crédito do país no exterior”, disse o deputado.

Presidente

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que, se dependesse apenas dele, "decidiria agora" pela nomeação do filho.

"Fiquei pensando: imagina se tivesse no Brasil aqui o filho do Macri [Maurício Macri, presidente da Argentina] como embaixador da Argentina. Obviamente, que o tratamento a ele seria diferente de outro embaixador, normal", afirmou o presidente a jornalistas.

"É uma coisa que está no meu radar, sim, existe essa possibilidade. Ele [Eduardo] é amigo dos filhos do [Donald] Trump, fala inglês, fala espanhol, tem vivência muito grande de mundo. No meu entender, poderia ser uma pessoa adequada e daria conta do recado perfeitamente em Washington", concluiu Bolsonaro.

O posto de embaixador brasileiro em Washington está vago desde abril, quando o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, decidiu transferir o então embaixador Sergio Amaral para o escritório de representação do Itamaraty em São Paulo.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • saco cheio | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 21h45
    1
    2

    a mamata vai acabar...kkkkkkkk

  • Benedita da Silva | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 16h44
    4
    1

    Fala ingles e espanhol fluente, ja viajou por outros paises, como dizem os marcheiros de campinas, citados por Jose Simao, pra intercambio tá bom.

  • Oi? | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 10h50
    12
    1

    É fim de linha. Anos de estudo e de experiência diplomática, pra quê? Não precisa mais, meu povo! Pede a conta, apaga a luz e fecha a porta, Brasil!

  • Antônio Carlos Canonici | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 07h00
    14
    1

    Quem disse que ser deputado, falar inglês e espanhol dá capacidade a alguém,? Brincadeira heim..

Matéria(s) relacionada(s):

Beto decide em maio quem vai apoiar

beto farias 400 curtinha   O prefeito barra-garcense e empresário Beto Farias (foto), que conclui neste ano o segundo mandato consecutivo, não sabe ainda quem apoiar à sucessão municipal. E só tomará uma decisão em maio, já faltando dois meses para as convenções. Até...

Lucas impõe regras pra cortar energia

luiz binotti 400 curtinha   Em Lucas do Rio Verde, a Energisa está proibida de interromper o fornecimento de energia elétrica, mesmo por inadimplência, sem informar ao consumidor, por escrito e com antecedência de 15 dias, sobre a suspensão dos serviços. O projeto aprovado pelos vereadores se transformou na...

Cidinho declina do convite à suplência

cidinho 400 curtinha   O ex-senador e empresário Cidinho Santos (foto), do PL, declinou do convite para compor uma das suplências da chapa ao Senado de Otaviano Pivetta (PDT). Em princípio, ele havia aceitado ser o primeiro-suplente. Mas questões empresariais não permitem que neste ano Cidinho concorra a cargo...

Conselhos, o populismo e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), bastante conhecido pelo perfil populista, busca se apegar cada vez mais às massas. Até para inaugurar um posto de saúde, Pátio, estrategicamente, aproveita para criar, ali na comunidade, os chamados conselhos. Busca debater...

Educação Inclusiva no Nilo Póvoas

marioneide 400 curtinha   A Seduc, sob Marioneide Kliemaschewsk (foto), decidiu desativar a tradicional escola estadual Nilo Póvoas, que funcionava há 50 anos no bairro Bandeirantes, em Cuiabá, o que acabou gerando protesto de pais e alunos. O prédio agora vai abrigar o Centro de Referência em...

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.