Nacional

Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 14h:07 | Atualizado: 21/01/2020, 14h:15

Perícia da Backer não acha dietilenoglicol em amostras de água da fábrica, em BH

Gustavo Andrade/Backer

Cerveja Backer

Backer nega usar o dietilenoglicol na fabricação da cerveja, diz que usa o monoetilenoglico

Uma análise independente contratada pela Backer não encontrou dietilenoglicol em quatro amostras de água na fábrica da empresa, em Belo Horizonte. Os exames se divergem da análise do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) que identificou contaminação na água dentro da fábrica.

Segundo o doutor em química Bruno Botelho, foram estudadas quatro amostras de água: do equipamento trocador de calor, da caixa d’água, de um dos tanques de cerveja e do restaurante Templo Cervejeiro, que funciona na fábrica. O professor disse, porém, que estas amostras foram enviadas pela Backer, e não colhidas por ele nos diferentes pontos da fábrica. Afirmou ainda que este procedimento é de praxe em suas análises.

O professor também analisou quatro amostras diferentes da cerveja Belorizontina – de 3 lotes com contaminação indicada pelo Ministério da Agricultura e de um tanque da fábrica. Segundo ele, foi identificada uma queda no índice de dietilenoglicol encontrado em cada lote, do mais antigo para o mais recente – o que ainda estava no tanque.

"O 1348 foi produzido antes do 1354. o 1348 tem uma concentração maior que o 1354, a concentração do 1348 é de 0,83 gramas por 100 ml e do 1354 é de 0,67 gramas por 100 ml", afirmou.

Para Bruno Botelho, esta queda no volume da substância tóxica, de acordo com o lote, desfavorece uma suspeita de algum vazamento nos equipamentos da fábrica. Mas ele destacou que não poderia falar isso de forma categórica pois não conhece a planta do local.

Em busca de novos casos

Médicos de hospitais em Belo Horizonte estão revisando os diagnósticos que não foram esclarecidos ao longo do ano passado, mas, se encaixam nos critérios da intoxicação por dietilenoglicol, substância tóxica encontrada na cerveja Backer. Pelo menos dois casos já foram identificados.

Em uma unidade de saúde, os médicos comunicaram o caso de um homem que foi internado em fevereiro do ano passado, com os sintomas semelhantes e está há onze meses em tratamento.

Segundo a esposa do paciente, Eliana Reis Faria, Osvaldo passou cinco dias num sitio e chegou a postar fotos em fevereiro do ano passado tomando cervejas da Backer.

“Ele estava bebendo sozinho a Backer Pilsen e tira a foto o tempo todo. Dois dias depois ele entra internado já”, afirmou Eliana.

Oswaldo segue em tratamento na Unidade de Terapia Intensivo (UTI), faz hemodiálise, tem problemas na córnea, não consegue falar, nem se movimentar. “Ele vem lutando pra trazer ele de volta, pra animar. Vamos fazer exercício. Alegro e levo muita força para ele. Para tentar sair de lá andando. E depois eu não sou ninguém", disse Eliana.

Em outro caso encaminhado as autoridades, o infectologista Carlos Starling identificou um paciente de Belo Horizonte que foi internado em janeiro do ano passado com sintomas da intoxicação. “É um caso que se assemelha muito ao de uma doença infecciosa. Então, a maior parte desses casos, eles passaram, foram avaliados por infectologistas como se fossem doença infecciosa”, explica o médico.

Até agora, só os casos de intoxicação por dietilenoglicol de outubro de 2019 para cá estavam em investigação. São 21 notificações e, entre elas, quatro mortes.

A intoxicação por dietilenoglicol começa com dores no abdômen, náuseas e vômitos. No fígado, a substância se transforma num ácido extremamente tóxico. Destroi as células dos rins e provoca insuficiência renal. Em seguida, ataca as células nervosas e provoca problemas neurológicos.

Pedido para exumação

A Polícia Civil quer analisar o corpo de Maria Augusta de Campos Cordeiro, de 60 anos, morta em Pompéu, no Centro-Oeste de Minas, porque ela morreu no dia 28 de dezembro, antes da intoxicação por dietilenoglicol ser conhecida das autoridades. A corporação pediu à Justiça autorização para exumar o corpo.

“A exumação é mais um elemento de toda a cadeia investigativa, né. Mas, nós sabemos que a família já comprou a bebida, no local certo, tempo certo”, afirmou o delegado Flávio Grossi.

Os parentes da vítima concordaram com a exumação. “Desejo da família que se isso for contribuir para investigação. Se isso for contribuir para que haja uma identificação real, para que a verdade apareça, a família está de acordo”, disse Christiani Assis, enteada da vítima.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

EP, macumba e pedido de desculpa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) admite ter sido infeliz ao usar o termo macumba quando se referiu à atuação e torcida de vereadores da oposição para seu governo não conseguir empréstimo de US$ 115 milhões para fazer investimentos. E citou que um deles teria feito...

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.