Nacional

Domingo, 20 de Outubro de 2019, 11h:15 | Atualizado: 20/10/2019, 12h:22

Primeiro-ministro do Reino Unido pede mais um adiamento para o Brexit

Agência Brasil

Boris Reino Unido

O primeiro-ministro Boris Johnson pediu à União Europeia  mais uma prorrogação do prazo 

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson pediu à União Europeia (UE) mais uma prorrogação do prazo para a saída do Reino Unido do bloco, como resultado do adiamento da votação do Parlamento sobre o acordo que havia sido firmado com a Europa.

Ele fez o pedido nesse sábado (19), em carta enviada sem sua assinatura a Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu.

Boris Johnson, no entanto, enviou outra carta, esta assinada, manifestando a certeza de que o Reino Unido vai sair da UE de acordo com o atual prazo de 31 de outubro. Ele afirmou que "mais uma prorrogação prejudicaria os interesses" do Reino Unido e de seus parceiros europeus. A decisão de Johnson está sendo severamente criticada.

No Twitter, Tusk disse que "vai agora vai iniciar consultas a outros líderes da União Europeia sobre como reagir" ao pedido de prorrogação do prazo.

O pedido foi feito depois que o Parlamento do Reino Unido aprovou uma moção, na manhã de ontem, pedindo que a votação do novo acordo do Brexit fosse adiada até a criação de leis para sua implementação. A moção foi apresentada por membros do Parlamento pertencentes a diferentes partidos.

Pela lei, Johnson seria obrigado a aceitar o pedido se, até o fim de sábado, ele não conseguisse a aprovação do novo acordo do Brexit.

Agora o primeiro-ministro parece estar prestes a agilizar um processo para criar a legislação necessária a fim de que o Reino Unido saia da UE até 31 de outubro. Ele provavelmente vai tentar mais uma vez, nesta segunda-feira (21), fazer com que o acordo do Brexit seja aprovado por uma votação do Parlamento.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Políticos em peso em evento do HMC

A solenidade que marcou a entrega do HMC em Cuiabá, nesta segunda (19), está sendo considerada o evento do ano para o prefeito Emanuel. Ele conseguiu motivar a presença de diversas lideranças políticas, empresariais e de diferentes setores. Para se ter uma ideia, dos 11 membros da bancada federal, 8 estavam presentes, assim como 16 dos 24 deputados estaduais e 17 dos 25 vereadores. Também marcaram presença dezenas de prefeitos e outros...

Base na Câmara e apoio de Iva Viana

leonardo 400 curtinha   Leonardo Bortolin (foto), que comanda Primavera do Leste e um dos vários prefeitos que prestigiaram a solenidade de entrega 100% do HMC, nesta segunda à noite, em Cuiabá, revelou contar com uma base forte e sólida na Câmara Municipal, o que tem sido importante na aprovação dos...

Ato de EP atrai 6 últimos governadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto), habilidoso nas articulações políticas, conseguiu levar para o mesmo evento, marcando a entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá, nesta segunda à noite, cinco ex-governadores e ainda o atual. Prestigiaram a solenidade Júlio Campos, Carlos Bezerra,...

Governador tenta constranger prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) tentou constranger o prefeito Emanuel, nesta segunda, na festa da entrega para funcionamento pleno do Hospital Municipal de Cuiabá. Na presença de diversas autoridades, inclusive dos últimos cinco governadores, com exceção de Silval, o atual chefe do Executivo, em...

3 vereadores cuiabanos no Cidadania

diego guimaraes 400 curtinha   O Cidadania, hoje sem voz na Câmara de Cuiabá, poderá ter três vereadores a partir de março de 2020, com abertura da janela. Na dança das cadeiras, Felipe Wellaton sairá do PV para aderir ao Cidadania, que já é presidido em Cuiabá pelo seu chefe de...

6 na Câmara tentam barrar projetos

francis maris 400 curtinha   O prefeito cacerense Francis Maris (foto) luta junto aos vereadores, para, enfim, concretizar todas as etapas de um financiamento milionário para projetos na área de saneamento. São R$ 130 milhões para abastecimento de água e cobertura de rede de esgoto, com juros de 6% ao ano e 20...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.