Nacional

Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 13h:39 | Atualizado: 15/01/2021, 13h:41

'Terrível, o problema em Manaus. Agora, nós fizemos nossa parte' diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores nesta sexta-feira (15), ao comentar a crise da saúde pública no Amazonas, que o governo federal fez a sua parte para ajudar o estado.

Reprodução

Jair Bolsonaro

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, deu a declaração em conversa com apoiadores, na saída da residência oficial do Palácio da Alvorada

O sistema de saúde de Manaus entrou em colapso nos últimos dias com a disparada dos casos de Covid-19. As internações e os enterros bateram recordes, os hospitais ficaram sem oxigênio e pacientes estão sendo enviados para outros estados.

"Problemas. A gente está sempre fazendo o que tem que fazer. Problema em Manaus. Terrível, o problema em Manaus. Agora, agora, nós fizemos a nossa parte. Recursos, meios. Hoje, as Forças Armadas 'deslocou' para lá um hospital de campanha. O ministro da Saúde esteve lá segunda-feira e providenciou oxigênio", afirmou o presidente na saída da residência oficial do Palácio da Alvorada.

Segundo o Ministério da Defesa, as Forças Armadas vão transportar até esta quinta-feira (14) 50 toneladas de equipamentos e materiais para a montagem de hospital de campanha em Manaus. Entre os itens estão barracas, equipamentos de ar-condicionado, geradores de energia, móveis e equipamentos hospitalares.

O G1 entrou em contato com a Defesa para saber se os itens já chegaram a Manaus, e aguardava uma resposta até a última atualização desta reportagem.

Na fala aos apoiadores, Bolsonaro ainda voltou a defender tratamento com remédios cuja eficácia não é confirmada pela comunidade científica.

Mourão

A jornalistas, na chegada ao Palácio do Planalto, o vice-presidente Hamilton Mourão também comentou a situação no Amazonas. Ele disse que governo está fazendo "além do que pode". Questionado sobre medidas como lockdown, Mourão afirmou que a "imposição de disciplina" não funciona no Brasil.

"O governo está fazendo além do que pode dentro dos meios que a gente dispõe", disse Mourão.

Questionado se não faltou planejamento logístico, o vice-presidente declarou que não se era possível prever o colapso no sistema de saúde em Manaus. Ele citou o surgimento de uma nova cepa do vírus.

"Você não tem como prever o que ia acontecer com essa cepa que está ocorrendo em Manaus, totalmente diferente do que tinha acontecido no primeiro semestre", argumentou.

Para o presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas (Coren-AM), Sandro André, essa era uma "tragédia anunciada".

"Infelizmente, nós estamos vivendo uma tragédia anunciada. O sistema Cofim/Coren, desde o início, nós sinalizamos que poderia acontecer essa crise, esse caos. Infelizmente, nós estamos vivendo e vivenciando números nunca antes visto no nosso país, e a segunda onda está muito mais devastadora do que a primeira", afirmou.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Andrade | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 22h31
    3
    3

    Olha o robô do Carluxo aí, gente! O tal do Gomes parece que veio substituir o Zé da roça. Ou será que só mudou de nome?

  • Ademar | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 20h58
    2
    2

    Gomes, vai te tratar. O teu problema uma vacina contra aftosa resolve.

  • Zeca Valeiro | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 17h26
    4
    0

    Em toda pandemia que passou pelo mundo, faltou materiais, medicamentos, médicos, enfermeiros etc. Isso por que os surtos de doenças quando chegam não avisam ninguém. O importante é resolver o problema e pronto!

  • Gomes | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 14h40
    6
    4

    A grande mídia ja esqueceu né, pois ano passado tivemos casos de corrupção, O COVIDÃO EM MANAUS por compra de respiradores superfaturados com um fabricantes de vinho. Dinheiro publico foi desviado, secretario de saúde foi preso, e vice governador investigado, não estruturaram o sistema de saúde do estado e a culpa é de quem é contra o Lockdown, do povo que quer trabalhar e não sobrevive só com 600 reais? A QUARENTENA foi pra isso, que começo em março de 2020, dar tempo do sistema de saude ser estruturado, dinheiro federal não faltou pra estados e municípios estruturarem o SUS, e o que vemos depois de quase um ano, COVIDÃO por parte de agentes públicos municipais e estaduais e a culpa é do Bozo? Essa gente que vota em paletó furado e nos mortadela tem problema de memoria, só pode.

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...